PF destrói 350 mil pés de maconha e apreende 700 kg da droga durante operação no Maranhão

image_pdfimage_print

Helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA) em operação contra tráfico de drogas no Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Federal

Operação Muçambê III também foi realizada em área que faz divisa em que o estado faz divisa com o Pará. PF afirma que 150 toneladas da droga foram destruídas e ação foi a maior realizada nos últimos 13 anos no Maranhão.

Uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF), entre os dias 27 de julho e 07 de agosto, destruiu aproximadamente 350 mil pés de maconha, 60 mil mudas e apreendeu mais de 700 kg da droga pronta para consumo em municípios do Maranhão e do Pará. (Veja vídeos da operação acima)

A ação que contou com 70 agentes, foi realizada em conjunto com o Centro Tático Aéreo (CTA) da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBM-MA). Segundo a Polícia Federal, os pés de maconha estavam divididos em 97 plantações que equivalem a uma área de 145 mil metros quadrados.

Com a apreensão, a PF afirma que 150 toneladas de maconha deixaram de entrar no mercado do tráfico de drogas na região, se tornando a maior a operação de erradicação de maconha do Maranhão dos últimos 13 anos.

A ‘Operação Muçambê III’, foi realizada nos limites da Reserva Biológica do Gurupi com a Reserva Indígena do Caru, localizada entre os municípios de Buriticupu e Alto Alegre Pindaré, a 219 km de São Luís.

Além disso, a ação também ficou concentrada nos limites da Terra Indígena Alto Turiaçu, que compreende os municípios de Maracaçumé, Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão e Cachoeira do Piriá, município que faz divisa entre os estados do Pará e Maranhão.

maconha2

Plantação de maconha em Terra Indígena é incinerada no Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Federal

Operação Muçambê

O nome da operação é uma homenagem ao Muçambê, que é um pequeno arbusto da família das Caparidáceas, que por muitas vezes são nativas de zonas áridas, que são muito comuns na região da Caatinga nos estados do Nordeste.
maconha3
Ao todo, 350 mil pés de maconha foram destruídos pela Polícia Federal (PF) — Foto: Divulgação/Polícia Federal

Por G1 MA — São Luís, MA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: