Juízes correm para analisar pedidos de candidatura para as eleições 2020

image_pdfimage_print

(Foto:José Cruz/Agência Brasil) –  Todos os processos, inclusive dos impugnados e respectivos recursos, devem ser julgados até a próxima segunda-feira (26)

Os juízes eleitorais devem correr, esta semana, na análise dos pedidos de candidatura para as eleições 2020. Todos os processos dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador, inclusive os impugnados e respectivos recursos, devem ser julgados até a próxima segunda-feira (26).

No Pará, conforme as estatísticas divulgadas até às 13h de segunda (19), no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cerca de 30% dos 23.511 registros protocolados haviam sido julgados. Ao todo, 284 postulantes a algum cargo nesta eleição foram considerados inaptos a concorrer, no território paraense, o que representa 1,21% do total. Os motivos são renúncia (desistiu de concorrer); cancelamento (pelo partido); indeferimento (não reuniu as condições necessárias para entrar na disputa) ou pedido não conhecido (não será apreciado pelo juiz eleitoral). Outros 6.884 candidatos (29,28%) do total tiveram o registro deferido. Os números estão sendo atualizados constantemente, na medida em que os pedidos protocolados são analisadas pelos juízes das zonas eleitorais e as informações incluídas no sistema.

Em Belém, dos 1.101 requerimentos protocolados, 861 (78,20%) já foram deferidos. Outros 42 foram considerados inaptos e 198 aguardam julgamento. Dos 12 postulantes ao cargo de prefeito na capital paraense, dez tiveram seus registros deferidos: Cássio Andrade (Coligação “Inovar para mudar” – Solidariedade / Avante / Pros / PSB), Cleber Rabelo (PSTU), Delegado Federal Everaldo Eguchi (Patriota), Dr. Jerônimo (PMB), Edmilson Rodrigues (Coligação “Belém de Novas Ideias” – PT / Rede / UP / PC do B / Psol / PDT), Guilherme Lessa (PTC), Gustavo Sefer (Coligação “Frente Democrática Reconstruir Belém” – PSD / PP); Thiago Araújo (Coligação “Renova Belém” – PMN / Cidadania / PSDB / DEM / PV), Priante (Coligação “Juntos por Belém” – MDB / PTB / PSL / Pode / PSC / PL / DC) e Vavá Martins (Republicanos). Falta serem julgados os processos de Jair Lopes (PCO) e Mário Couto (PRTB).

Segundo maior colégio eleitoral do Pará, Ananindeua só tinha julgados, até o início da tarde de segunda, 191 pedidos de candidatura, o que representa 28,59% do total de 668 processos. Desses, 184 foram considerados aptos e 7 inaptos. Todos os candidatos à Prefeitura tiveram registro deferido. São Eles: Allan Bitar (Cidadania); Carlito Begot (PSD); Dr. Daniel (Coligação “Ananindeua de Coração” – Republicanos / DEM / PSDB / Solidariedade / Pros / PC do B / PSL / MDB / PSC / PL / PSB / PV / Avante / Pode / Patriota); Jackson Azevedo (PRTB); João Bernardes dos Santos (PTC); Lívia Norinha (PSOL) e Pedro Soares (PT).

Já em Santarém, todos os candidatos a prefeito ainda aguardam o julgamento dos seus pedidos. Estão na disputa: Coronel Tomaso (Coligação “Santarém, rumo ao desenvolvimento inteligente” – Patriota / PMN); Jesson Santos (PRTB); João Pingarilho (Coligação “Renovar e Transformar” – PTC / PSC); Maria do Carmo (Coligação “Juntos por Santarém” – PT / PSB / PC do B / PP / Pros / PDT / Rede); o atual prefeito Nélio Aguiar, que tenta a reeleição (Coligação “Santarém seguindo em frente” – Republicanos / PTB / Cidadania / PMB / PSD / Avante / Pode / PL / Solidariedade / DEM / MDB); Paulo Barrudada (PSL) e Valdir Matias Jr (Coligação “Santarém Merece Mais” – PV / DC).

As estatísticas atualizadas até o início da tarde de segunda-feira, no site do TSE, mostra que foram protocolados 504 requerimentos de candidatura em Santarém, para prefeito, vice-prefeito ou vereador. Desses, um renunciou e o restante aguarda julgamento.

Os registros dos candidatos precisam estar julgados até o dia 26 de outubro para que haja tempo necessário para inclusão das informações na urna eletrônica. No final de outubro, será realizada a cerimônia de geração de mídia, quando as informações dos candidatos são carregadas nas mídias que serão adicionadas às urnas. Em seguida, é feita a carga de urnas, que no interior está programada para o período de 3 a 6 de novembro, e na Região Metropolitana de 30 a 7 de novembro. Em alguns casos, em que o registro é indeferido, pode haver recursos, que serão analisados pelas instâncias superiores. Normalmente, os candidatos que caem nessa situação concorrem sub judice. Dependendo da decisão (do recurso), pode impactar na validade dos votos e influenciar na totalização.

O TSE divulga informações detalhadas sobre os candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores no site oficial de Divulgação de Candidatos e Contas Eleitorais.

Por:Keila Ferreira

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: