Padre diz que menina de 10 anos ‘compactuou com estupro’ mas depois se desculpa

image_pdfimage_print

 Mensagens postadas pelo padre no Facebook (Foto:Reprodução Facebook)

Padre diz que menina de 10 anos ‘compactuou com estupro’ mas depois se desculpa

Um padre de Cuiabá escreveu em suas redes sociais que a menina de 10 anos, estuprada pelo tio e que recentemente teve uma gravidez interrompida, teria “compactuado com o estupro”. Ramiro José Perotto parece ter se arrependido e apagou suas contas nas redes sociais.

Com a repercussão do comentário, o padre divulgou nesta quinta-feira (20) em seu perfil no Facebook uma nota na qual escreveu: “Àqueles que se sentiram ofendidos, só resta meu pedido de perdão”.

 

Mensagens postadas pelo padre no Facebook (Foto:Reprodução Facebook)
Mensagens postadas pelo padre no Facebook (Foto:Reprodução Facebook)

Diversas pessoas comentaram o post do religioso. “Obrigar uma criança vítima de estupro a seguir com a gravidez era repugnante”, disse um seguidor.

Em resposta, o padre disse que duvidava que uma criança abusada por vários anos deixaria de comentar o caso. “Aposto, minha cara. Ela compactuou com tudo e agora é menina inocente. Gosta de dar então assuma as consequências”, escreveu.

Na nota divulgada nesta quinta-feira (20), Perotto assumiu a responsabilidade pelas postagens e que não quer julgar ninguém.

“Assumo a responsabilidade de ter proferido palavras desagradáveis, e justifico que compartilho da defesa da vida, nunca condenar e tirar julgamentos. Não foi minha intenção proferir palavras de baixo calão, as quais não comungam com minha fé e minha crença na pessoa humana. Àqueles que se sentiram ofendidos, só resta meu pedido de perdão”, escreveu no comunicado.

No trecho seguinte, ele justificou a exclusão da conta na rede social: “Excluí meu Facebook por não querer mais ofender e ser ofendido. Precisamos ser fraternos. Sempre preguei isso. As vezes que não fui, que Deus me perdoe. Lutemos pela vida, ela é dom de Deus”.

Por:Redação Integrada

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: