Homem suspeito de estuprar a filha de 12 anos em hotel de Itaituba é preso em Santarém

image_pdfimage_print

Delegacia de Polícia Civil de Santarém Pará 16ª Seccional Urbana — Foto: Adonias Silva/G1/Arquivo

O suspeito foi preso ao chegar em Santarém de lancha. Ele usou nome falso para tentar despistar a polícia.

Um homem suspeito de estuprar a própria filha de apenas 12 anos de idade, em Itaituba, sudoeste do Pará, foi preso em Santarém no domingo (30), ao desembarcar no porto particular em Santarém, oeste do Pará. Para tentar despistar a polícia, o suspeito embarcou usando nome falso.

De acordo com boletim de ocorrência registrado por uma tia da vítima, na delegacia de Polícia Civil de Itaituba, o suspeito que mora em Belém, havia entrado em contato com ela informando que estava indo para Itaituba buscar a filha de 12 anos para morar com ele. A tia arrumou as coisas da sobrinha para que ela pudesse viajar com pai.

No sábado (29), o suspeito buscou a filha na casa da tia dela dizendo que ia direto para o porto pegar uma lancha com destino a Santarém, de onde seguiriam viagem para a capital do estado. Porém, ele acabou indo para um hotel da cidade com a criança, e ambos ficaram em um quarto onde havia somente uma cama de casal, por volta de 00h30 de domingo, o pai teria estuprado a filha.

Pela manhã, a menina conseguiu sair do hotel e fez contato com a tia relatando o estupro. A tia foi até a delegacia registrar o boletim de ocorrência, mas quando a polícia chegou ao hotel, o pai da menina não foi mais encontrado. Em buscas pela cidade, a polícia descobriu que ele havia embarcado em uma lancha com destino a Santarém, porém, usando nome falso. Acionada, a polícia de Santarém foi para o porto aguardar o desembarque do suspeito que foi preso em flagrante.

Na 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Santarém foi lavrado o flagrante do suspeito pelo delegado Jair Castro. Segundo ele, o preso foi transferido na manhã desta segunda-feira (31) para Itaituba, para que os procedimentos referentes ao caso sejam realizados pela delegacia daquele município.

“O pai não via a filha há 5 anos e pratica um crime dessa envergadura. Mesmo pra gente que tem experiência com situações na área criminal, esse é um tipo de crime que choca, é um crime que vai de encontro aos costumes, é um ato que não se espera de um pai. O suspeito será recambiado para Itaituba, onde aconteceu o crime, para que ele responda pelos crime de estupro de vulnerável”, disse o delegado Jair Castro.

Por Sílvia Vieira, G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: