Investigação apontou falha humana como causa na queda de avião com piloto de Novo Progresso em Tresina-PI

image_pdfimage_print

Destroços de avião que caiu na zona rural de Teresina — Foto: Marcos Prado/TV Clube

Falha humana
A investigação do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) apontou falha humana como causa da queda do avião, de acordo com o delegado da Polícia Civil do Piauí Odilo Sena, do 21º Distrito Policial, responsável pelo inquérito policial sobre o caso.
“O indicativo é que houve falha humana grave. O piloto tinha pouca experiência e fez um procedimento onde deu uma guinada no bico da aeronave, em uma atitude que demanda muita potência, o que esse avião não tinha, logo depois, ele perdeu a sustentação e entrou em parafuso, caindo ao chão”, explicou.

Leia Mais:Avião que matou piloto de Novo Progresso não tinha autorização para voar e estava com documentação vencida

*Piloto de Novo Progresso morre em acidente de avião no Piaui

*Corpo de piloto morador de Novo Progresso que morreu em queda de avião no Piaui aguarda exame de DNA … 

A Polícia Civil investiga as circunstâncias da morte e se houve algum crime relacionado ao acidente. O delegado Odilo Sena afirmou que uma série de falhas já foram encontradas durante a investigação até o momento.
A aeronave foi comprada no dia 2 de junho pelo empresário Bruno Alencar Wachekowski, conforme registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O atual proprietário do avião também é piloto e se envolveu na queda de um monomotor que atingiu três casas em Belém, no Pará, ano passado.
“O piloto pegou o avião sem autorização do aeródromo, colocou 240 litros de combustível e voou. A aeronave tinha uma série de irregularidades, como o certificado de aeronavegabilidade cancelado e outras questões burocráticas estavam incorretas junto à Anac”, disse.

Odilo Sena revelou também que, em anos anteriores, o mesmo avião foi utilizado para tráfico de drogas, no entanto, não há confirmação do atual uso do veículo.

“É uma série de indicativos de irregularidades. A situação inusitada é que o proprietário não se preocupou com a aeronave e não entrou em contato para saber o que aconteceu até o momento”, contou.
De acordo com a Polícia Federal, o proprietário do avião já foi preso por furto de aeronaves no estado Mato Grosso e detido em 2016 após furtar um avião que pertencia a uma emissora de TV.

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO COM INFORMAÇÕES DO G1 PI

Destroços de avião que caiu na zona rural de Teresina — Foto: Reprodução/TV Clube
Destroços de avião que caiu na zona rural de Teresina — Foto: Reprodução/TV Clube

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: