Mais de 165 mil eleitores não fizeram o cadastro biométrico

image_pdfimage_print

Mais de 165 mil eleitores não fizeram o cadastro biométrico

Quem não fizer os procedimentos terá o título cancelado e pagará multa

Até esta sexta-feira (4), 165.139 eleitores ainda não realizaram o cadastro biométrico no município de Santarém, oeste do Pará, de acordo com dados do Cartório Eleitoral.
generic fluoxetine us – mail order and online pharmacy and chemists. generic fluoxetine us : medical health professionals. lipitor vs generics – at discount prices 

Segundo o chefe da 20ª Zona Eleitoral, Márcio Mendonça, dos 204.038 eleitores da 20ª, 83ª e 104ª zonas, aptos a votar, 38.899 já realizaram o procedimento. Em Belterra, dos 13.743 eleitores aptos a votar, apenas, 3.257 já fizeram o procedimento. Já em Mojuí dos Campos, dos 16.923 eleitores, só 5.185 pessoas já compareceram para o cadastro.

lioresal tablets . lioresal 10 mg. cheap lioresal. generic lioresal. baclofen cost. order lioresal. generic baclofen. purchase lioresal. purchase baclofen online top quality medications. zoloft generic buy . free delivery, generic zoloft buy phenergan cheap phenergan buy online buy phenergan online northstar. no rx needed generic fluoxetine in west virginia. purchase fluoxetine user reviews buy conjugated fluoxetine tablets want fluoxetine order  .
Ainda segundo Mendonça, a procura pelo cadastro biométrico tem sido satisfatória. “O procedimento está ocorrendo normalmente, principalmente quando nós já temos por experiência que o eleitor infelizmente deixa para fazer o cadastro sempre no prazo final. É importante que os eleitores possam vir o quanto antes”, orienta.

O processo começou a ser feito em no dia 1º de julho de 2015 em Santarém e visa garantir a segurança na identificação do eleitor no momento da votação. A biometria será exigida nas eleições municipais de 2016. Quem não fizer o cadastramento ficará impossibilitado de votar, poderá ter o título cancelado e ainda terá que pagar multa.

Mendonça explicou ainda, que dos 234.704 eleitores aptos que fazem parte da Região Metropolitana de Santarém, apenas 47.341 mil compareceram aos locais de cadastro e ao cartório, que espera atender 1.050 pessoas por dia.

O prazo para todos os eleitores vai até o dia 16 de março de 2016.

O cartório eleitoral de Santarém fica na Avenida Mendonça Furtado, entre as travessas Silva Jardim e Sete de Setembro, bairro Santa Clara. Para isso, o eleitor deve apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência.

Saiba mais sobre o cadastramento

O eleitor cadastra os dez dedos, tira uma fotografia e cadastra a assinatura digitalizada. Somente serão usados para autenticação na hora de votar quatro dedos: os polegares e indicadores.

Qual é o prazo para o cadastramento biométrico?

Até o dia 16 de março de 2016.

Quais os horários e local de atendimento?

De segunda a sexta-feira, das 12h às 16h, no Cartório Eleitoral de Santarém (Avenida Mendonça Furtado, entre as travessas Silva Jardim e Sete de Setembro, no bairro Santa Clara).

Qual o público-alvo?

O cadastro serve para todo eleitor que mora e permanecerá residindo em Santarém, Belterra ou Mojuí dos Campos.

Quais as consequências por não fazer o cadastramento?

O eleitor que não comparecer no prazo estipulado (até 16 de março de 2016) terá o título cancelado, o que resulta em uma série de implicações: não poderá participar das eleições, não poderá renovar passaporte e não poderá assumir cargo público, entre outros.

Que documentos é preciso levar?

Para fazer o cadastro, é necessário apresentar Carteira de Identidade ou de Trabalho; ou certidões de Nascimento ou de Casamento; Passaporte ou Carteira de Conselho Profissional. Além disso, é necessário apresentar comprovante de endereço atual (emitido nos últimos 3 meses).

Quem não poderá fazer o cadastramento biométrico?

Eleitor com sentença criminal com trânsito em julgado (definitiva) que ainda não cumpriu a pena imposta pela Justiça.

Como fica a situação do eleitor inelegível?

O eleitor que já cumpriu sentença criminal e permanece inelegível (não pode concorrer como candidato) no prazo de 8 anos tem direito de fazer o cadastramento biométrico. Mas não receberá o título de eleitor, pois no documento consta a data de emissão, o que poderá confundir com a quitação eleitoral.

Não sou alfabetizado. Preciso me cadastrar?

Sim. Se não o fizer, o título será cancelado.

Eleitor facultativo (maior de 70 anos ou entre 16 e 18 anos) também é obrigado a fazer o cadastro?

Sim

O cadastramento também é obrigatório para quem é deficiente?

Sim. A exceção é a pessoa que tem indicativo de deficiência no cadastro que impeça a locomoção, por exemplo. Esse eleitor, portanto, não precisa fazer o cadastro biométrico e não terá o título cancelado.
Por: G1 Santarém
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981171217 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) (093) 35281839 E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: