Palmeiras decepciona e cede empate no Allianz ao desfalcado Goiás

image_pdfimage_print

O Palmeiras estreou no Allianz Parque pelo Campeonato Brasileiro de maneira decepcionante na noite deste sábado. Contra um adversário com 15 desfalques, o time da casa saiu na frente, mas, sem criatividade, acabou cedendo o empate por 1 a 1 ao Goiás.

Com o resultado, o Palmeiras marca seu segundo ponto no Campeonato Brasileiro, enquanto o Goiás sai do zero na tabela de classificação. Ambos disputaram apenas duas partidas pelo torneio nacional, já que tiveram seus compromissos de estreia adiados.

Pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Athletico-PR, na Arena da Baixada. O Goiás, por sua vez, encara o Fortaleza a partir das 20h30 mesmo dia, no Estádio da Serrinha.

O jogo – o Palmeiras conseguiu inaugurar o marcador aos 17 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de escanteio pelo lado direito, Gabriel Menino levantou a bola na área. Gustavo Gomez levou a melhor sobre a marcação e cabeceou para o fundo das redes.

Contra um adversário fechado, o Palmeiras procurou trocar passes, mas cometeu muitos erros. Luiz Adriano veio buscar o jogo e saiu bastante das imediações da grande área. O Goiás cresceu no jogo e fez Weverton trabalhar em chutes desferidos por Douglas Baggio e Daniel Bessa.

O time visitante chegou ao empate aos 39 minutos do primeiro tempo. Na entrada da grande área, Victor Andrade cavou falta de Patrick de Paula e o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior marcou de forma equivocada. Na cobrança, Rafael Vaz bateu por baixo da barreira e marcou.

Apesar do primeiro tempo sem criatividade do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo voltou do intervalo sem alterações. Logo no começo do etapa complementar, em um passe excelente, Luan deixou Luiz Adriano na cara do goleiro Marcelo Rangel, mas o centroavante bateu para fora.

Com um elenco vasto diante do desfalcado adversário, Luxa promoveu sua quinta e última alteração aos 25 minutos do segundo tempo. Pensando em aumentar o poder de fogo do Palmeiras, o treinador lançou mão do meia Lucas Lima e dos atacantes Rony e Wesley.

Sem criatividade, o Palmeiras procurou aumentar o volume de jogo durante os minutos finais e investiu em bolas alçadas na área. Nos acréscimos, em uma rara chance de gol, Marcos Rocha cruzou da direita e Rony cabeceou para grande defesa de Marcelo Rangel.

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: assessoria/arquivo)15/08/2020 22:37

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: