Helder teve campanha para governador financiada com propina da J&F – Assista ao Video

image_pdfimage_print

Entenda porque Helder e Jader foram intimados a prestar depoimento pela PF(Foto:Reprodução ParaWeb)
Em 2014 o então Ministro da Fazenda do governo Dilma, Guido Mantega procurou Joesley Batista do Grupo J&F pedindo ” contribuições financeiras” na ordem de R$ 35.000.000,00 para serem destinadas a Senadores do PMDB, como forma de ‘comprar’ o apoio político do partido para a campanha presidencial da candidata Dilma Roussef do PT nas eleições de 2014.

Naquela época a bancada do PMDB se encontrava dividida entre Dilma(PT) e Aécio (PSDB). (veja aqui)

Conforme delação do executivo Ricardo Saud realizadas em 2017 à PF, a empresa destinou o valor de R$ 40.982.601,00, mediante entregas em espécie, pagamentos de serviços simulados lastreados em notas fiscais fraudulentas e doações oficiais realizadas a diretórios e candidatos, debitados dos créditos indevidos existentes nas ‘contas correntes’ que os ex-Presidentes Luiz Inacio Lula da Silva e Dilma Roussef possuíam junto ao Grupo J & F, aos Senadores do PMDB, da seguinte forma:

  o Senador CARLOS EDUARDO DE SOUSA BRAGA recebeu R$ 6.080.000,00 (seis milhões e oitenta mil reais);
    o Senador VITALDO REGO FILHO recebeu R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais);
    o Senador EUNÍCIO LOPES DE OLIVEIRA recebeu R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais),
    o Senador VALDIR RAUPP DE MATOS recebeu R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais);
    o Senador JOSÉ RENAN VASCONCELOS CALHEIROS recebeu R$ 11.919.999,00 (onze milhões, novecentos e dezenove mil e novecentos e noventa e nove centavos)
    o Senador JADER FONTENELLE BARBALHO recebeu R$ 8.982.602,00 (oito milhões, novecentos e oitenta e dois mil e seiscentos e dois reais).

No caso de Jader Barbalho, Ricardo Saud disse que o valor foi dividido entre ele e o filho Helder Barbalho, ou seja, R$ 6.000.000,00 ( seis milhões) para Jader e R$ 2. 980.000,00 ( dois milhões novecentos e oitenta mil ) para Helder Barbalho, mas acredita que todo o valor foi destinado a campanha para o governo do estado do Pará.

De fato, a campanha de Helder para o governo do estado foi uma das mais caras do Brasil.(Foto:Reprodução)
De fato, a campanha de Helder para o governo do estado foi uma das mais caras do Brasil.(Foto:Reprodução)

Segundo depoimento do executivo da J&F, os valores foram pagos a Helder e Jader Barbalho da seguintes formas:

a) FINANCIAMENTO DE CAMPANHA: Foram doados 2 milhões, ao diretório estadual do MDB no Pará direcionados à campanha de Helder Barbalho;

b) NOTAS FISCAIS FRIAS: 2 milhões foram pagos com notas frias à empresa CD consultoria empresarial; 2 milhões para a empresa Envio Transportes; e mais 2 milhões para Bentes & Bentes advogados associados;

c) DINHEIRO VIVO: Ricardo, confessou ainda que foi repassado por André Gustavo o valor de R$ 982.000,00 (novecentos e oitenta mil reais) para o ex diretor geral da ANTAQ no governo Dilma, Luiz otavio (MDB)

Veja os vídeos em que Ricardo Saud revela de que forma pagou a Jader e Helder financiando sua campanha para governador

Assista aos Vídeos;

 

Por:ParaWebNews

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: