Pará foi Estado que mais gerou empregos no Norte

image_pdfimage_print

Bom desempenho foi registrado no 1º semestre e nos últimos 12 meses, segundo Dieese

Os trabalhadores do setor mineral paraense estão comemorando o bom desempenho na geração de empregos formais. Pesquisa recente do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) mostra que o setor fechou o primeiro semestre de 2014 com saldo positivo, que se repetiu no balanço dos últimos 12 meses. Nesse período o Estado foi o que gerou mais empregos no Norte, ao todo 140 postos.

No primeiro semestre de 2014, a maioria dos estados teve saldo positivo de emprego formal no setor. Ao todo houve 1.568 admissões, contra 1.527 desligamentos, gerando um saldo positivo de 41 postos. No ano passado, o saldo foi negativo, com menos 129 postos, resultado de 1.223 admissões, contra 1.352 demissões.

No Norte, a maioria dos Estados teve saldos positivos, sendo o maior Tocantins, com mais 66 postos, seguido do Pará, com mais 41. Também no mesmo período, Rondônia teve a maior perda de empregos, ao todo 67 postos, seguido do Amapá, com menos 24. No total foram 2.971 admissões, contra 2.945 desligamentos, gerando um saldo positivo de 26 postos de trabalho, com crescimento de 0,10%.

12 meses – O saldo positivo se repete no balanço dos últimos 12 meses, com crescimento de 0,75%. No período analisado, foram feitas no Estado 3.009 admissões, contra 2.869 desligamentos, gerando um saldo positivo de 140 postos de trabalho.

No Norte, a maioria dos Estados repetiu o desempenho, sendo o Pará o que melhor se destacou, com 140 postos, seguido do Amapá, com saldo positivo de 39 postos. Na outra ponta, o destaque negativo foi Rondônia, que perdeu de 157 postos, seguido do Amazonas, com menos 81.

Nos últimos 12 meses houve em todo Norte 5.812 admissões, contra 5.906 desligamentos, gerando um saldo negativo de 94 postos, com decréscimo de 0,37%

Fonte: ORMNews.

Publicado por Folha do Progresso fone para contato  Tel. 3528-1839 Cel. TIM: 93-81171217 e-mail para contato:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: