Hospital Regional do Tapajós efetiva seu Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP)

image_pdfimage_print

Novidade ocorre na data em que é comemorado o Dia Mundial da Segurança do Paciente, 17 de setembro.

Criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e com intuito de alertar para a importância da assistência segura aos pacientes, 17 de setembro ficou definido como o Dia Mundial da Segurança do Paciente. Aproveitando a data, o Hospital Regional do Tapajós (HRT) efetivou nesta quinta-feira o seu Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP).

O objetivo do grupo é conscientizar e prevenir incidentes relacionados a falhas no processo de cuidado e assegurar que os pacientes recebam uma assistência segura, humanizada e de qualidade.

O Brasil conta com o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), desenvolvido para melhorar tanto os cuidados com pacientes como também com os profissionais nas unidades de saúde. “Para eles o núcleo estabelece o desenvolvimento de sua prática profissional em um ambiente seguro, com consciência e competência”, disse a responsável pelo Núcleo e enfermeira da qualidade, Raissa Goedert.

Contexto de pandemia

Atualmente, o HRT atua como referência no atendimento exclusivo a casos de pacientes com suspeita ou confirmação da COVID-19, na região do Tapajós e já atendeu 94 pacientes, estando 11 em internação. Nesse contexto, enfatizou Raissa, é necessário que todas as medidas de prevenção sejam seguidas de forma mais criteriosa. “As medidas de biossegurança nesse momento são indispensáveis, continuar higienizando as mãos, utilizar devidamente os equipamentos de proteção individual. Tudo isso é essencial no combate ao Coronavírus”, resumiu.

A enfermeira de segurança do paciente Marcela Cristina também é membro executora do Núcleo. Ela reforça que a segurança é elencada como um dos seis pilares da qualidade. “Todos os processos de trabalho assistenciais e não assistenciais são uniformizados mediante padrões de qualidade, a segurança do paciente por sua vez vai identificar riscos e possíveis falhas nos processos através da execução de gestão de riscos assistenciais”, explicou.

Marcela destacou que o Núcleo vai atuar para melhoria contínua dos processos de padronização e implementação de barreiras de segurança. “Espera-se que com a implementação sejam trabalhadas medidas de prevenção de incidentes e realização de ações educativas para que a cultura de segurança seja adotada em todos os setores do Hospital e por todos os profissionais”, pontuou.

Fonte:Ascom/HRT

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: