Jovem é arrastada por 4 km, fica em estado grave e tem alta após 1 mês internada

image_pdfimage_print

“Não vou desistir nunca”, afirma Paula Thays, um mês após ser arrastada por 4 km em um grave acidente no Lago Sul, em Brasília (Foto:Reprodução)
Depois de um mês internada em estado gravíssimo, Paula Thays Gomes Oliveira, de 18 anos, teve alta do Hospital de Base na noite desta quarta-feira (23), no Distrito Federal. Ela precisou ser sedada e ficou dias entubada, após ser arrastada por 4 km em um acidente.

Paula estava com o namorado de motocicleta, quando foi atropelada pelo funcionário comissionado do Senado Federal, Caio Ericson Ferraz Pontes de Mello, de 32 anos.

O acidente aconteceu no dia 16 de agosto de 2020. Nesta noite de quarta-feira (23), pouco antes de sair do hospital, ela falou com jornalistas e disse que duvidou do restabelecimento de sua saúde.

“Estava em uma situação muito feia, duvidei, pensei que nunca mais falaria, abriria o olho. Meu corpo estava numa situação muito feia. Aos poucos fui melhorando, o pessoal foi fazendo os enxertos e eu fui refazendo cada parte minha que ficou machucada. Sempre me trataram muito bem, agradeço muito”, comemorou Paula.

Ela assegura que as sequelas provocadas pelo acidente não a impedirão de realizar seu sonho: passar no concurso da Polícia Federal. “Estou mais forte com isso. Não vou desistir, sei que agora ficou mais complicado, mas não vou desistir nunca”, disse.

Paula agradeceu a equipe médica do Hospital pelo trabalho realizado ao longo de sua recuperação. E afirmou que de agora em diante só quer se recuperar. “Os médicos salvaram minha perna direita, a patela estava muito machucada e por pouco eu não perdi a perna direita também. Aí teria perdido a mão e a perna, amputadas”, finalizou.

No dia 1º deste mês, a Polícia Civil do DF (PCDF) colheu, ainda no Hospital de Base, o depoimento de Paula. Segundo o delegado-chefe da 10ª (Lago Sul), Welington Barros, a jovem se lembra bem do atropelamento. No entanto, a polícia ainda busca esclarecer as questões envolvendo o acidente.

O motorista já esteve envolvido em outros três acidentes, segundo registros da PCDF. Além disso, Caio Mello já foi autuado por várias infrações de trânsito.

Por:Redação Integrada com informações do site Metrópoles

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: