Polícia apreende animais durante rinha de galos em Breves

image_pdfimage_print

Acusados vão responder por crime ambiental, segundo a polícia

Durante operação em Breves, na Ilha do Marajó, a Polícia Civil desarticulou um ponto usado na prática de rinha de galos de briga. Na avenida Melgaço, no bairro Aeroporto, policiais apreenderam galos vivos e mortos, além de acessórios usados na prática, com esporão, e seringa para aplicar hormônios nas aves. Doze homens e duas mulheres foram conduzidos para delegacia e vão responder por crime ambiental. As informações são da Polícia Civil nesta sexta-feira (30).

De acordo com o delegado Geraldo Pimenta Neto, da Superintendência da Polícia Civil em Breves, a ação resultou de um trabalho de investigação que levou à operação policial.

Uma das mulheres se identificou como dona da casa. Todos foram enquadrados em Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) por crime ambiental de maus tratos a animais e prática de rinha.  Depois de prestarem depoimentos, todos foram liberados e o processo segue para a Justiça.

Fonte: ORMNews.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: