Quase 700 mil servidores públicos receberam auxílio irregularmente

image_pdfimage_print

Na lista estão funcionários da União, dos Estados e municípios, um prejuízo aos cofres do país calculado em R$ 4 bilhões – (Foto:Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

O ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, divulgou nesta quinta-feira, 20, que aproximadamente 680 mil servidores públicos – entre funcionários da União, dos Estados e municípios – receberam o auxílio emergencial irregularmente, de acordo com levantamento do órgão.

O benefício foi pago pelo governo federal para trabalhadores informais e desempregados durante a pandemia de covid-19. O chefe da CGU calcula em R$ 3 bilhões a R$ 4 bilhões o total de recursos obtidos indevidamente. No caso dos servidores públicos federais, a CGU anunciou vai processá-los. Para quem devolveu o dinheiro, será assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

A informação foi dada por Rosário ao lado do presidente Jair Bolsonaro durante transmissão nas redes sociais. O ministro ponderou que, entre os benefícios irregulares, há quem teve o nome usado ilegalmente por outra pessoa. Bolsonaro, porém, disse acreditar que a maioria dos servidores que receberam o auxílio fez o pedido por conta própria.

“Número assustador, né? Apesar de ter nomes usados, com toda certeza a grande maioria não, (o servidor) entrou lá”, declarou Bolsonaro. De acordo com Rosário, já foram recuperados R$ 117 milhões de benefícios pagos irregularmente. Esse dinheiro, declarou, volta ao Tesouro Nacional para o pagamento dos benefícios regulares.

Por:Agência Estado

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: