Remo segura a vantagem e conquista o Parazão 2014

image_pdfimage_print
Paysandu abriu 2 a 0, mas o Leão se segurou e garantiu o título

 

Após um primeiro jogo com placar inesperado por muitos, o Leão podia até perder por dois de diferença para conquistar o título do Parazão contra o Paysandu. Os bicolores bem que tentaram, abriram 2 a 0, mas os azulinos tiveram o regulamento a favor e conquistaram o título local depois de seis anos.

O Clube do Remo entrou em campo com sistema defensivo, com três volantes, e o Paysandu soube tirar proveitou. Os dois gols foram marcados no primeiro tempo. Aos oito minutos, o atacante Dennis chutou no ângulo de Maicky Douglas.  Depois, aos 25 minutos, foi Yago Pikachu que colocou a bola para a rede. O Leão segurou a vantagem até o final.

Com a conquista do título, o Remo acumula 43 Campeonato Paraense na conta, dois a menos que o Paysandu, que segue com 45 taças. Os azulinos estão garantidos no Campeonato Brasileiro da Série C e Copa do Brasil 2014.

1º Tempo: Papão na frente – O Mangueirão iniciou o clássico final do Parazão com o torcedor azulino em maior número e mais aceso nas arquibancadas. Porém, foi o torcedor do Paysandu que teve motivos para comemorar e ficar feliz com a exibição do clube do coração nos primeiros 45 minutos de partida.
Com mais disposição ofensiva nos primeiros minutos, a equipe do técnico Mazola Júnior para cima desde o apito inicial do árbitro Heber Roberto Lopes, que ainda chegou a expulsar o treinador bicolor após uma série de palavrões direcionados ao responsável em aplicar a regra no gramado. A expulsão de Mazola, entretanto, deu mais ‘pilha’ aos jogadores.

O Paysandu dominava e ao contrário de outros clássicos conseguiu materializar a oportunidade com bola na rede. Aos oito minutos, Lima fez o pivô e sofreu falta na entrada da área. Dennis pediu a preferência da cobrança e mandou no ângulo do goleiro Maicky Douglas, que nada pôde fazer.

O gol não diminuiu a vontade dos atletas de camisas listradas, que continuavam com superioridade técnica. O Remo, com três volantes, não criava nada, sendo preza fácil para os jogadores de defesa do Paysandu. Aos 25 minutos, novo prêmio pela busca pelo gol. Dessa vez, após cruzamento, a zaga tentou cortar, mas a redonda sobrou à feição para Yago Pikachu, que dominou e chutou no canto. 2 a 0.

O segundo gol do Paysandu, sim, fez o time tirar o pé do acelerador e se preocupar com a defesa. O Remo, por outro lado, passou a chegar com mais freqüência nas proximidades da área defendida pelo goleiro Paulo Rafael. O Leão explorava sempre a velocidade do atacante Rony, mas o volante Ricardo Capanema estava implacável e não deu espaços ao garoto.

No final do primeiro tempo, jogadores saindo para os vestiários sob vaias de um lado e aplausos do outro.

2º Tempo: Leão se segura e fatura o Parazão – O segundo tempo teve mudanças de postura e de atletas. O Leão foi quem mexeu primeiro. Receoso com o terceiro gol do rival, o técnico Roberto Fernandes promoveu as entradas do volante Jhonnatan e do meia Ratinho.

E o Remo melhorou com as mudanças táticas e chegou bem perto e conseguir o primeiro gol. Após uma série de cobranças de escanteio, a bola sobrou com Levy, que cruzou e o garoto Rony usou a cabeça para finalizar, mas parou no toque do goleiro Paulo Rafael e na trave. A torcida soltou o grito ‘Uh’ da garganta.

Depois disso o Paysandu sofreu para passar pelo sistema defensivo do Clube do Remo, mas conseguia sempre pelas laterais do campo, seja com Yago Pikachu ou Leandro Carvalho, que entrou no segundo tempo, na direita e esquerda, respectivamente.

Zé Antônio, predestinado da decisão do segundo turno do campeonato local, também teve as suas oportunidades, principalmente com as penetrações na área remista, mas não teve a mesma felicidade nas conclusões contra a meta de Maicky Douglas.

No final, depois de muito ‘lá e cá’, o Remo fez o suficiente para conquistar o resultado que lhe interessava, mesmo com a expulsão de Alex Ruan, em lance envolvendo o volante Ricardo Capanema, sacramentando o 43º título Paraense da história azulina.

Por: Redação ORM News

Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-81171217 e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: