Seap libera visitas familiares em 49 unidades prisionais do Estado

image_pdfimage_print

A partir de agora, o percentual de abertura aumentará 10% a cada mês, até que 100% da população privada de liberdade voltem a ter contato direto com os familiares  – (Foto:Reprodução)

Como resultado das medidas de prevenção à Covid-19 adotadas pela Secretaria de Estado de Administraçao Penitenciária (Seap), mais 11 casas penais estão liberadas para visitas familiares a partir desta segunda (26) até a sexta-feira (30).

Agora, são 49 unidades inclusas no cronograma de visitas elaborado pela Seap, faltando apenas a Central de Triagem da Marambaia (CTM), em Belém, onde o acesso de parentes aos presos permanece suspenso por se tratar de uma porta de entrada do sistema penal  A medida é necessária para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Em agosto, quando as primeiras unidades prisionais foram abertas para visitação, apenas 16 conseguiram liberação. Já em setembro, esse número passou para 38 unidades, e este mês, chegou a 49. Para evitar aglomerações e tornar possível a análise gradual de mudanças da situação epidemiológica no sistema penitenciário, as casas penais estão abrindo com 50% do número de custodiados beneficiados com a visita e cadastramento de familiares. A partir de agora, o percentual de abertura aumentará 10% a cada mês, até que 100% da população privada de liberdade voltem a ter contato direto com os familiares.
Plano de Contingência

O Pará foi um dos primeiros estados brasileiros a liberar o contato familiar presencial em unidades prisionais. O Plano de Contingência elaborado e executado pela Seap contribuiu para que nenhum óbito ocorresse entre os custodiados do Estado. O número de contaminados pelo novo coronavírus também foi pequeno em comparação ao total de internos. Por isso, as visitas começaram a ser liberadas gradativamente.

Por:Redação Integrada

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: