Polícia atualiza para 49 o número de mortos no ataque em Orlando

image_pdfimage_print

O atirador teria sido contabilizado como vítima, segundo as autoridades

A polícia federal dos Estados Unidos (FBI) atualizou nsta segunda-feira (13) de 50 para 49 o número de mortos no massacre em Orlando, explicando que o atirador foi contabilizado no balanço oficial das autoridades.

“Penso que o atirador foi incluído no balanço, num determinado nomento. Nós não o incluímos como vítima”, disse Paul Wysopal, o agente do FBI encarregado da investigação, numa conferência de imprensa.

O atirador foi morto pela polícia quando entrou em confronto com os agentes da autoridade.

Os órgãos de comunicação social norte-americanos divulgaram que o presumível autor do tiroteio, identificado como Omar Mateen, de 29 anos, cidadão norte-americano de origem afegã, seria simpatizante do movimento terrorista Estado Islâmico (EI).

O FBI admitiu que Omar Mateen, que nasceu em Nova York, já tinha sido investigado, mas sem resultados, por eventuais ligações a um homem-bomba nos Estados Unidos.

Nesta segunda-feira (13) O grupo extremista EI reivindicou a autoria do tiroteio numa discoteca gay em Orlando, na Flórida, dizendo ter sido cometido por um “combatente do califado”.

“Deus permitiu ao irmão Omar Mateen, um dos soldados do califado na América, realizar uma ghazwa (termo islâmico para designar um ataque) durante a qual conseguiu entrar num clube noturno de sodomitas na cidade de Orlando e matar e ferir mais de 100 deles”, refere a informação transmitida pela sua rádio oficial.

O mais grave tiroteio em massa no país provocou, além da morte do atirador e das 49 vítimas fatais, mais de 50 feridos e está sendo investigado pelo FBI como um “ato terrorista”.

Por: Noticias ao Minuto

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)  (093) 35281839  E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: