Itamaraty deve gastar R$ 1,7 milhão em 4 banquetes durante a Olimpíada

image_pdfimage_print

O MRE (Ministério das Relações Exteriores) vai gastar ao menos R$ 1,7 milhão para promover quatro jantares para autoridades estrangeiras que visitarão o Rio de Janeiro durante os Jogos de 2016. O órgão realizou na sexta-feira (22) um pregão para selecionar a empresa que ficará responsável por organizar a recepção de chefes de Estado ou outros dignitários enviados à capital fluminense para acompanhar as cerimônias de abertura e encerramento da Olimpíada e da Paraolimpíada. As recepções acontecerão no Palácio do Itamaraty, na região central do Rio.
Ao todo, o MRE servirá 850 “coquetéis especiais” e outras 850 “ceias ligeiras” a autoridades estrangeiras, além de outras 3.250 refeições às equipes de apoio dos dignitários. Só no dia 5 de agosto, dia da abertura da Olimpíada, o maior evento dos Jogos do Rio, 300 representantes de outros países devem ser recepcionados pelo MRE no Rio. Trarão consigo outros 1,2 mil membros de suas equipes.
A recepção de cada autoridade durante a Olimpíada deve custar ao menos R$ 1 mil ao governo. O coquetel especial do qual eles participarão terá custo estimado de ao menos R$ 600 por pessoa. Já a ceia ligeira deve custar outros R$ 400. A refeição que será servida às equipes de apoio tem custo estimado de R$ 80 por pessoa.
Só em comida e bebida, o MRE deve gastar R$ 1,2 milhão em quatro festas.
Esses valores constam da proposta apresentada na sexta pela Redxcorp Audiovisual Produção e Locação, de Mairiporã (SP). A companhia foi a que propôs realizar os banquetes pelo menor custo entre todas as participantes da licitação.
A Redxcorp aguarda agora a análise de sua proposta para ser oficialmente contratada pelo MRE. Caso tenha a proposta reprovada, outras empresas já se prontificaram realizar os mesmos banquetes por valor semelhante.
Da proposta da Redxcorp, constam ainda que a empresa providenciará decoração e serviço de som para todas as festas no Itamaraty. Os outros equipamentos e serviços devem consumir outros R$ 500 milhões.
Lista de presentes é incógnita
Governo e organizadores da Olimpíada esperam a presença de importantes chefes de Estado no Rio, principalmente para a abertura da Olimpíada. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é um dos convidados para a mais importante cerimônia da Rio-2016. Não confirmou presença.
O presidente da França, François Hollande, e o presidente da Argentina, Mauricio Macri, são esperados para a cerimônia.
Na terça-feira (19), o UOL Esporte procurou o MRE para tratar das recepções olímpicas e o gasto com as festas. Ainda na terça, o órgão informou que responderia o mais “brevemente possível”. Ainda não respondeu.

 Vinicius Konchinski Do UOL, no Rio de Janeiro

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: