Indígenas da aldeia Kararao liberam funcionários da Norte Energia

image_pdfimage_print

(Foto:Reprodução)- Grupo de cerca de 20 pessoas estava impedido de sair de aldeia desde segunda-feira (25). Indígenas querem a construção de escolas e da rede de abastecimento de água.

O grupo formado por mais de 20 pessoas, que estava impedido de deixar aldeia Kararao, em Altamira, sudoeste do Pará, desde segunda-feira (25) foi liberado na noite de sexta-feira (29). Entre as pessoas, estavam funcionários da empresa Norte Energia, responsável por Belo Monte, e servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai). Na manhã deste sábado (30), eles deixaram o local.

A liberação foi resultado de uma negociação mediada pela presidência da Funai. Os indígenas querem que a empresa Norte Energia garanta a realização de obras na aldeia, entre elas, a construção de escolas e da rede de abastecimento de água.

As reivindicações serão discutidas em uma reunião marcada para o dia 16 de abril em Brasília. Devem participar o presidente da Funai, a direção da Norte Energia e quatro representantes da aldeia Kararao.

Por G1 PA — Belém – Altamira

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) – Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: