Paysandu empata com o Vila Nova pela Série C e aumenta seca de vitórias para quatro jogos

image_pdfimage_print

Papão recebeu o Tigre na noite deste domingo (18), no Estádio do Mangueirão  – (Foto:Cristino Martins / O Liberal)

Às vésperas de mais um jogo da série D do Brasileirão, entre Bragantino e Rio Branco, um incidente acabou prejudicando mais da metade da delegação acreana. Na madrugada deste domingo (18), vinte integrantes da delegação, entre comissão e jogadores, foram parar em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), todos com suspeita de intoxicação alimentar.

 A delegação chegou a Belém na noite de sexta feira (16), e foi recebida em um hotel com um “belo banquete” feito com exclusividade para atletas e comissão técnica do alvirrubro. Uma foto publicada nos perfis do Rio Branco nas redes sociais mostra o momento do jantar, assim como a placa de exclusividade do buffet.

Na manhã de sábado (17), a delegação seguiu para Bragança, município onde será a partida. Em postagem feita neste domingo nas redes sociais, o Rio Branco informou que vinte integrantes da delegação estão em uma UPA, em Bragança, todos com suspeita de intoxicação alimentar.

O clube informou ainda que já entrou em contato com a Confederação Brasileira de Futebol – CBF, e aguarda uma resposta sobre a partida marcada para a tarde deste domingo, onde enfrenta o Bragantino, time da cidade.

Ainda segundo a postagem, os jogadores que apresentam sintomas mais fortes são o goleiro Bruno e o meia Guilherme Campana; ambos acamados na UPA de Bragança.

AGENDA

O Rio Branco tem partida marcada para esta tarde, às 15h, contra o Bragantino, no Diogão, em Bragança, pela sétima rodada do grupo A1 da Série D do campeonato brasileiro. O Estrelão, aliás, está invicto na competição.

OCORRÊNCIA

Ao Oliberal.com, a diretoria do Rio Branco informou que registrou um Boletim de Ocorrência junto a Delegacia de Polícia Civil, sobre o caso.

Por:Andre Gomes

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: