Palmeiras decide no primeiro tempo e abre vantagem sobre o Ceará por vaga na semifinal

image_pdfimage_print

O Palmeiras abriu uma boa vantagem na briga para alcançar as semifinais da Copa do Brasil na tarde desta quarta-feira.

Em sua sétima vitória seguida, com os dois times desfalcados, a equipe alviverde decidiu ainda no primeiro tempo e ganhou do Ceará por 3 a 0, no Allianz Parque.

Em um intervalo de apenas cinco minutos, o Palmeiras por meio de Gustavo Scarpa, Raphael Veiga e Gabriel Veron na etapa inicial. O árbitro Bráulio da Silva Machado chegou a assinar um pênalti para o Ceará no segundo tempo, mas anulou a marcação após rever o lance no monitor do VAR.

O segundo jogo está marcado para as 19 horas (de Brasília) de quarta-feira, no Castelão. Pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Ceará pega o Grêmio às 19 horas deste sábado, em Porto Alegre. Já o Palmeiras enfrenta o Fluminense às 21h30 do mesmo dia, no Allianz Parque.

O jogo – Depois de um começo com poucas oportunidades, o Palmeiras inaugurou o marcador aos 34 minutos do primeiro tempo. Escalado como lateral esquerdo, Gustavo Scarpa pegou a sobra após bate-rebate dentro da área e chutou cruzado para superar Fernando Prass.

O Palmeiras soube como explorar o momento favorável e aumentou três minutos depois. Gabriel Veron recebeu lindo lançamento de Danilo pela esquerda e cruzou rasteiro. Willian e Lucas Lima deixaram a bola passar para finalização certeira de Raphael Veiga.

Com o Ceará atordoado, o Palmeiras ainda marcou seu terceiro gol aos 39 minutos do primeiro tempo. Gabriel Veron recebeu de Zé Rafael pela esquerda, cortou para dentro e bateu colocado, procurando o ângulo oposto de Fernando Prass, que saltou e não conseguiu evitar o golaço do jovem atacante.

O Palmeiras desperdiçou uma grande chance de marcar o quarto gol logo no começo da etapa complementar. Em mais uma jogada pela esquerda, Gustavo Scarpa recebeu belo lançamento de Renan e cruzou para Willian. Livre, na cara de Fernando Prass, o atacante bateu por cima.

Aos 24 minutos do segundo tempo, Abel Ferreira sacou Lucas Lima para promover a estreia de Alan Empereur e o Palmeiras ficou com três zagueiros em campo. Pouco depois, Wescley recebeu de Fernando Sobral e bateu para fora na melhor chance do Ceará.

Aos 36 minutos, Bráulio da Silva Machado assinalou pênalti de Renan sobre Leandro Carvalho, mas, após rever o lance pelo monitor do VAR, anulou a marcação. Antes de voltar ao campo, porém, expulsou Abel Ferreira. Com uma vantagem confortável, o Palmeiras jogou de forma conservadora até o final.

Por:Gazeta Esportiva (foto: César Greco/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: