Ibama autoriza primeira etapa de processo de eletrificação rural na Resex Tapajós-Arapiuns

image_pdfimage_print

Comunidades da Resex Tapajós-Arapiuns serão contempladas com energia elétrica — (Foto: Celpa/Divulgação)
Trecho de mais de 12km será beneficiado; processo levará energia elétrica a 247 famílias.

Foi autorizada na terça-feira (23) a primeira etapa do processo de eletrificação rural na Reserva Extrativista (Resex) Tapajós-Arapiuns, em Santarém, no oeste do Pará. O projeto “Aveiro” protocolado no pedido de licenciamento da Celpa, compreende as comunidades Escrivão, Camarão, Pinhel, Cametá e Anuru. Trecho de 12,99 km de extensão em uma rede de 34,5kv, atenderá 247 famílias.

No total, são atendidas pelo programa 12 comunidades, no entanto ainda sem eletrificação rural, pois desde julho do ano passado tramitava o processo de licenciamento da concessionária junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O gestor da Resex, Mauricio Santamaria, explica as próximas fases do projeto. “A segunda fase, que ainda não foi autorizado o licenciamento, mas já foi aprovado pelo comitê gestor de execução do programa, mas já foi aprovada, chama projeto ‘Reserva Arapiuns’. Por fim, ainda não existe o pedido de licenciamento, mas já foi aprovada pelo comitê do ‘Luz para Todos’, a terceira etapa que compreende de Rosário pra frente”, disse.

Na segunda fase, as comunidades Samaúma, Nova Vista, Tucumãtuba, Boim e Nossa Senhora do Rosário, com extensão de 21,71km, onde devem ser realizadas 353 ligações. Na terceira fase, serão cinco comunidades (Pau da Letra, São Tomé, Jaca, Paraná Pixuna e Jatequara), com extensão de aproximadamente 17km, quando 135 ligações serão feitas.

O público das comunidades é considerado prioritário, mas era difícil chegar às áreas da Reserva. “O conselho gestor identificou, em 2017, quatro comunidades da Resex Tapajós-Arapiuns, como áreas a serem beneficiadas. Depois, foi criada uma espécie de Comitê de eletrificação rural formado por lideranças dessas comunidades”, ressaltou o gestor.

Maurício explica que são duas frentes de trabalho, uma é o licenciamento pra que a concessionária possa contratar a terceirizada para executar o serviço, e a outra, junto ao comitê estadual para conseguir aprovar mais recursos para obras dentro da Resex.

A aprovação da etapa foi possível após reuniões realizadas entre o Comitê, líderes das comunidades (Associação Tapajoara) e também o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar.

Por Tracy Costa, G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: