Mãe e padrasto são condenados por contratar facção para matar estuprador da filha

image_pdfimage_print

Investigações apontam que dois homens teriam mantido relações sexuais com a vítima, drogando a menina para cometer os crimes – (Foto:Fábio Costa / O Liberal)

Um homem que teria abusado sexualmente de uma menor de idade foi morto e teve o seu corpo escondido em vingança ao crime. Na quarta-feira (26), cinco pessoas, entre elas a mãe e o padrastro da vítima, foram condenadas pelo homicídio e ocultação de cadáver. O caso aconteceu em Franca, no interior de São Paulo.

O casal teria contratado três integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para matar os dois responsáveis pelo abuso cometido contra a criança. Um deles conseguiu fugir.

As investigações apontam que os dois homens teriam mantido relações sexuais com a vítima. De acordo com os responsáveis da garota, ela não lembra do ocorrido porque havia sido drogada pelos bandidos. Eles haviam colocado uma substância em seu refrigerante.

Um deles escapou depois do crime e o outro foi assassinado. O corpo foi encontrado em um cafezal da região com marca de tiros na cabeça. A mãe e o padrasto foram condenados a 13 anos de prisão. Outros dois réus envolvidos no crime foram condenados a 17 anos.

Com informações do portal R7

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: