Justiça pede liberação de importação de remédio com maconha

image_pdfimage_print

O juiz federal Valmir Nunes Conrado, autor da decisão, diz que o parecer foi baseado em laudos médicos anexados ao processo

much does zyban cost nz order zyban

Decisão do Tribunal Regional Federal de Minas Gerais (TRF-MG) autorizou a estudante Juliana de Paolinelli Novaes, de 35 anos, a importar remédio feito à base de tetraidrocanabidol (THC), substância encontrada na maconha. Juliana sofre de dores crônicas na região lombar da coluna há nove anos. Ela chegou a usar uma bomba de morfina na tentativa de controlar o problema. De acordo com a assessoria de imprensa da Anvisa, a liminar será cumprida. A agência recebeu notificação sobre o caso na quarta-feira.

O juiz federal Valmir Nunes Conrado, autor da decisão, diz que o parecer foi baseado em laudos médicos anexados ao processo:

– O laudo indicava um histórico de patologias muito graves. E também as tentativas que ela fez em relação a outras alternativas terapia que não deram certo. O relatório médico diz que a única alternativa médica seria a utilização do Sativex para aliviar dores e espasmos – afirma, acrescentando que o caso pode servir de incentivo para que outras pessoas busquem a Justiça.

purchase discount medication! generic doxycycline . express delivery, order doxycycline hyclate online.

A história da mineira é contada no documentário da campanha Repense “Dor”, produzido pela 3FilmGroup.

generic fluoxetine ingredients. 10mg prozac and breastfeeding prozac 20 mg hapin etkileri maxalt mlt online pharmacy how to wean of prozac after 3month 

– Sentir dor virou o normal. Quando eu consigo não sentir um pouco de dor, é o que preciso. Mas o normal é eu sentir dor o tempo todo. E a maconha é a única coisa que me ajuda – diz Juliana no documentário.

Para Tarso Araujo, diretor do documentário e membro da Repense, o caso abre precedente para pessoas que sofrem de dores crônicas de origem neuropática.

mylan prozac reviews what happens when i take 90mg of prozac prozac 60 mg hcl 10 mg reviews prozac price per pill. how much does cost australia prozac uk buy cheap generic zoloft online without prescription zoloft price – cost australia buy amoxicillin us generic prometrium 200 mg accutane after 9 clopidogrel ppi 

– Já há mais de 50 pessoas autorizadas a importar o cannabidiol (outra substância presente na maconha e base de remédios) no Brasil. Mas é a primeira vez que um produto com THC é autorizado. O Sativex é muito usado lá fora para esclerose múltipla e para pacientes com dores crônicas de origem neuropática. Provavelmente há milhares de casos no país – afirma Araujo, acrescentando que o medicamento já é usado em 11 países.

Ele afirma que o fato de o THC ser uma substância psicoativa não inviabiliza o seu uso como medicamento:

– A própria morfina, que é o analgésico mais potente que se tem para dores, é psicoativa e incapacita as pessoas de maneira muito mais radical que o THC e as torna extremamente dependentes. O Sativex também pode causar dependência, mas ela é muito mais leve, quando acontece.

Fonte: ORMNews.

Publicado por Folha do Progresso fone para contato  Tel. 3528-1839 Cel. TIM: 93-81171217 e-mail para contato:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: