Reabertura gradual de atividades econômicas começa nesta segunda

A retomada gradual começa em 47 municípios paraenses, da Região Metropolitana de Belém, Marajó Oriental, Baixo Tocantins e Região do Araguaia. (Foto:Igor Mota / O Liberal)

Começa a vigorar nesta segunda-feira (01), o Decreto Estadual nº 800, de 31 de maio de 2020, publicado em edição extra do Diário Oficial deste domingo, que estabelece a reabertura, com protocolo de higiene e medidas de distanciamento, de algumas atividades econômicas, em 47 municípios paraenses, da Região Metropolitana de Belém, Marajó Oriental, Baixo Tocantins e Região do Araguaia.

Entre os setores que podem voltar a funcionar, nessas regiões, estão concessionárias, escritórios, comércio de rua, shopping center, salões de beleza e barbearias, indústria, construção civil e igrejas. Os municípios, porém, devem definir por decreto normas mais específicas, como horários de funcionamento.

As medidas fazem parte do programa RETOMAPARÁ, instituído pelo mesmo decreto, e que prevê o retorno de segmentos econômicos de forma gradativa por meio da aplicação de medidas de distanciamento controlado e protocolos específicos, e observando a classificação por nível de risco de cada região (baseando-se nas regiões de regulação de saúde).

A RMB e mais as regiões do Marajó Oriental, Baixo Tocantins e Araguaia estão incluídas na zona de bandeira laranja, onde devem ser adotadas medidas de manutenção das atividades essenciais, com flexibilização de alguns setores econômicos e sociais, desde que mediante o cumprimento de protocolos alinhados entre Estado e Municípios. Esta zona de bandeira laranja é definida pela capacidade hospitalar em risco e/ou evolução da doença em fase de atenção.

Fazem parte da RMB, Marajó Oriental e Baixo Tocantins os municípios de Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba, Santa Bárbara do Pará, Acará, Bujaru, Colares, Concórdia do Pará, Santa Isabel do Pará, Santo Antônio do Tauá, São Caetano de Odivelas, omé-Açu, Vigia, Afuá, Cachoeira do Arari, Chaves, Muaná, Ponta de Pedras, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista, Soure, Abaetetuba, Baião, Barcarena, Cametá, Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Moju e Oeiras do Pará.

Já a região do Araguaia é formada por Água Azul do Norte, Bannach, Conceição do Araguaia, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D’arco, Redenção, Rio Maria, Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara.

Em entrevista ao Jornal Liberal (JL1), na tarde deste sábado (30), o prefeito Zenaldo Coutinho afirmou não concordar que Belém tenha sido incluída junto à Região do Marajó Oriental e do Baixo Tocantins na análise do programa. Para ele, isso reduziu o conceito da possibilidade de abertura em Belém. Segundo o gestor, Belém poderia ficar em um nível de menor risco, dado a RMB estar melhor aparelhada. No entanto, por estar junto com as outras duas regiões que não estão estruturadas para o combate ao novo coronavírus, a capital acabou ficando no nível médio de risco.

VERMELHA

Conforme a segmentação regional do Projeto RETOMAPARÁ, as outras seis regiões paraenses (Marajó Ocidental, Nordeste, Baixo Amazonas, Xingu, Carajás e Tapajós) não estão aptas a essa retomada gradual da economia, por se encontrarem na área de bandeira vermelha, de alerta máximo, definida pela capacidade hospitalar em risco e/ou evolução acelerada da contaminação. Os municípios dessas áreas devem resguardar o exercício e o funcionamento das atividades públicas e privadas essenciais. Porém, permanecem fechado shoppings, escritórios, canteiros de obras e estabelecimentos comerciais não essenciais, entre outros segmentos.

“Nós não estamos liberando vida normal. Estamos dizendo que das oito regiões de saúde do Estado, seis alto risco mantém fechado tudo que não é essencial. E duas regiões apenas abrem-se alguns itens, muito poucos, com protocolo muito rígido”, declarou o governador Helder Barbalho, em coletiva realizada na última sexta-feira, para anunciar o RetomaPará.

OUTRAS REGRAS

Pelo decreto publicado neste domingo, permanecem suspensas as aulas presenciais das escolas da rede de ensino público e privado no estado. Continua suspenso, ainda, o o transporte coletivo interestadual de passageiros, terrestre, marítimo e fluvial, ficando liberado apenas o transporte de cargas.

As autoridades de trânsito e órgãos autuadores estão autorizados a aceitar excepcionalmente documentos de habilitação e veicular expedidos pelo Departamento de Trânsito do Estado do Pará (DETRAN/PA) com validade expirada desde 20 de março de 2020.

Além disso, está proibido, no território do Estado do Pará, até 16 de junho de 2020, o corte de serviços essenciais à população, entre eles energia elétrica, fornecimento de água e serviço residencial de acesso à internet.

PROTOCOLOS

O projeto RetomaPará foi definido segundo a capacidade de resposta do Sistema de Saúde e os níveis de transmissão da Covid-19, estando baseado em estudos científicos feitos pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal Rural da Amazônia. As normas de retomada de atividades econômicas, publicadas neste domingo, vêm acompanhadas de um protocolo sanitário que busca, de maneira geral, a proteção no contato social, higiene pessoal, limpeza e higienização de ambientes, comunicação e monitoramento de condições de saúde.

Em todas as regiões do estado, por exemplo, deve-se manter a demarcação de áreas de fluxo para evitar aglomerações, que minimiza o número de pessoas no mesmo ambiente e garante o distanciamento de 1,5 metros.

É preciso ainda reduzir o número de trabalhadores alocados em determinada área, em 30% para as regiões de bandeira laranja e 40% de bandeira vermelha. Nas instituições religiosas, a ocupação nos municípios de bandeira laranja será de 30% conforme a capacidade do local, limitando o público a 200 pessoas. Já nos de bandeira vermelha, a ocupação será de 15% da capacidade da instituição, limitando-se a 100 pessoas.

Em todos os casos, fica estabelecido o afastamento do trabalho das pessoas do chamado grupo de risco; deve-se priorizar o modelo de trabalho remoto, e as reuniões presenciais não devem passar de dez pessoas.

São considerados grupos de risco pessoas com idade igual ou superior a 60 anos; Cardiopatias graves ou descompensados (insuficiência cardíaca, cardiopatia isquêmica); doenças pulmonares graves ou descompensados (asma moderada/grave, DPOC); Doenças renais crônicas em estágio avançado (graus 3, 4 e 5); Diabetes mellitus, conforme juízo clínico; Doenças cromossômicas com estado de fragilidade imunológica; Gestação e Puerpério; Pessoas com deficiências e cognitivas físicas; Estados de imunocomprometimento, devido o uso de medicamentos ou doenças, incluindo os portadores de HIV/Aids e neoplasias; Doenças neurológicas.

PENALIDADES

Quem descumprir as normas está sujeito a sanções como advertência; Multa diária de até R$ 50 mil para pessoas jurídicas, a ser duplicada por cada reincidência; Multa diária de R$ 150 para pessoas físicas, MEI, ME, e EPP’s, a ser duplicada por cada reincidência; e Embargo e/ou interdição de estabelecimentos.

DECRETOS MUNICIPAIS

Cada Município deve se guiar pela bandeira vigente na região de regulação de saúde que integra para fixar normas de distanciamento social compatíveis com o grau de risco indicado periodicamente pelos órgãos estaduais, por meio de Decreto Municipal, podendo adotar medidas locais mais apropriadas. Conforme o Decreto Estadual publicado neste domingo, havendo conflito entre as normas de distanciamento social previstas pelo Estado ou Município, prevalece as medidas mais rígidas e restritivas.

Os horários de funcionamento dos estabelecimentos e segmentos econômicos e sociais autorizados a retomar suas atividades, também serão fixados pelos municípios, preferencialmente de modo a evitar aglomerações no transporte público.

Por:Keila Ferreira

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/doze-mil-bolsas-de-pesquisas-tem-prazo-prorrogado-pela-capes/

 

 

 




Polícia apreende 19 armas de fogo e munições em kitnet em Ananinduea, na Grande Belém

O local foi localizado por denúncias anônimas. Além das armas, 23 canos de armas, 15 coronhas, 30 munições e oito estojos de munição foram apreendidos.

Armas apreendidas durante operação em Ananindeua — Foto: Polícia Militar

A Polícia Militar apreendeu 19 armas de fogo e munições na última quarta-feira (27), durante uma operação em um kitnet no bairro do 40 Horas, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. A apreensão do material foi realizada durante a operação ‘Impacto’, deflagrada pela Polícia Militar.

De acordo com a PM, uma denúncia anônima informou que no kitnet havia uma movimentação suspeita com pessoas conversando sobre armas de fogo. No local, foram encontradas 19 armas de fogo, 23 canos de armas, 15 coronhas, 30 munições e oito estojos.

No momento da abordagem, ninguém foi encontrado no local. O material foi apreendido e conduzido para a Seccional da Cidade Nova, para a realização dos devidos procedimentos legais.
Por G1 PA — Belém
28/05/2020 17h15
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/censo-escolar-2020-sofre-alteracao-no-calendario-por-conta-da-pandemia/

 




Homem invade motel de Belém e atira no amante da esposa

Foto Crédito: Reprodução/Google Maps – Um homem ainda não identificado manteve a esposa refém em um motel localizado no bairro Guanabara, em Ananindeua, e atirou em seu suposto amante. Segundo uma fonte da Polícia Civil (PC), o marido invadiu o estabelecimento e encontrou a esposa no local. Segundo essa fonte ainda, o acusado pelos tiros e por fazer a esposa de refém seria um ex-soldado do Exército.

Ainda de acordo com as informações, a traição teria sido descoberta após o ex-soldado colocar um GPS no carro em que a esposa estava, e, pelo rastreio, ele constatou que o veículo estava parado dentro de um motel, na noite desta quarta-feira, 27. Ele invadiu o quarto e disparou dois tiros, que atingiram a região da lombar e o braço do amante.
Após ser baleado, a vítima correu sem roupa pela parte interna do motel, e para tentar se proteger ele invadiu um quarto, se trancou e só saiu depois que as viaturas da Policia Militar (PM) chegaram no local.
A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e levou a vítima com vida a um hospital de Belém, mas ainda não se tem informações de seu estado de saúde.
A negociação para que o acusado liberasse a esposa e se entregasse durou cerca de uma hora, e foi necessário que seu irmão e sua filha fossem até o local. Com o acusado ele foi apreendido uma arma com sete munições intactas, outras cinco munições intactas, totalizando 12, tendo sido duas deflagradas, sendo ele levado logo em seguida para delegacia da Sacramenta para os procedimentos cabíveis.

Por:Roma News
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/ministerio-da-educacao-destinara-livros-didaticos-a-alunos-da-educacao-infantil/

 




Documento oficial do Governo do PA informa retomada do serviço público

Documento do governo do Pará indica retomada do serviço público no estado. — Foto: Reprodução

Assinado pela Seplad, o informativo indica datas para retomada das atividades e dá orientações sobre a Covid-19 aos servidores e colaboradores.

Um documento da Secretaria de Planejamento e Administração do Pará (Seplad) circulou pelas redes sociais, nesta quarta (20), informando o cronograma de retorno das atividades em órgãos públicos do Estado e com orientações sobre a Covid-19 aos servidores e colaboradores. O informativo é oficial, segundo a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom).

Nesta quarta, o governo estadual informou que a região metropolitana não deve permanecer em lockdown (bloqueio total) a partir do domingo (24). Segundo a decisão, a reaberturas de estabelecimentos devem ocorrer de forma gradual. O governo ainda não decidiu prorrogar o decreto em outros municípios.

Cidades que estão em ‘lockdown’, por decreto do Estado, até 24 de maio:

   Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Castanhal, Santa Isabel do Pará, Santa Bárbara do Pará, Breves, Vigia, Santo Antônio do Tauá, Cametá, Canaã dos Carajás, Parauapebas, Santarém, Abaetetuba e Capanema.

Cronograma e orientações

De acordo com o documento da Seplad, diretores e coordenadores dos órgãos devem retornar na próxima segunda (25) e os demais servidores o dia 1º de junho. O atendimento ao público só deve voltar no dia 8 de junho e funcionar das 8h às 14h.

A Seplad determina que pessoas do grupo de risco e acima de 60 anos não retornem ao trabalho, ou permaneçam no trabalho em casa, e que somente o setor administrativo da área da educação retorne às atividades.

Decreto regula viagens de servidores

O documento também estabelece algumas regras gerais para retomada gradual dos servidores à normalidade, entre elas estão:

manter a distância de, no mínimo, 1,5 metro;

uso de máscaras;  

higienização pessoal e nos locais de trabalho;  

manter distanciamento individual;  

que os órgãos ofereçam máscaras e disponibilizem material para higienização;

que os órgãos identifiquem servidores e colaboradores do grupo de risco e informem quem pode permanecer em trabalho remoto ou em isolamento;  

manter fechadas as áreas de convivência;  

demarcar posicionamento das pessoas em filas;  

identificar os ambientes de trabalho com espaços inadequados ao distanciamento, promover revezamento de turnos e de local de trabalho; 

definir nova limitação para uso de elevadores;  

evitar aglomeração de pessoas; reunião com mais de dez pessoas e em locais fechados e viagens não essenciais; 

comunicar caso servidores sintam algum sintoma da Covid-19, expor cartazes de prevenção e orientações sobre a Covid-19.

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-do-pedagogo-profissionais-buscam-adaptacao-durante-a-pandemia/

 

 

 




Ajudante de pedreiro foi morto com 5 tiros após ter a casa cercada por quatro homens

O local em que o crime aconteceu, ontem de madrugada, estava deserto instantes depois da meia-noite. (Foto: | Wagner Santana)

O ajudante de pedreiro Alessandro Carvalho de Almeida estava em sua casa, na companhia da esposa, no bairro de Águas Lindas, em Ananindeua, quando foi morto a tiros ontem de madrugada. Ele morava na Estrada de Águas Lindas e, instantes após a meia-noite, não havia mais ninguém na rua, nem ele. O clima soturno deu brecha para um grupo de quatro pessoas tomarem o trecho, até cercarem o imóvel da vítima. Um dos criminosos sacou a arma e, sem dó nem piedade, disparou cinco vezes, sem a menor defesa para Alessandro.

A vítima caiu ali mesmo, diante das lágrimas da viúva. Os algozes fugiram do local sem deixar pistas e seguem foragidos. Coube à companheira, Luciane Campos Silva, registrar o crime, na delegacia na Seccional da Cidade Nova. Ao delegado, ela disse desconhecer os motivos da execução.

“Eu sabia que ele era usuário de drogas, mas desconhecia qualquer tipo de inimizade, se ele estava devendo alguém ou se vinha sendo ameaçado de morte”, revelou ela. O corpo foi removido pela manhã e levado ao Instituto Médico Legal. A polícia investiga quem seriam os autores do crime e sua motivação.

CURUÇAMBÁ

Por volta das 9h30 da manhã de ontem, outro homicídio assustou os moradores de Ananindeua, na Grande Belém. José Raimundo Soares do Nascimento recebeu sete tiros à queima-roupa, e morreu próximo de sua residência, na passagem São José, bairro do Curuçambá. Segundo a esposa, ele foi morto por conta da “desavença” com funcionários de uma empresa, que o ameaçaram após uma discussão.

O fato que originou a desavença teria ocorrido no dia 29 de abril. Três vizinhos teriam jogado entulhos próximo à residência de José. Ele reclamou e registrou em seguida um Boletim de Ocorrência. E então ele teria sido ameaçado. Até que na manhã de ontem, ao sair de casa para levar o pássaro de estimação ao mato, Raimundo foi morto por dois homens.

“Esses indícios não podem ser conclusivos. Foram baseados no depoimento da esposa da vítima. Vamos ouvir as partes, as pessoas acusadas, os proprietários do terreno no qual a vítima foi cercada. Vamos atrás dos culpados, pois o José foi morto de forma violenta, era uma pessoa do bem e conhecida por todos aqui do bairro”, conta o delegado Renato Wanghon, da Seccional do Paar.

Equipes da Polícia Militar, através do tenente Correa, e da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, através do delegado Guilherme, foram até o local fazer o levantamento do crime. até o momento, nenhum suspeito foi preso.

Autor: Luiz Guilherme Ramos;quinta-feira, 21/05/2020, 09:17
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-do-pedagogo-profissionais-buscam-adaptacao-durante-a-pandemia/




Membro de facção criminosa é preso em Ananindeua

Leandro Pereira Fernandes, conhecido como “Verdinho”, foi preso por tráfico de drogas e homicídio (Foto:Reprodução)

A Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira (11), Leandro Pereira Fernandes, conhecido como “Verdinho”, “Playboy” ou “Leco”, de 37 anos, no bairro do Atalaia, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. Contra ele havia cinco mandados de prisão preventiva expedidos, pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas. A esposa dele também foi presa, acusada de praticar os mesmos crimes.

“Importante destacar que leandro é um criminoso de extrema periculosidade, integrante de uma facção criminosa, na qual exerce relevante função em sua estrutura organizacional, notadamente como conselheiro geral e final das missões”, afirmou o delegado-geral Alberto Teixeira.

De acordo com a polícia, no momento das prisões, Leandro se identificou como Lucas José dos Santos, apresentando certidão de nascimento e carteira de identidade com o nome falso. Porém, em seguida, ele confessou que os documentos eram falsos.

Imediatamente a equipe policial deu voz de prisão a Leandro pelo crime de uso de documento falso, no qual foi autuado em flagrante delito. Após os trâmites, o preso foi encaminhado para o Centro de Triagem da Marambaia, onde se encontra à disposição da justiça

Fonte:Redação Integrada

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/enem-2020-inep-disponibiliza-versao-em-libras-do-edital/

 

 

 




Detran fará operações para fiscalizar cumprimento do ‘lockdown

Operações para bloqueio de vias serão em parceria com a Polícia Militar e Arcon, além dos próprios municípios envolvidos, com guardas municipais e órgãos de trânsito. (Foto:Ascom / Detran PA)

Medida, que valerá a partir desta quinta-feira (7), será em 10 municípios paraenses

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran do Pará) é um dos órgãos que estará empenhado na fiscalização para cumprimento do decreto estadual de lockdown (bloqueio total), que começará a valer a partir desta quinta-feira (07), em Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara, Santa Izabel e Castanhal, e mais Santo Antônio do Tauá, Vigia e Breves.

A fiscalização será realizada com operações montadas para bloqueio de vias, em parceria com a Polícia Militar e a Arcon, além dos próprios municípios envolvidos, com guardas municipais e órgãos de trânsito.

Aos residentes desses locais serão permitidas saídas apenas para quem atue ou busque serviços essenciais, com a devida comprovação, como explicou o diretor geral do Detran PA, Marcelo Guedes.

“A pessoa que precisar sair de casa terá que, obrigatoriamente, portar um documento com foto. E para quem trabalha em serviço essencial, é preciso estar com a sua carteira profissional ou então com uma declaração, comprovante funcional”, destacou.

Segundo o Detran PA, é importante frisar que essa necessidade de comprovação de que está na rua por um serviço essencial é válida não apenas para os veículos de passeio, mas também para os usuários de transportes coletivos, que também serão alvo de fiscalização quanto ao uso de máscaras e ao respeito à determinação de não se admitir passageiros em pé.
Fechamento das ruas

Sobre o fechamento das ruas, Marcelo Guedes explica que as barreiras não serão fixas, justamente para que o órgão possa estar presente com a sua fiscalização no maior número possível de localidades, em especial nas vias arteriais dentro dos bairros.

“O objetivo é salvar vidas e para isso precisamos restringir ao máximo a circulação de pessoas pela cidade para que elas fiquem em segurança. Vamos fazer essa fiscalização de forma intensa e com uma mobilidade que nos permita atender à toda a população”, explicou o diretor.

Serviços do Detran PA

O Detran terá atividades ainda mais restritas a partir de agora. A impressão de documentos como a Carteira Nacional de Habilitação e o Certificado de Registro de Veículos está suspensa por tempo indeterminado. Sendo assim, os usuários precisarão esperar pelo retorno das atividades para receber sua CNH.

Sobre a renovação de CNH, os documentos que venceram de 19 de fevereiro para cá ainda poderão ser utilizados normalmente pelos condutores.

No caso do licenciamento de veículos, basta acessar o site do órgão para emitir o boleto e pagar a taxa, portando o comprovante de pagamento para apresentação em caso de abordagem.

O atendimento presencial na sede da autarquia, em Belém, nas Ciretrans (Circunscrições Regionais de Trânsito) e nos postos avançados também segue suspenso, assim como o atendimento pelas clínicas médicas e psicológicas credenciadas pelo órgão, dos Centros de Formação de Condutores (CFCs), capacitadoras e outras credenciadas que dependem dos sistemas do Detran.

O prazo para os processos de habilitação de candidato permanecerem ativos foi ampliado para 18 meses, incluindo processos administrativos em trâmite. Também ficam interrompidos, por tempo indeterminado, os prazos para apresentação de defesa de autuação, recursos de multa, defesa processual, recursos de suspensão do direito de dirigir e cassação do documento de habilitação.

“Infelizmente, vamos ficar com uma demanda represada e pedimos a compreensão dos usuários, mas essas medidas se fazem necessárias em virtude do combate à proliferação do vírus. A saúde e a segurança das pessoas está em primeiro lugar”, completou Marcelo Guedes.

Por:João Thiago Dias / Com informações da Agência Pará

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/semana-nacional-da-matematica-conheca-a-programacao-preparada-pelo-impa/

 

 

 




Pará terá lockdown em 10 cidades a partir de quinta-feira (7)

Medidas vão valer em Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Castanhal, Santa Izabel, Santa Bárbara, Breves, Vigia e Santo Antônio do Tauá (Foto:Bruno Cecim / Agência Pará)

O governador Helder Barbalho, após anúncio em redes sociais, decretará um conjunto de medidas para intensificar o isolamento social e limitar a circulação de pessoas no Pará, grupo de ações já conhecidas como “lockdown” (bloqueio de emergência).

O decreto, a ser assinado ainda nesta terça-feira (5), estabelece determinações para dez cidades: Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Castanhal, Santa Izabel, Santa Bárbara, Breves, Vigia e Santo Antônio do Tauá.

O critério para determinar quais cidades serão atingidas pelo decreto será o das que apresentam números de casos confirmados de novo coronavírus 50% superiores à média estadual.

Nas cidades sob o decreto, será permitida somente a circulação de pessoas que estejam se dirigindo a algum dos serviços essenciais previstos pela medida, com a limitação de apenas uma pessoa por veículo.

