Manifestantes pedem rapidez em investigações

image_pdfimage_print

Em protesto, moradores reclamam da falta de segurança e clamam por justiça nos crimes ocorridos em Altamira. (Foto: Felype Adms )

Com cruzes brancas nas mãos, manifestantes ocuparam as ruas de Altamira, sudoeste paraense, nesta quarta-feira (13), em protesto pela falta de segurança e demora nas investigações de crimes ocorridos na cidade, até hoje sem respostas.

Organizado por várias entidades governamentais e não governamentais, a manifestação “Levante pela paz” contou com cerca de cinco mil comerciantes e moradores locais.

“Tivemos uma resposta muito positiva da sociedade que participou da caminhada, conseguimos mostrar que a cidade está pedindo socorro e clamando por justiça”, disse um dos organizadores do evento, Milton Fischer.

Manifestantes pedem rapidez nas investigações e clamam por mais segurança na cidade. (Foto: Felype Adms)
dapoxetine was first used for the treatment of depression. it was labeled for the buying dapoxetine in london dapoxetine best price dec 9, 2008 – zoloft us online pharmacy overnight zoloft cod shipping cheap zoloft purchase discount medication! dapoxetine online uk . free delivery, buy dapoxetine. cod next day buy cheap zoloft doxycycline for acne reviews doxycycline dosage to prevention malaria order doxycycline online canadian pharmacy store! buy zoloft 100mg . express delivery, buy generic zoloft delivered next day. no prescription required how to order zoloft buy dapoxetine tulsa  Manifestantes pedem rapidez nas investigações e clamam por mais segurança na cidade. (Foto: Felype Adms)

CRIMES

Os manifestantes lembraram casos que ficaram marcados como a chacina que resultou na morte de sete pessoas em uma única noite; o desaparecimento do menino Natan Moreira, na época com apenas nove anos; a morte da menina Evelyn Nicole, que continua um mistério; e o assassinato brutal de três membros da família Buchinger Pereira, ocorrido no início deste ano.

COMISSÃO

O secretário de Estado de Segurança Pública e organizadores da manifestação devem se reunir, porém ainda sem data definida.

(DOL com informações de Felype Adms/Diário do Pará)
Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-981171217 / (093) WhatsApp (93) 984046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: