Palmeiras volta a sofrer gol nos acréscimos, mas busca empate contra o líder Inter

image_pdfimage_print

O confronto entre Palmeiras e Internacional, sonolento na maior parte do tempo, teve um inesperado final emocionante. Em cobrança de pênalti marcado com ajuda do VAR, o time colorado saiu na frente no Allianz Parque, mas a equipe da casa ainda conseguiu empatar por 1 a 1.

Com 16 pontos ganhos, três a mais do que o São Paulo, o Internacional permanece instalado no primeiro lugar do Campeonato Brasileiro. Já o Palmeiras contabiliza 10 pontos em seis partidas e figura no sétimo posto da tabela de classificação.

Pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, às 11 horas (de Brasília) deste domingo, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Red Bull Bragantino, no Estádio Nabi Abi Chedid. O Internacional, por sua vez, encara o Bahia às 16 horas do mesmo dia, no Beira-Rio.

O Jogo – Apesar das várias mudanças feitas pelo técnico Eduardo Coudet, o Inter conseguiu assustar primeiro no Allianz Parque. Após cobrança de escanteio da direita, Patrick ajeitou e finalizou de meia bicicleta. A bola saiu com perigo, à esquerda do gol de Weverton.

O Palmeiras também conseguiu criar uma única oportunidade de gol durante o primeiro tempo. Gabriel Menino cruzou da direita e Rodinei evitou a finalização de Luiz Adriano. Na sobra, de frente para o gol, Viña completou de fora da área e viu a bola sair por cima da meta de Marcelo Lomba.

A etapa inicial do confronto disputado no Allianz Parque foi de poucas emoções, já que os dois times sofreram para articular boas jogadas no campo de ataque. Os primeiros 45 minutos tiveram alguns lances duros, e o árbitro Wilton Pereira Sampaio mostrou quatro amarelos, dois para cada equipe.

Palmeiras e Internacional mexeram para o segundo tempo, já que Edenilson entrou no lugar de Praxedes e Rony substituiu Gabriel Menino, que tomou pancada no tornozelo durante a etapa inicial. O panorama da partida, porém, continuou igual.

O Inter levou algum perigo ao Palmeiras no segundo tempo por meio de jogada de bola parada. Em cobrança de falta, Boschilia bateu direto e o goleiro Weverton defendeu em cima da linha. Os atletas do time colorado reclamaram, mas VAR revisou o lance e não detectou gol.

Nos acréscimos, em cruzamento vindo da esquerda, a bola tocou no braço de Luan e o árbitro Wilton Pereira Sampaio Sampaio após ver o lance no monitor. Na cobrança, Thiago Galhardo converteu. Pouco depois, Gustavo Gomez cruzou da direita e Luiz Adriano completou de cabeça para empatar.

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: César Greco/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: