Operação encontra dois mil pés de maconha e destrói plantação ilegal em Cachoeira do Piriá

image_pdfimage_print

(Foto:Reprodução) – Região nordeste do Pará é usada com frequência para plantio da erva ilegal

Uma operação conjunta da Polícia Civil em Cachoeira do Piriá e do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) destruiu uma plantação de maconha com cerca de dois mil pés no município do nordeste paraense nesta terça-feira (18).

Segunda a denúncia recebida pela equipe policial, a plantação estaria dentro de uma área particular, na localidade de Vila do Camiranga, onde homens trabalhavam no cultivo da erva que e ilegal no Brasil. Além dos criminosos que atuavam no plantio, havia homens armados com espingarda nos arredores da área, para proteger a plantação.

Durante diligências na área, os policiais civis contaram com apoio de PMs do batalhão com sede em Capanema, mas que conta com um pelotão destacado em Cachoeira do Piriá. Eles apuraram as informações cedidas na denúncia e, com auxílio de imagens aéreas capturadas com uso de um drone, foi possível localizar e mapear a área de plantação, além de traçar a melhor rota para chegar ao local.

Depois de algumas horas de incursão na mata, foram encontradas duas plantações de maconha com aproximadamente mil pés cada. Um motor-bomba, enxadas e facões também foram encontrados e apreendidos. De acordo com a Polícia Civil, uma mostra da erva foi coletada para exame pericial e todo o resto foi destruído no mesmo terreno. Ninguém foi preso na operação.

A região do nordeste paraense sempre é alvo de operações de combate a plantações de maconha, já que a prática é comum na área, em parte, por se tratar de uma região de fronteira.

Na última semana, mais de 400 mil pés de maconha foram destruídos durante operações da Polícia Civil do Pará e da Polícia Federal nos municípios de Cachoeira do Piriá, Garrafão do Norte, São Domingos do Capim, Bujaru, Tomé-Açu, Nova Esperança do Piriá e Concórdia do Pará, entre os dias 8 e 17 de agosto. No total, foram encontradas 200 toneladas da erva em 219 mil metros quadrados de plantação irregular.

Por:O Liberal

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: