Os desafios da mulher no aleitamento materno e os benefícios para a saúde do bebê

image_pdfimage_print

O incentivo ao aleitamento materno é uma das cinco principais ações no combate à mortalidade infantil da Organização Mundial da Saúde (OMS), e está entre as principais linhas de cuidado da atenção integral da saúde da criança no Ministério da Saúde.

De acordo com Andreia Veloso, enfermeira do Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB), dados da OMS reforçam a importância com o tema. “O aleitamento materno é responsável por, pelo menos, 13% na redução da mortalidade infantil no mundo. Aqui na unidade temos a missão de ajudar mulheres no cuidado com os seus bebês”, destaca.

O HMIB é uma unidade de referência de alta e média complexidades para gestantes e recém nascidos. Gerenciado pela Pró-Saúde, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESPA), a unidade está localizada a uma distância 114 km da capital Belém (PA).

Durante o mês, a unidade está abordando os desafios para as mulheres e a importância do aleitamento para os bebês. A ação integra a campanha mundial “Agosto Dourado”, que evidencia as ações de promoção, prevenção e proteção ao aleitamento materno.

O melhor alimento no início da primeira infância

A nutricionista Danielly Souza é direta ao falar sobre o leite materno. “É o melhor alimento para o bebê, sendo rico em proteínas, vitaminas, anticorpos, gorduras e água. Ajuda e evitar infecções e alergias precoces, além de manter um bom funcionamento intestinal da criança”, explica a profissional que coordenada o Banco de Leite Humano do HMIB.

materno

“É nessa fase inicial, por meio da amamentação, que o bebê tem as primeiras percepções sensoriais. A criança explora sabores, texturas e sensações, mas também emoções e sentimentos ligados a cada momento de alimentação. Essa relação afetiva refletirá em todas as fases do desenvolvimento físico e emocional do bebê”, ressalta a psicóloga Daniela Dias.

Já a fonoaudióloga Caroline Alcântara, destaca a importância para a fala. “A amamentação ajuda no aumento da flexibilidade na articulação das estruturas faciais e da fala. O ato de sugar é um exercício importante para o desenvolvimento da musculatura orofacial do bebê e auxilia nas funções de sucção, respiração e deglutição, e serve até contra inflamações no ouvido e doenças respiratórias”, diz.

Os desafios no empoderamento da amamentação

Mitos e preconceitos prejudicam o acesso à informação sobre a importância do aleitamento materno. Desconstruir esses tabus é o trabalho desenvolvido pela equipe multiprofissional no Hospital Materno-Infantil de Barcarena.

“Nós orientamos sobre práticas que estimulem o melhor desempenho da mulher durante a amamentação, como ter uma pega correta da mama, posicionamentos do bebê, atenção aos sinais de fome, além de tratar dúvidas com apoio de enfermeiros e técnicos”, explica Joice Vaz, diretora assistencial do HMIB.

Outros desafios, relacionados ao meio social da mulher, atrelado às dificuldades de atender as orientações de livre demanda da amamentação, seja por causa do trabalho ou necessidades de atendimento do lar, também são abordados.

Dessa forma, a unidade estimula o fortalecimento da autonomia e empoderamento da mulher, por meio de um suporte humanizado, emocional e de acolhimento, para entender como a amamentação impacta no desenvolvimento da criança e na própria saúde da mãe.

“Trabalhamos para manter a comunicação efetiva com as nossas pacientes e empoderá-las para que possam tomar a melhor decisão informada. Significa revelar o protagonismo que toda mulher possui no processo da amamentação, somando ao envolvimento da equipe multiprofissional nesse processo”, conclui Joice.

O Hospital Materno-Infantil de Barcarena presta atendimento 100% gratuito por meio do Sistema único de Saúde (SUS). É referência para mulheres gestantes e recém-nascidos de 11 municípios do Baixo Tocantins.

**Sobre a Pró-Saúde**

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

Fotos: Ascom Pró-Saúde

Por:Adrielle Lopes- Analista de Comunicação – Pró- Saúde

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: