No Mato Grosso-Jovem que anunciava vendas de armas pelo WhatsApp com máscara de palhaço é preso

image_pdfimage_print

Mãe do rapaz acabou detida por tentar impedir trabalho dos policiais militares. Jovem aparece em diversas fotos usando máscara e segurando armas.

Um jovem que anunciava venda de armas pelo WhatsApp foi preso por porte ilegal de arma nesta quarta-feira (23) na cidade de Denise, a 208 km de Cuiabá (MT). A Polícia Militar recebeu denúncias sobre o comércio de armas pelo aplicativo e prendeu o rapaz.

O suspeito, identificado como Allex Augusto da Silva Souza, de 18 anos, aparece em várias fotos segurando armas e usando uma máscara de palhaço.

Os policiais tiveram acesso às conversas de grupos de WhatsApp onde o jovem oferece as armas e estabelece preços pelos armamentos. A PM foi até a casa do suspeito, onde encontrou uma das armas que ele tentava vender.
print whatsapp-image-2017-08-24-at-10.17.44
“Existe esse grupo de WhatsApp onde se comercializa esse armamento. Nos mandaram prints dele [Allex] com a arma. Na casa dele conversamos com a mãe, que disse que ele era menor de idade. Ela não queria que ele falasse conosco”, explicou ao G1 o sargento e comandante da PM, Iduardo do Carmo.

A mãe do jovem acabou detida por tentar impedir a polícia de checar a situação.

“Encontramos uma espingarda, calibre 28, embaixo do guarda-roupas do quarto dele, além de oito munições no armário da cozinha. Ele confessou e assumiu que havia postado e tentado vender armas. Ele usava a máscara porque mandava foto das armas para outras pessoas e não queria ser identificado”, afirmou o sargento.

Depois de ser detida, a mãe do rapaz mudou a versão e afirmou que o filho é maior de idade. Também comentou com os policiais que o jovem está em diversos grupos de venda de armas e drogas.

Mãe e filha foram levados para a Polícia Civil de Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá. Os grupos de WhatsApp devem ser investigados pela Polícia Civil.

Fonte: G1 MT.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: