Receita Federal apreende seis quilos de drogas no aeroporto de Belém

image_pdfimage_print

A carga de skunk foi encontrada na bagagem de um passageiro, acompanhada de outros produtos orgânicos. A droga é conhecida com super maconha.

Durante procedimento de fiscalização aduaneira em voo proveniente de Manaus, a equipe de plantão da Alfândega da Receita Federal no aeroporto de Belém apreendeu seis quilos de uma droga conhecida como skunk, de acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira (28). O entorpecente é uma espécie híbrida originária da planta cannabis, com efeitos potenciais mais intensos que a maconha comum, também chamada de super maconha.

De acordo com a RF, a droga iria para a cidade de São Paulo. A carga foi encontrada na bagagem de um passageiro, acompanhada de outros produtos orgânicos, no último sábado (26). Após os procedimentos administrativos da Receita Federal, o infrator foi encaminhado à Polícia Federal para dar continuidade às investigações.

Apreensões

A Receita Federal ressaltou que esta é a quinta apreensão de skunk realizada somente em 2017 no aeroporto internacional de Belém. Ao todo já foram apreendidos 40 quilos da droga.

Fonte: G1 PA.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: