Número de inscritos no Enem PPL supera edição anterior

Exame ocorre em 10 e 11 de dezembro para adultos que cumprem penas privativas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa

O Exame Nacional do Ensino Médio para adultos que cumprem penas privativas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Enem PPL) será realizado nesta terça e quarta-feira, 10 e 11 de dezembro, para mais de 46 mil internos em centros de atendimento socioeducativo. O número de inscritos deste ano superou o registrado em 2018, quando o exame foi aplicado para 41.044 participantes.

Na edição deste ano, 1.228 instituições foram inscritas abrangendo 25 estados e o Distrito Federal, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização da prova. São Paulo é o estado com o maior número de inscritos, com 5.832.

Os participantes do Enem PPL que já concluíram ou concluirão o ensino médio neste ano poderão utilizar o desempenho no exame como mecanismo único, alternativo ou complementar para acesso à educação superior. Já os participantes que não estejam cursando ou não concluirão o ensino médio no ano letivo de 2019 só poderão utilizar os resultados individuais no exame para autoavaliação de conhecimentos.

As provas

As provas, realizadas desde 2010, têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A diferença é que elas são aplicadas dentro de unidades prisionais e socioeducativas.

O exame é constituído de redação e de quatro provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha. No primeiro dia do exame, os participantes terão cinco horas e meia para responder questões de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. No segundo dia, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática com duração de cinco horas.

Com base em critérios usados pelo Ministério da Educação (MEC), o Enem PPL permite o acesso ao ensino superior por meio de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

*Matéria produzida com informações do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/pesquisa-mostra-que-estudantes-com-bolsa-de-estudo-tiveram-nota-mais-alta/

 




Mais de 40 mil adultos e jovens são inscritos no Enem PPL

Prova é feita para quem cumpre Penas Privativas de Liberdade ou está sob medida socioeducativa

O Exame Nacional do Ensino Médio para adultos que cumprem Penas Privativas de Liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Enem PPL) recebeu 46.163 inscrições para as provas que devem ser aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro. O estado de São Paulo foi o que registrou o maior número de inscrições – 15.826.

Cada unidade prisional ou socioeducativa tem um responsável pedagógico com a função de realizar e acompanhar as inscrições, além de cuidar de outros processos referentes à realização do exame. O responsável também terá acesso aos resultados obtidos pelos participantes e pleiteará seu acesso no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e em outros programas de educação superior.

Os participantes do Enem PPL que já concluíram ou concluirão o ensino médio ainda neste ano poderão utilizar o desempenho no exame para acesso à educação superior. Já os participantes que não estejam cursando ou não concluirão o ensino médio no ano letivo de 2019 só poderão utilizar os resultados individuais no exame para auto avaliação de conhecimentos.

*Matéria produzida com informações do Inep

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/iniciativa-do-mec-visa-a-criacao-de-um-banco-de-dados-nacional-dos-estudantes/