Por:Redação Integrada com informações da Veja

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/semana-nacional-da-matematica-conheca-a-programacao-preparada-pelo-impa/

 

 

 




Hospitais Metropolitano e Galileu começam a atender pacientes com a Covid-19

Unidades reforçam medidas de prevenção e atendimento para atender pacientes regulados pela SESPA

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, e Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém, unidades gerenciadas pela Pró-Saúde no Pará, iniciaram o atendimento de pacientes com o novo coronavírus (Covid-19).

A iniciativa visa auxiliar o Sistema Único de Saúde (SUS) do Governo do Estado e ampliar o número de leitos para os casos confirmados da doença, na região metropolitana de Belém.

Desde o início da pandemia, as unidades estão se preparando, por meio de treinamentos com as equipes assistenciais, manutenção preventiva de equipamentos e aquisição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

 

Hospital Metropolitano

A internação de pacientes no Hospital Metropolitano será realizada por meio do Sistema de Regulação (SISREG), vinculado a Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sespa). A unidade conta com leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), com ala isolada e com atendimento de Clínica Médica, UTI Covid e Sala de Urgência para avaliar cada caso e otimizar o atendimento.

“Uma força tarefa foi montada no Metropolitano, desde a portaria até as unidades de internação e enfermarias, com medidas preventivas para nossos profissionais, classificação de riscos desses pacientes e atendimento humanizado para todos os casos. Dessa forma, otimizamos nossos fluxos no atendimento e na ocupação de leitos de forma mais segura e eficiente para o paciente com segurança para o profissional”, destaca Romerito Margotti, gerente assistencial do HMUE.

Todos protocolos e decretos utilizados no Metropolitano são baseados em normas e diretrizes de órgãos de saúde oficiais, tanto no uso de equipamentos de segurança, higienização no ambiente hospitalar e uso de medicamentos.

Hospital Galileu

Já no Hospital Galileu, leitos foram isolados e disponibilizados para receber os pacientes, que estão sendo encaminhados pelo SISREG. “O Galileu já está devidamente preparado para os pacientes. Além da reposição de medicamentos e EPIs. A equipe já possui todos os protocolos prontos, baseado nos tratamentos do Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde Pública”, explica o diretor Técnico do HPEG, Lucas Geralde.

Uma das principais medidas tomadas pela unidade foi o plano de contingência e os treinamentos com a equipe assistencial. Diariamente, os profissionais se reúnem e recebem orientações teóricas e práticas sobre assuntos relacionados ao atendimento de pacientes com a Covid-19. Orientações sobre intubação, cuidados no recolhimento de materiais, paramentação e desparamentação são alguns dos exemplos.

 

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.

Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensora gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/novo-calendario-escolar-deve-ser-definido-amanha-28/

 

 




Seap deflagra ‘Operação Cronos’ em unidades prisionais da RMB

Complexo Penitenciária Americano Presídio Santa Isabel Pará — Foto: Reprodução/TV Liberal

O objetivo da operação é promover o controle em casas penais e evitar possíveis rebeliões, motins e fugas.

Nesta sexta-feira (17), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realiza a operação ostensiva ‘Cronos’. A ação será realizada nas unidades prisionais da região Metropolitana de Belém. De acordo com a Seap, o objetivo da operação é promover a ampliação do controle e segurança em casas penais do estado.

Nas unidades, agentes de segurança pública promovem rondas nas áreas externas e acompanhamento aéreo a fim de evitar possíveis motins, rebeliões, fugas e resgates. Ao todo, segundo a Seap, a operação conta com um efetivo de mais de 200 policiais e agentes prisionais, divididos em 80 viaturas. As equipes estão planejadas para atuar em bairros da capital, além de Ananindeua, Marituba, Santa Izabel, Mosqueiro e Castanhal.

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/enem-2020-cursinho-preparatorio-disponibiliza-conteudos-e-aulas-online/