No Carnaval, bloquinho do Metropolitano leva alegria e conscientização

image_pdfimage_print
Com música, fantasias e diversão, colaboradores da unidade distribuíram informações sobre consumo de álcool, cuidados no trânsito e doação de sangue
Em Ananindeua, o bloquinho carnavalesco “Unidos do HMUE”, do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), gerenciado pelo Pró-Saúde, saiu pelos corredores, recepções e arredores da unidade levando alegria, informação de saúde e segurança no trânsito na manhã desta sexta-feira (21).

Com o intuito de propagar a campanha de prevenção de acidentes de trânsito e incentivar a doação de sangue no período do Carnaval, a ação explorou temas como cuidados no trânsito, consumo consciente de álcool e doação de sangue, além de dicas de saúde e bem-estar, para colaboradores e usuários no ambiente hospitalar.
DSC_0817
Os pedestres que trafegavam na BR 316 também receberam informações sobre prevenção de acidentes de trânsito por meio do projeto Direção Viva, na frente do HMUE. Uma equipe da unidade distribuiu panfletos para ciclistas e motoristas, com orientações sobre como aproveitar o Carnaval com responsabilidade.

“Destacamos as principais causas de acidente de trânsito, a importância do uso do cinto de segurança e de capacete, além da necessidade de respeitar a sinalização. Também alertarmos sobre os perigos do consumo de bebidas alcoólicas no volante, do uso do celular e de ultrapassagens”, destacou.

Por meio de uma paródia com a música “O abre alas, que eu quero passar”, os colaboradores difundiram, de forma lúdica e divertida, para usuários, acompanhantes e pacientes, orientações e dicas de saúde para aproveitar o Carnaval com segurança. Confira a letra no final da matéria!

Todos os setores da unidade participaram e os colaboradores transformaram as unidades de internação e enfermarias em passarelas de alegria com uso de fantasias, enfeites e máscaras. A recepção também foi palco de diversão com estande de orientações para doação de sangue com a equipe do Hemopa e aulas de ginástica laboral.

O bloquinho do HMUE fez a diferença no dia do pequeno Orácio Neto de 4 anos, que está internado na Clínica Pediátrica do HMUE desde segunda-feira (17), após sofrer um acidente doméstico. “Eu gosto de brincar e cantar, e falei para todo mundo que ia ter festa de carnaval no hospital”, contou Orácio.

Para Ângela dos Santos, que está como acompanhante do pequeno Orácio, momentos de alegria e celebração trazem acolhimento e fazem muita diferença na recuperação do paciente.

“O Orácio estava com dor por causa do acidente que sofreu, mas ansioso porque sabia que teria música e fantasias. As enfermeiras falaram da festinha de carnaval e, desde ontem, ele só falava nisso. Estava um pouco triste até todos chegarem e agora, abriu um sorriso. Esse cuidado ajuda na recuperação e isso faz diferença no atendimento” afirmou Ângela.

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, unidade do Governo do Pará, é referência no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados para a região Norte, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Metropolitano realizou, em 2019, mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

**Confira a letra da paródia produzida pelo HMUE!**

Se for dirigir, você não deve Beber!
Se for dirigir, você não deve Beber!
A segurança é o nosso dever.
A segurança é o nosso dever.

Muitas Vidas eu posso salvar!
Muitas Vidas eu posso salvar!
Doando sangue eu vou ajudar.
Doando sangue eu vou ajudar.

Carnaval muita animação!
Carnaval muita animação!
Álcool e Drogas não combina não.
Salvar vidas é Diversão.

Lá, lá, lá, lá , lá
Se for dirigir, você não deve Beber!
Se for dirigir, você não deve Beber!
A segurança é o nosso dever.
A segurança é o nosso dever.

Paródia: colaboradora Adriana Cunha

**Sobre a Pró-Saúde**
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.
Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente, realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.
A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

Fonte:Adrielle Lopes de Sousa (HMUE)COM FOTOS
DSC_0790
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: