Polícia Federal incinera mais de 600 kg de drogas

image_pdfimage_print

Os produtos queimados são resultados de apreensões feitas em Santarém e Rurópolis
(Foto:  Divulgação/Polícia Federal) – A Polícia Federal incinerou 650kg de drogas na manhã desta quinta-feira (4) em Santarém, na região do baixo Amazonas, em uma cerâmica no bairro Ipanema. Em 2018, esta é a segunda incineração de entorpecentes apreendidos em operações da PF, com a primeira sendo feita em fevereiro com destruição de 430 kg. A maioria dos produtos queimados são da operação da Polícia Rodoviária Federal em Rurópolis, que resultou na apreensão de 500kg de drogas no dia 28 de setembro. O restante é resultado de ações da PF na região, com jurisdição de 21 municípios, e estavam em depósito aguardando a destruição.

A droga foi escoltada por agentes da PF até a cerâmica – local com fornos que podem ser controlados com filtros para emissão de fumaça tóxica. Seguindo o que prevê a lei para a destruição da droga, a Polícia Federal convidou a Vigilância Sanitária, o Ministério Público Federal e Estadual para acompanhar o procedimento.

Rota do tráfico

Santarém é rota do tráfico de drogas, seja pelos rios ou pelas rodovias, uma vez que fica entre as capitais dos estados do Amazonas e Pará – principais pontos de distribuição de drogas para o país e exterior.

“O que a gente acredita é que o trabalho integrado das polícias conseguimos diminuir um pouco mais essa movimentação na região. Mas, Santarém realmente deixar de rota vai ser difícil”, disse o delegado Ricardo Rodrigues.

Pelos rios a maioria das apreensões de droga no interior do estado ocorre no porto de Óbidos, no rio Amazonas, um dos principais corredores de entrada e saída de droga no Pará.
drog pff
Combate

Por meio da Operação Sentinela, a PF consegue barrar e combater o transporte feito em embarcações, como barcos e até navios que saem principalmente do estado do Amazonas com direção a Belém e cidades ao entorno. Óbidos é passagem obrigatória e ponto estratégico das ações da polícia.

Na BR-163, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem intensificado as fiscalizações. Em todas as cidades do oeste paraense, as polícias Civil e Militar também reforçam o trabalho de combate ao tráfico, que resultam em grandes apreensões.

Denúncias e investigações levam a polícia a encontrar droga escondida em latarias de veículos e com passageiros de ônibus que viajam para outras regiões do estado
Por: Redação Integrada ORM 4 de Outubro de 2018 às 14:20
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP – JORNAL FOLHA DO PROGRESSO no (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: