Luverdense arranca empate contra o Vasco em São Januário

image_pdfimage_print

Fonte: Só Notícias/Herbert de Souza (foto: assessoria) – Vasco e Luverdense empataram, há pouco, em 1 a 1, no estádio São Januário, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado mantém a equipe mato-grossense na 9ª posição, com 51 pontos. O Vasco, por outro lado, tem sua classificação para a Série A ameaçada. A equipe carioca tem 59 pontos e está em 3º lugar, a apenas dois pontos do 5º colocado.

O primeiro gol do jogo foi marcado por Thalles, aos 20 minutos do primeiro tempo. O atacante recebeu passe de Nenê e tocou no canto esquerdo de Diogo Silva. O Luverdense chegou ao empate aos 7 minutos do segundo tempo, com Alfredo. O atleta aproveitou rebote do goleiro Jordi, após cobrança de escanteio, e finalizou de cabeça.

O próximo jogo do Luverdense será contra o Bahia, no sábado (12), no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. O Vasco volta a campo no mesmo dia contra o Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

O jogo – O Vasco tomou a iniciativa da partida. Aos 2 minutos, Pikachu cruzou na área e a zaga do Luverdense desviou. A bola ficou com Diogo Silva. O alviverde respondeu com Ricardo, que, aos 4, mandou uma bomba de fora da área para defesa de Jordi. Aos 19, nova oportunidade para a equipe mato-grossense. Após cobrança de falta na área, Everton cabeceou e a bola passou raspando o travessão do goleiro vascaíno.

A jogada do gol cruzmaltino saiu aos 20 minutos. Thalles recebeu passe de Nenê, invadiu a área e tocou no cantinho, sem chances para Diogo Silva. Os donos da casa quase ampliaram aos 25. Ederson recebeu lançamento e correu em direção ao gol. O goleiro mato-grossense, no entanto, se antecipou e conseguiu afastar. O LEC quase empatou, em chute de Sérgio, aos 27. Jordi, em estranha defesa, evitou o gol. Aos 38, a bolsa sobrou para Nenê, que cruzou para Thalles. O atacante dominou, mas acabou chutando fraco para a defesa de Diogo Silva.

O Vasco teve a primeira oportunidade na volta do intervalo. Thalles recebeu cruzamento de Ederson, dominou no peito, mas bateu fraco. O Luverdense precisou de 7 minutos na etapa complementar para empatar a partida. Após cobrança de escanteio e desvio, o goleiro Jordi rebateu e a bola sobrou para o artilheiro Alfredo finalizar de cabeça.

O Vasco respondeu imediatamente. Após troca de passes, Nenê chegou na linha de fundo e cruzou para Andrezinho. Gabriel conseguiu afastar.  Aos 20, a equipe carioca saiu em velocidade. Thalles, na ponta, cruzou para Andrezinho, que dominou na entrada da área e bateu sem força. Aos 27, quase saiu gol para os donos da casa. Após troca de passes dentro da área, Nenê deixou Júlio César livre para marcar. O goleiro Diogo Silva, porém, fez grande defesa.

Aos 30, o Luverdense teve boa oportunidade para virar o jogo. No contra-ataque, a equipe mato-grossense saiu com três jogadores contra dois do Vasco. Alfredo tentou o chute, mandou para fora e irritou os companheiros. Aos 35, Jorge Henrique tentou o chute para os cruzmaltinos, mas jogou pela linha de fundo. O clube alvinegro ainda perdeu chance incrível, aos 40 minutos. Após escanteio, a bola sobrou para Luan, que bateu forte e a zaga do Luverdense conseguiu afastar.

Sob gritos de “time sem vergonha” e “Fora Eurico” por parte da torcida vascaína, o juiz encerrou o jogo aos 49.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: