Nasa diz que fumaça que encobre cidade do Mato Grosso visitada por Bolsonaro é de Novo Progresso

Céu alaranjado em Sinop, cidade vizinha a Sorriso, também visitada pelo presidente nesta sexta-feira (18)

Desde o último domingo, os moradores da cidade de Sorriso, no Mato Grosso, veem o sol se pôr alaranjado, sem brilho.

A nuvem de fumaça que recobre o município no norte do Estado dificulta a respiração. Muita gente se queixa de dor de cabeça e de uma sensação de sufocamento.

A BBC NEWS  divulgou nesta sexta-feira (18) que Cidade visitada por Bolsonaro tem ‘ar insuportável’ por causa de queimadas: ‘A gente reza pra chover’ diz a matéria que infoca a visita do Presidente Jair Bolsonaro a cidade de Sorriso no Mato Grosso.

Leia mais:Fumaça esconde o Sol em Novo Progresso – Fotos

*Novo Progresso amanhece coberta pela fumaça das queimadas 

Fumaça de Novo Progresso em Sorriso(MT)

A pedido da BBC News Brasil, o chefe do Laboratório de Ciências da Biosfera da Nasa, Douglas Morton, analisou as imagens do satélite meteorológico GOES e verificou que as plumas de fumaça que chegaram à região na quarta-feira vieram principalmente do norte, de incêndios na área de Novo Progresso, no Pará.

Mais para o fim do dia, ela também recebeu “grandes plumas de fumaça” lançadas em níveis mais altos da atmosfera vindas da região do Xingu, no nordeste do Estado. A agência espacial americana tem acompanhado de perto os dados sobre as queimadas, disponibilizados em uma página com versão em português.

Sorriso nesta quinta: concentração de material particulado no ar está mais de quatro vezes maior que o limite máximo estipulado pela OMS (Foto:Werinton Queiroz para BBC)
Sorriso nesta quinta: concentração de material particulado no ar está mais de quatro vezes maior que o limite máximo estipulado pela OMS (Foto:Werinton Queiroz para BBC)

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO COM BBC

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

http://www.folhadoprogresso.com.br/gratuito-e-on-line-inscricoes-para-curso-de-estatistica-terminam-domingo-20/

 




Operação Verde Brasil 2 – Base de Operações, Tapajós, foi montada em Novo Progresso

Verde Brasil – Treinamento prepara tropas para missão das Forças Armadas (Foto:Divulgação DefesaNet)

Madeira, motosserras e munições de diversos calibres foram apreendidas pelo Comando Conjunto Norte (CCjN), durante ação repressiva da Operação Verde Brasil 2 contra delitos ambientais, em Novo Progresso, no Pará, nessa segunda-feira (14).

Com o emprego de aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), militares do 53º Batalhão de Infantaria de Selva atuaram em conjunto com a Força Nacional de Segurança Pública e agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Uma Base de Operações, Tapajós, foi montada em Novo Progresso, desde 31 de agosto, contando com a atuação dos órgãos de fiscalização, para coibir e combater os delitos ambientais na região. As ações percorrem vários municípios do estado do Pará.

Nessa terça-feira (15), o Comando Conjunto Norte inspecionou, ainda, 36 embarcações e combateu 15 focos de incêndio na região.

Já o Comando Conjunto Oeste (CCjO) combateu 526 focos de incêndio no estado de Mato Grosso, também nessa terça-feira. Além do enfrentamento às queimadas, o CCjO permanece realizando ações de estabelecimento de Posto de Bloqueio e Controle de Estradas, patrulhamento terrestre, planejamento e análise de alvos, como também reconhecimento aéreo, abrangendo várias localidades de Mato Grosso.

Enquanto isso, por meio do 9º Distrito Naval, o Comando Conjunto Amazônia (CCjA) continua com inspeções e patrulhas navais em diversos rios, abrangendo várias localidades dos estados do Amazonas, de Roraima e de Rondônia. Militares, em apoio a agentes, inspecionaram e vistoriaram 97 embarcações e 63 veículos, nessa terça-feira.

Resultados

Desde a deflagração da Operação Verde Brasil 2, em 11 de maio, militares e agentes de órgãos parceiros realizaram 33,2 mil inspeções navais e terrestres, vistorias e revistas em embarcações, das quais 882 foram apreendidas. Nos postos de bloqueio e controle de estradas foram retidos 329 veículos por irregularidades. Volume superior a 29,4 mil metros cúbicos de madeira ilegal também foi confiscado, bem como apreendidas 988 máquinas de serraria móvel, tratores, maquinário de mineração, balsas, dragas e acessórios. Até o momento, R$1.388.368.809,64 bilhão foi aplicado em multas e termos de infração.

(Foto:Divulgação DefesaNet)
(Foto:Divulgação DefesaNet)

Operação Verde Brasil 2

A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pelo Ministério da Defesa. Está no escopo do Conselho Nacional da Amazônia (CNA), conselho regulado pela Vice-Presidência da República em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública.

A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal.

A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020. Em 9 de julho, a GLO foi renovada até 6 de novembro, por meio do decreto presidencial 10.421.

Para cumprir a determinação presidencial, o Ministério da Defesa ativou três Comandos Conjuntos. São eles: Comando Conjunto Norte (CCjN), Comando Conjunto Amazônia (CCjA) e Comando Conjunto Oeste (CCjO). O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), da FAB, dá suporte às ações aéreas, em caráter permanente.

Assim como na Operação Verde Brasil ocorrida em 2019, o Centro de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa coordena as atividades a partir da capital federal. Ainda participam da missão integrantes da Polícia Federal, Policia Rodoviária Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), Força Nacional de Segurança Pública, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

Fonte:DefesaNet/Tenente Flávia

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/brasil-exporta-ferramenta-de-tecnologia-educacional-para-40-paises/

 




Decreto Presidencial que proíbe queimadas foi ignorado no Pará – Agosto foi o mês com maior número de queimadas em 2020

(Foto:Adria Karoline) – A pesar do decreto proibindo a pratica de queimadas e com a criação do Conselho da Amazônia e da promessa de maior controle no bioma, por parte das Forças Armadas, agosto de 2020 repetiu a tragédia vivida em 2019, onde teve o “Dia do Fogo”  com um pico dramático no número de focos de fogo no Pará.

Leia mais:Jair Bolsonaro assina decreto proibindo queimadas em todo o Brasil por 120 dias

Os números registrados não impediram o pico de queimadas conforme divulgou o Jornal Folha do Progresso o mês de agosto foi do fogo, os números ficaram próximo ao dia do fogo de 2019 onde teve 44.013 bem próximo aos 30.900 focos de 2020.

Os números do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), aponta os estados do Pará, Amazonas e Acre os campeões de queimas. Os números mostram que a medida do Presidente Jair Bolsonaro não teve resultado positivo.

Os números do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que os estados campeões em detecção de queimadas em agosto no bioma Amazônia foram Pará (10.865), Amazonas (8.030) e Acre (3.578).

Dois dos dez municípios que mais queimaram no mês passado são do Pará: Altamira e São Félix do Xingu. Depois são acompanhados por Poconé e Corumbá, ambos em Mato Grosso, Novo Progresso (PA), Apuí (AM), Barão de Melgaço (MT), Porto Velho (RO), Lábrea (AM) e Novo Aripuanã (AM).

Por:Jornal Folha do Progresso

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

http://www.folhadoprogresso.com.br/capacitacoes-online-e-gratuitas-estao-disponiveis-para-quem-esta-em-busca-de-emprego/




Ideflor-Bio abre inscrições de PSS para contratação em Santarém, Novo Progresso e mais 6 cidades

Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) — Foto: Divulgação

As inscrições iniciam nesta quarta-feira (16) e seguem até o próximo dia 25 deste mês.

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) oferta 16 vagas em seu primeiro Processo Seletivo Simplificado de 2020 em Santarém e Monte Alegre, no oeste do Pará. As inscrições iniciam nesta quarta-feira (16) e seguem até o próximo dia 25 deste mês.

A seleção é destinada à contratação temporária para cargos nos níveis fundamental, médio e superior. Além de Santarém e Monte Alegre, municípios de Afuá, Altamira, Belém, São Felix do Xingu, São Geraldo do Araguaia e Novo Progresso também ofertam vagas.

De acordo com o Ideflor-Bio, os interessados devem se inscrever pelo site do Sistema Integrado de Processo Seletivo Simplificado (Sipros), a partir de 00h01 do dia 16 de setembro (quarta-feira) às 23h59 do dia 25 de setembro. Não há cobrança de taxa de inscrição. As remunerações variam de R$ 1.045,00 a R$ 1.669,97, com possibilidade de acréscimo de outras vantagens legais.

Ainda de acordo com Ideflor-Bio, os candidatos irão concorrer para vagas nas áreas de auxiliar operacional (nível fundamental), assistente administrativo (nível médio) e de técnico em gestão ambiental com formação em Biologia, Engenharia Agrônoma, Engenharia Florestal e Turismo (nível superior). A jornada de trabalho será de oito horas diárias, totalizando 40 horas semanais.

Fases

O Processo Seletivo Simplificado (PSS) nº 01/2020 será realizado em três fases: inscrição de caráter habilitatório; análise documental e curricular, e entrevistas de caráter eliminatório e classificatório. Na terceira fase do PSS, as entrevistas serão realizadas nas respectivas sedes ou escritórios regionais dos municípios.

Os candidatos devem estar atentos sobre o envio dos documentos necessários e ler atentamente todo o edital. No ato da inscrição, o participante terá de fazer upload e envio da documentação solicitada, com no máximo 1 MB (um megabyte), nos formatos “JPEG”, “PNG”, “JPG” ou “PDF”, para a página do Sipros. A documentação deve ser enviada com a nomenclatura do arquivo identificando o seu conteúdo.

Distribuição das vagas

Para o ensino fundamental há uma vaga para o cargo de auxiliar operacional em Monte Alegre. Para quem possui ensino médio completo, as vagas são para os cargos de assistente administrativo, sendo uma em Monte Alegre e quatro para a capital.

Para o ensino superior, as vagas estão distribuídas entre os cargos de técnico em gestão ambiental com formação em Biologia, Engenharia Agrônoma, Engenharia Florestal e Turismo. Há três vagas para Belém, sendo uma para o cargo de técnico em gestão ambiental – biólogo; uma para técnico em gestão ambiental – engenheiro agrônomo, e uma para turismo.

Em Afuá, há uma vaga de nível superior para técnico em gestão ambiental – biólogo. Há também uma vaga em Altamira para técnico em gestão ambiental – engenheiro agrônomo.

Para Monte Alegre há uma vaga para técnico em gestão ambiental – engenheiro agrônomo. Em Santarém há uma vaga para técnico em gestão ambiental – engenheiro florestal. Em São Félix do Xingu há uma vaga para técnico em gestão ambiental – engenheiro agrônomo. Em São Geraldo do Araguaia há uma vaga para técnico em gestão ambiental – biólogo e em Novo Progresso há uma vaga para técnico em gestão ambiental – engenheiro florestal.

Serviço

O edital está disponível no site do Sipros, assim como a inscrição e o acompanhamento do processo serão feitos exclusivamente pelo sistema, incluindo a divulgação dos resultados de cada fase e convocação para a subsequente, e o resultado final do PSS.

Com Informações G1 Santarém — Pará

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/projeto-oferece-cursos-gratuitos-e-on-line-de-formacao-continuada-para-professores/

 

 




Morador de Novo Progresso morre de Covid-19 em Cuiabá no Mato Grosso

De acordo com o boletim divulgado nesta terça -feira (15), Novo Progresso registrou 9 novos casos da doença. (Foto:Arquivo familiar)

A família confirmou na noite desta terça-feira (15/09) a morte de Nilson Rodrigues -Nilson Brenda-   de 68 anos, morador de Novo Progresso , internado a mais de 25 dia  em hospital de Cuiabá no Mao Grosso, com diagnóstico de COVID-19.

Como determina o protocolo do Ministério da Saúde o óbito será contabilizado para Novo Progresso.

Boletim Covid 19

Novo Progresso contabiliza neste momento 969 casos positivos para COVID-19 (09 resultados positivos foram divulgados ontem), com 16 mortes confirmadas. 930 já foram recuperados.

Veja Boletim desta terça-feira  15 de Setembro de 2020.5ebeb0c7-f0e3-492f-a19a-eca2b8c934a7

Fonte:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/projeto-oferece-cursos-gratuitos-e-on-line-de-formacao-continuada-para-professores/

 




Operação Verde Brasil 2 apreende motosserras, munições e madeira ilegal em Novo Progresso

A operação visa coibir crimes ambientais em todo o Pará (Ascom/ Ibama)

No local, nenhum responsável pelo material apreendido foi localizado

Militares do Comando Conjunto do Norte (CCN), em conjunto com a Força Nacional e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), apreenderam, na manhã desta segunda-feira (14), no município de Novo Progresso, sudeste paraense, motosserras, munições de diversos calibres, madeira serrada da espécie castanheira e outros materiais provenientes de desmatamento ilegal. No local, nenhum responsável foi encontrado. A ação faz parte da Operação “Verde Brasil 2”.
De acordo com o CCN, uma Base de Operações Tapajós foi montada em Novo Progresso, na altura da BR-163, desde o dia 31 de agosto, contando com os órgãos de fiscalização para coibir delitos ambientais na região. Na ação desta segunda, além do Ibama e da Força Nacional, também participaram militares do 53º Batalhão de Infantaria de Selva. Foi utilizada, ainda, uma aeronave Cougar HM3 da Força Aérea Brasileira (FAB).

Apreensões

Durante mais de quatro meses de trabalho da Operação “Verde Brasil 2”, houve a apreensão de 5.053 metros cúbicos de madeira, 8.050 toneladas de minério, 139 ações de combate a incêndio, 6.943 litros de combustível, 52 veículos ilegais para transporte de madeira e outros delitos, 458 materiais (motosserras, correntes, motores, armamentos, munições, etc). Ainda, 190 embarcações recolhidas, 16 detidos e mais de R$244 milhões de multas aplicadas.

Operação Verde Brasil 2
A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pelo Ministério da Defesa. Está no escopo do Conselho Nacional da Amazônia (CNA), conselho regulado pela Vice-Presidência da República, em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal.
A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União, por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020. Em 9 de julho, a GLO foi renovada até 6 de novembro, por meio do decreto presidencial 10.421.

Por:Redação integrada (com informações do Comando Conjunto do Norte)
15.09.20 17h07

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/projeto-oferece-cursos-gratuitos-e-on-line-de-formacao-continuada-para-professores/

 




Homem procura por primo Maranhense que morou no Creporizão e pode estar na região

(Foto:Arquivo Família) – Nazareno é morador em Macapá no Amapá procura pelo primo que há 39 anos saiu de São Luiz no Maranhão e informou que estava no garimpo do Creporizão no município de Itaituba. Ele perdeu o contado e pede ajuda para encontrar seu Primo Evaldo Gomes Paz , de 62 anos. Quem tiver informação pode ligar para o telefone (96) 98805 – 7134.

“Leia mensagem que enviou para o Jornal Folha do Progresso”

Estou tentando encontrar um primo que mora ou morou na região de Creporizão, trabalhava com garimpo. Faz 39 anos, ele foi a São Luiz no Maranhão e falou que estava aí, seria sócio de um rapaz chamado Hugo, iriam a Aracaju e Rio de Janeiro e depois retornariam prai. Também teria uma casa em Belém do Pará.

Nome dele: Evaldo Gomes Paz, tem 62 anos, é maranhense. Se tiverem alguma informação por favor me passem. Agradeço.

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/capes-disponibiliza-bolsas-para-doutorado-na-alemanha/

 




Labimol investiga possível caso de reinfecção de Covid-19 em Santarém e amplia testagens

A paciente do caso em questão teve um diagnóstico positivo confirmado pelo Laboratório Central, em maio e voltou a sentir os sintomas em agosto.

 A equipe do Laboratório de Biologia Molecular para Covid-19 da Ufopa (Labimol), que funciona no Hospital Regional do Baixo Amazonas, vem investigando um possível caso de reinfecção pelo SARS-Cov-2, em Santarém, oeste do Pará.

A paciente do caso em questão teve um diagnóstico positivo confirmado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), de Belém, em maio e voltou a sentir os sintomas em agosto, quando fez o teste novamente, dessa vez pelo laboratório da Ufopa, e voltou a testar positivo.

    “Essas análises são complexas, envolvem diversos estudos e variáveis”, explicou o professor Marcos Prado, coordenador do Labimol.

A amostra do Labimol foi enviada para o Lacen e, de lá, foi para o Instituto Evandro Chagas, responsável por fazer a análise das duas amostras e verificar a linhagem dos vírus. “Se eles forem de linhagens diferentes, então teremos um caso de reinfecção confirmado no Brasil”, afirmou Prado.

Ampliação da testagem

Para melhor compreensão da doença na região, o Labimol está ampliando as testagens. Com dois meses de funcionamento, o laboratório já atingiu a marca de 3 mil testes realizados. Até então, os testes só ocorriam em pacientes internados em unidades hospitalares. Após uma reunião realizada no último dia 4 com os secretários de saúde dos vinte municípios que integram a 9ª Centro Regional da Sespa (CRS), ficou definido que a testagem poderá ser feita em pacientes que não estão internados.

Qualquer pessoa que apresente os sintomas típicos da Covid-19 pode se dirigir a uma unidade de saúde, onde será feita a coleta, e o material será enviado ao Labimol para análise. O procedimento é importante para garantir, de forma mais rápida, conduta médica e tratamento adequados.

Em Santarém, o Labimol passou a realizar coletas dentro da escola Álvaro Adolfo da Silveira, no ambulatório do Hospital Municipal. Qualquer pessoa que apresente os sintomas pode se dirigir ao ambulatório que funciona na escola, receber a atenção médica e ter a coleta realizada.

O material será enviado ao Labimol e, em 48 horas, o resultado estará disponível. Esse serviço também está sendo oferecido nos outros municípios da região, através dos hospitais públicos, onde são feitas as coletas. “Acreditamos que a testagem continua sendo a melhor alternativa para controle da doença e para evitarmos uma segunda onda de infecção pela Covid-19 em nossa região”, concluiu Marcos.

Populações indígenas e ribeirinhas

Por meio de convênios com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Projeto Saúde e Alegria (PSA), a equipe do Labimol ampliou sua atuação e vem testando populações de comunidades ribeirinhas e aldeias indígenas. A testagem em comunidades indígenas ocorre através de uma parceria da Fiocruz com o DSEI [Distrito Sanitário Especial Indígena]. O suporte do PSA permite a testagem de moradores das comunidades ribeirinhas.

Em julho, foi realizada a testagem de comunidades do Tapajós durante uma viagem do Abaré, com 70% de resultados positivos para Covid-19. Em agosto, foi realizada a testagem em aldeias da etnia Kayapo, no município Novo Progresso. Foram 22,5% de resultados positivos. Em setembro, devem ser testados mais mil indígenas de aldeias das etnias Kayapo e Munduruku, assim como moradores de comunidades ribeirinhas do Tapajós.

Sobre o Labimol

O Laboratório é coordenado pela Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), funciona nas dependências do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, e conta com a parceria do Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria Regional de Governo e Secretaria de Saúde do Estado (Sespa). Além do professor Marcos Prado, a professora Heloísa Nascimento e o professor Gabriel Iketani também compõem a equipe da Ufopa que atua no Labimol. Todos possuem formação em genética molecular.

Por:G1 /12/09/2020 10:54

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/capes-disponibiliza-bolsas-para-doutorado-na-alemanha/

 




Juíza do Pará suspende instrução da Funai que liberou grilagens de terras indígenas

Juíza reconheceu direito originário dos povos indígenas e suspendeu portaria polêmica da Funai
Foto:Tiago Miotto/Cimi

São reconhecidos aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições, e os direitos originários sobre as terras que tradicionalmente ocupam, competindo à União demarcá-las, proteger e fazer respeitar todos os seus bens.

Com base nessa previsão, enunciada no artigo 37 da Constituição, a juíza Sandra Maria Correia da Silva, da Vara Federal Cível e Criminal da SSJ de Itaituba (PA), decidiu suspender os efeitos da Instrução Normativa 9/2020 da Fundação Nacional do Índio (Funai), que permitia o registro de propriedades privadas sobrepostas a terras indígenas ainda não homologadas pelo governo.

A decisão foi provocada por pedido do Ministério Público Federal, que demonstrou que, ao retirar terras indígenas cujo processo de demarcação ainda não foi concluído dos sistemas de gestão fundiária (Sigef) e de cadastro ambiental rural (Sicar), a portaria permitia a grilagem de áreas e poderia intensificar ainda mais os conflitos agrários.

Com a decisão todas as terras indígenas na região abrangida pela subseção judiciária de Itaituba — que abrange os municípios de Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Trairão e o distrito de Castelo dos Sonhos (parte de Altamira) — e devem ser mantidas nos sistemas do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) independente da etapa do processo de demarcação.

Os territórios reivindicados formalmente por grupos indígenas, em fase de estudo e identificação, delimitadas, declaradas e com portarias de restrição de uso agora terão que voltar aos cadastros e ficam proibidos os cadastros sobrepostos por particulares.

Conforme a decisão, ao permitir que particulares recebessem declarações de propriedade sobre áreas já caracterizadas como terras indígenas, a Funai utilizou-se de sua própria “ineficiência” em concluir os processos de demarcação “para onerar os povos tradicionais, retirando deles a segurança jurídica de alcançar o direito originário às terras ocupadas por eles, por meio da homologação, o que lhes é garantido pela Constituição Federal”.

“A instrução normativa da Funai não resolve o problema original enfrentado pelos indígenas no Brasil nem o dos possuidores de lotes rurais, lentidão no processo de demarcação de terra indígena, pelo contrário, com a justificativa de proteger o direito de propriedade de particulares, fere o direito originário de posse dos índios. Ainda, transfere o ônus da ineficiência para os povos indígenas”, diz trecho da decisão.

Essa não é a primeira decisão da Justiça Federal nesse sentido. Em agosto desse ano, a Justiça Federal em Altamira (PA), concedeu liminar parcial em ação do Ministério Público Federal para suspender efeitos da Instrução Normativa 9/20, da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Segundo a Constituição, os direitos indígenas sobre as terras por eles tradicionalmente ocupadas têm natureza originária. Assim, o procedimento demarcatório de terra indígena possui natureza declaratória, e não constitutiva, já que versa sobre direito originário. Por isso, ato administrativo que de alguma forma propicie ao particular a possibilidade de expedição de “declaração de reconhecimento de limites”.

Por Rafa Santos

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/especializacao-gratuita-em-educacao-profissional-e-tecnologica-do-mec-esta-com-inscricoes-abertas/

 

 




Partidos marcam datas das convenções que oficializarão candidatos a prefeito, vice e vereadores em Novo Progresso

(Foto:Reprodução) – Está aberta a temporada de convenções partidárias para as eleições municipais de 2020. De acordo com o novo calendário eleitoral, estabelecido por causa da pandemia da Covid-19, o prazo para definição pelos partidos de candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador vai até o dia 16 de setembro.

Pela primeira vez na história, por causa da pandemia do novo coronavírus, os partidos poderão optar por realizar as convenções virtualmente. Considerada uma das etapas principais do processo eleitoral, além de escolher os candidatos que disputarão o pleito, nessa reunião, os partidos também decidem se vão participar da eleição majoritária (prefeitos e vice-prefeitos), proporcional (vereadores) ou ambas e sorteiam os números com os quais os candidatos irão concorrer.

Para atender às recomendações médicas e sanitárias, além da convenção virtual, será possível digitar a ata, registrar lista de presença, fazer cadastro dos candidatos e encaminhar tudo pela internet para a Justiça Eleitoral.

A entrega da documentação pela internet expira às 8h do dia 26 de setembro. Após esse horário, a entrega terá que ser presencial e agendada, exigindo deslocamento ao cartório e os devidos cuidados sanitários. O agendamento para atendimento presencial será feito pelos meios informados por cada TRE e cartórios eleitorais, e estará disponível das 8h30 às 19h. O atendimento será marcado conforme a ordem de chegada dos pedidos – o interessado não poderá escolher o horário.

Convenções em Novo Progresso

Na cidade de Novo Progresso a maioria dos partidos já tem as datas para realizar as convenções conforme prazo estabelecido, visando ganhar tempo para as composições partidárias e definir coligações, bem como composição de chapas majoritárias.

O Primeiro partido a realizar em Novo Progresso foi o MDB, a convenção foi realizada na Câmara Municipal na noite dessa quarta-feira(9), e ficou definido o nome Gelson DilL para Prefeito, o nome do vice para compor a chapa ainda não foi oficializado.

Quinta-feira (10)

Nesta quinta-feira 10 de Setembro os PSB realiza convenção na rua das Acácias no Bairro Jardim Planalto, PSD na Câmara Municipal o DEM ( Democratas ) tem o centro de eventos SCREMIM marcado como local com início às 19 horas.

Sexta-feira(11)

O PL que tem o atual prefeito Macarrão como pré candidato a reeleição,  marcou para sexta-feira(11) com início às 19 horas no Centro de Eventos Scremim, com deliberação para escolha de candidatos prefeito e vereadores.

PROS, anunciou Nego do Bento vice do Macarrão (PL), marcou as 14 horas  na sede do partido na Avenida Dr. Isaias Antunes.

Patriota, realiza na noite desta sexta-feira (11), às 19 horas na Câmara Municipal.

Sábado (12)

PSDB que anunciou Dr Fidêncio como pré candidato, realiza no dia 12 de Setembro as 19 horas no Centro de Eventos Scremim, com deliberação para escolha de candidatos prefeito e vereadores.

Republicanos divulgou Fábio Milhão pré candidato a prefeito e  Claudia Kummer vice-prefeita, marcou dia 12 de Setembro na Câmara Municipal com inicio às 19h30mn , para definir candidatos a prefeito,vice e Vereadores.

Acompanhe a corrida eleitoral 2020 no Portal do Jornal Folha do Progresso.

 

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/conheca-areas-da-medicina-veterinaria-que-vao-alem-do-atendimento-clinico/