Primeiro título de registro no Serviço de Inspeção Estadual é concedido pela Adepará no Baixo Amazonas

image_pdfimage_print

Primeiro título de registro no Serviço de Inspeção Estadual é concedido pela Adepará no Baixo Amazonas — Foto: Reprodução

Título foi concedido a granja avícola na terça-feira (22) e possibilita a abertura de novos mercados, agregação de valor ao produto, geração de empregos diretos e indiretos.

Foi concedido pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) o primeiro de registro no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) do Baixo Amazonas. O registro foi concedido a uma granja agrícola, que, a partir de agora, poderá expandir o comércio para todos os municípios paraenses, alavancando o potencial granjeiro da região.

O SIE vai possibilitar a abertura de novos mercados, maior agregação de valor ao produto, geração de empregos diretos e indiretos em uma cadeia que é extremamente extensa, bem como geração de renda e circulação de recurso local.

A granja produz mais de dois milhões de ovos por mês, gerando 25 empregos diretos e mais de 50 indiretos. De acordo com o diretor-geral da Adepará, Jamir Macedo, o registro da avícola no serviço de inspeção é um marco para o desenvolvimento do setor produtivo local.

“Poderá haver o estímulo dos produtores locais a desenvolverem a produção de aves de postura, justamente porque agora eles vão ter um local que vai receber esses ovos e poderá escoar a produção”, ressaltou o diretor.

Regulamentação

O Serviço de Inspeção Estadual tem a finalidade de inspecionar, fiscalizar e controlar aspectos higiênico-sanitários dos produtos, assim como cadastrar e credenciar estabelecimentos que comercializam e realizam atividades de produção, armazenamento e beneficiamento de produtos de origem animal.

Conforme a Adepará, o setor é essencial para o agronegócio, pois garante aos consumidores paraenses alimentos seguros, reduzindo o risco de infecções e toxinfecções alimentares. O registro no SIE contribui diretamente para o combate à clandestinidade, ao incentivar que os estabelecimentos atendam à legislação vigente e, assim, ampliem o mercado para seus produtos.

Por G1 Santarém — Pará

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: