Mais de 80% dos prefeitos estão aptos a concorrer pela reeleição no PA -Entre eles o gestor de Novo Progresso.

image_pdfimage_print

Segundo levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios, 116 atuais gestores municipais do Pará podem se candidatar nas eleições deste ano , 28 não podem se candidatar.

Mais de 80% dos prefeitos paraenses estão aptos a concorrer pela reeleição este ano. Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que ao todo 116 atuais gestores municipais do Pará podem se candidatar nas eleições que ocorrem no dia 15 de novembro.

Os dados divulgados pela CNM foram consolidados com base nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e em cadastros próprios da entidade. O estudo aponta que o Pará lidera na região Norte com o maior número de prefeitos que podem tentar a reeleição com 116 dos atuais 144 gestores. Na lista o atual prefeito Ubiraci Soares (PL) de Novo Progresso. Conforme a legislação Macarrão(PL), foi eleito em 2016 e diplomado prefeito [só tem um diploma de prefeito], o anterior foi mandato tampão.

No Pará  dos 144 prefeitos  28 não podem se recandidatar, entre eles os gestores das duas maiores cidades: Belém e Ananindeua.

No Pará, dos 116 que podem se recandidatar, apenas 20 são mulheres e 96 prefeitos homens. Leia estudo Completo AQUI

Leia Também:Novo Progresso tem quatro candidatos a prefeito confirmados em convenção

ELEIÇÃO DIFERENTE

O estudo da CNM destaca ainda que esta eleição municipal será completamente diferente de todas as outras. “Estamos sob o efeito de uma pandemia sanitária de Covid-19 sem precedentes, e a possibilidade de reeleição, que a cada pleito municipal vem diminuindo, será um grande desafio”, avalia a Confederação.

De acordo com os analistas, a pandemia do novo coronavírus mudou de forma inédita a dinâmica das eleições municipais. Em julho o Congresso Nacional aprovou o adiamento do primeiro e do segundo turno das eleições, de 4 e 25 de outubro para 15 e 29 de novembro, respectivamente.

Leia Mais:Novo Progresso tem quatro candidatos a prefeito confirmados em convenção

Propaganda eleitoral terá início no próximo dia 27

Candidatos poderão fazer propaganda junto aos eleitores obedecendo as normas

Seguindo o calendário das eleições municipais 2020, no próximo dia 27 de setembro terá início a propaganda eleitoral. De acordo com a analista judiciária da Corregedoria Eleitoral do TRE Pará, Nathalie Castro, a partir dessa data os candidatos podem fazer propaganda na internet e também dar início à propaganda de rua, buscando os votos para a sua candidatura.

“É permitido ao candidato fazer propaganda na internet, na rua, com caminhadas, passeatas, carreatas, comício, reunião pública, distribuir material gráfico, adesivos de carro, adesivos para as residências, distribuição de bandeiras nas ruas. Na internet o candidato poderá pedir expressamente voto, pagar impulsionamento e falar de suas propostas de campanha. Tudo a partir do dia 27”, pontua a analista.

A servidora alerta para a distribuição de brindes não permitida pela legislação eleitoral. “Distribuir brindes como camisetas, máscaras, bonés, não pode ser feito por nenhum candidato”.

Ela ressalta que a propaganda na internet será o destaque deste ano. “Para essas eleições de 2020 nós percebemos que a Legislação restringiu a propaganda de rua e ampliou as possibilidades de propaganda eleitoral na internet, como, por exemplo a contratação de impulsionamento dos conteúdos dos candidatos para atingir o maior número de eleitores pela internet”.

GUIA

A Corregedoria Eleitoral por iniciativa da vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral e Corregedora, desembargadora Luzia Nádia do Nascimento, elaborou um Guia Prático referente à propaganda eleitoral voltada para o público interno e externo. “Esse material é voltado para os nossos clientes para o processo eleitoral, que são os candidatos e, principalmente, aos eleitores que, de posse de um material de fácil compreensão, possam entender o que é certo ou errado em relação à propaganda política, e ter a oportunidade de levar ao conhecimento do juiz eleitoral sobre propagandas eleitorais irregulares”, finaliza.

RÁDIO E TV

No dia 09 de outubro iniciará o período de propaganda obrigatória eleitoral no rádio e na TV e vai até o dia 12 de novembro de 2020 para o primeiro turno das eleições municipais 2020, e até o 27 de novembro para o segundo turno.

Por:Jornal Folha do Progresso com informações CNM

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: