Polícia Federal cumpre mais um mandado de prisão pela Operação S.O.S em Belém

image_pdfimage_print

Máquina de contar dinheiro encontrada por agentes da PF durante Operação SOS no Pará. — Foto: Reprodução / Polícia Federal

Manoel Rodojalma Medeiros de Lima foi identificado pelos outros investigados como uma espécie de “faz tudo” do esquema.

A Polícia Federal (PF) cumpriu neste sábado (3), em Belém, mais um mandado de prisão contra um suspeito de participar do esquema de desvio de verbas da saúde no governo do Pará, investigado pela Operação SOS. A prisão foi autorizada pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Falcão.

De acordo com a PF, Manoel Rodojalma Medeiros de Lima foi identificado pelos outros investigados como uma espécie de “faz tudo” do esquema.

Segundo as investigações, na casa de Manoel, os policiais federais apreenderam documentos que demonstram a relação dele com demais integrantes do esquema.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, na residência do suspeito também foi encontrado um contrato de compra e venda de uma aeronave no valor de R$ 6 milhões, no qual Manoel era o comprador. Segundo a PF, a operação seria incompatível com a condição financeira do investigado.

Investigação

No total, 11 pessoas foram presas. A operação S.O.S., que envolve o governador do Pará Helder Barbalho (MDB) e secretários do governo, cumpriu todos os 41 mandados de busca e apreensão expedidos no estado. O governador é um dos investigados e foi alvo de mandado de busca em seu gabinete.

Na casa de um dos suspeitos de envolvimento no esquema de fraude de licitações, Nicolas Moraes, foram encontrados R$ 467 mil em dólares, euros e reais, e carros avaliados em mais de R$ 3 milhões.

Os agentes estiveram desde o início da manhã em endereços ligados a empresários e servidores públicos estaduais. De 12 mandados de prisão temporária, sendo 10 no Pará, apenas um ainda está aberto pois o alvo está foragido.

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: