Itaituba: Prefeito Valmir Clímaco, vice Nicodemos Aguiar e vereadores tomam posse.

Com o Espaço Português completamente lotado, e mais um bom número de pessoas na área externa, aconteceu ontem, a posse dos vereadores, prefeito e vice-prefeito de Itaituba, eleitos no dia 2 de outubro e diplomados no dia 14 de dezembro.

Prevista para começar às cinco da tarde, a solenidade só foi iniciada trinta minutos depois do horário estabelecido, faltando dois vereadores, Davi Salomão e Diego Mota, que chegaram mais de dez minutos atrasados, quando os trabalhos já estavam em andamento. Ao todo, foram três horas e dez minutos de duração, sendo que mais da metade do tempo foi ocupada pelos oradores, pois além de todos os vereadores empossados, do vice-prefeito e do prefeito, alguns convidados também se pronunciaram.
De um modo geral, a solenidade foi muito bem organizada pela Câmara e bem conduzida por Salomão Silva, que procurou dar dinamismo aos trabalhos para evitar cansar demasiadamente o público. Porém, para não dizer que foi tudo perfeito, a imprensa saiu reclamando do espaço muito pequeno que lhe foi reservado, o que fez com que fotógrafos, cinegrafistas e repórteres ficassem espremidos. Feita a composição da mesa, presidida pelo vereador de mais idade, João Bastos Rodrigues, tendo Peninha como secretário “ad hoc”, procedeu-se a posse dos vereadores, que fizeram o juramento de praxe como manda a lei. Em seguida o mestre de cerimônia leu documentos atinentes à eleição da mesa diretora da Câmara Municipal para o biênio 2017/2018.
Como apenas uma chapa foi registrada na secretaria da Câmara, já de posse de seus mandatos, os vereadores foram consultados pelo presidente da mesa, vereador Cebola, se eles concordavam que houvesse aclamação, uma vez que se tratava de chapa única. Como ninguém se manifestou contrário, o processo de eleição por aclamação foi aprovado por unanimidade. Esse fato fez com que se ganhasse, pelo menos, trinta minutos que seriam gastos, no caso de haver votação.
A mesa diretora da Câmara Municipal para a primeira parte da 18ª Legislatura, (2017/2018), ficou constituída pelos vereadores:
João Bastos Rodrigues (PDS), presidente;
Dirceu Biolchi (SD), vice-presidente;
Emanuel Júnior Pires (PSC), primeiro secretário;
Manuel Dentista (PSDB), segundo secretário e
Diego Mota (PTN), terceiro secretário.

Em seguida começou a cerimônia de posse do prefeito Valmir Clímaco e do vice, Nicodemos Aguiar, que obedecendo ao ritual, foram conduzidos por vereadores líderes de partidos até o local. E diante de muitos aplausos, Valmir viu cumprida mais uma etapa de seu sonho de chegar ao poder pelo voto direto. A primeira parte desse sonho foi na diplomação pela Justiça Eleitoral, como vencedor da eleição.
Havia uma expectativa muito grande a respeito da possibilidade da ex-prefeita Eliene Nunes comparecer para passar a faixa ao novo prefeito, mas, isso não aconteceu, e nem tampouco o vice, Raimundo Santos Pimentel foi ao local. Coube à professora Antonieta Lima cumprir essa parte da cerimônia, entregando a faixa de prefeito a Valmir. A última parte da solenidade foi reservada para os discursos, sendo destinados cinco minutos para que cada um dos vereadores pudesse se pronunciar. Alguns passaram um pouco, enquanto outros não chegaram a utilizar o tempo todo. O vereador Peninha foi o orador oficial da Câmara. Também usaram a palavra, os deputados Hilton Aguiar e Chapadinha, e o procurado do Estado, Aldir Viana, filho de Itaituba.
Hilton disse que Itaituba deixou de receber alguns benefícios do Estado porque a ex-prefeita Eliene Nunes se recusou sempre a dialogar com ele. Também o deputado Chapadinha afirmou que o município deixou de receber mais de R$ 3 milhões de emendas suas por conta disso. Em sua fala, o prefeito recém-empossado ratificou pontos que já são de amplo conhecimento da população, como compra de equipamentos pesados para o setor de infraestrutura, atenção especial à saúde e à educação, austeridade nos gastos da prefeitura e muita disposição para trabalhar. Depois, a festa continuou na rua em frente ao Espaço Português.

Fonte: Jota Parente
Fotos: Jota Parente e https://www.facebook.com/valmirpmdb.15?pnref=story

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br




Prefeitos amazônicos tomam posse com desafios nas áreas de gestão, saúde e segurança

(Foto Emanuel Pinheiro  prefeito de Cuiabá) -O novo prefeito de Cuiabá, no Mato Grosso, Emanuel Pinheiro, e o vice, Niuam Ribeiro, tomaram posse em cerimônia no Centro de Eventos do Pantanal. No discurso, o prefeito afirmou que vai assegurar a rapidez no atendimento à saúde, com médicos, remédios e equipamentos funcionando.

Reeleito, Carlos Amastha assumiu o governo de Palmas, no Tocantins, pela segunda vez, com a vice Cinthia Ribeiro, e os 19 vereadores que irão compor o Legislativo Municipal. Ele garantiu que vai dar continuidade a programas e projetos iniciados no primeiro mandato. Amastha é investigado pela Operação Nosotros, da Polícia Federal, que apura suposta fraude envolvendo o processo de licitação para construção do sistema de transporte BRT de Palmas.

Também tomaram posse nesse domingo o prefeito de São Luís, no Maranhão, Edivaldo Holanda Júnior e o vice-prefeito, Júlio Pinheiro. A chapa foi reeleita com mais de 285 mil votos. A cerimônia foi no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão. Na ocasião, tomaram posse também os 31 vereadores eleitos em São Luís. O prefeito anunciou mudanças na nova gestão para equilíbrio das contas públicas, como uso consciente de água e energia elétrica e redução de contratos de aluguel.

A posse do prefeito reeleito Clécio Luís, da Rede, foi em uma cerimônia ontem à noite na Câmara Municipal de Macapá. Além dele, também tomou posse Telma Nery, do DEM, que assume o cargo pela primeira vez de vice-prefeita. Clécio faturou 61% dos votos dos macapaenses.

Em Rio Branco, no Acre, a posse do prefeito reeleito, Marcus Alexandre, da vice-prefeita, Socorro Néri, e dos 17 vereadores eleitos em 2016, foi à tarde. A cerimônia ocorreu no Teatro Universitário da Universidade Federal do Acre.

O Teatro Amazonas foi o local escolhido para a cerimônia de posse de Arthur Virgílio, pela terceira vez no comando da prefeitura de Manaus. Virgílio e o vice-prefeito Marcos Rotta, do PMDB, foram empossados no final da tarde desse domingo após a solenidade que deu posse aos 41 vereadores. Segundo o prefeito, a construção do BRT será prioridade nos quatro anos da gestão. Video

https://youtu.be/2SWMuYT-F4E

 

A posse do novo prefeito de Porto Velho, em Rondônia, Hildon Chaves, foi no auditório de uma faculdade particular da cidade, durante a tarde. Hildon Chaves prometeu melhorias na área da saúde como implantar sistema de atendimento 24 horas, em especial nas Unidades Básicas de Saúde.

A cerimônia de posse do prefeito reeleito de Belém, Zenaldo Coutinho, e do novo vice Orlando Reis, foi no início da noite. Durante o discurso, o prefeito citou a criminalidade como um problema da cidade e revelou que para vencer o império da violência é preciso construir uma cultura de paz. Zenaldo teve a candidatura cassada, acusado abuso de poder político e econômico. Ele recorreu da sentença e o caso corre na Justiça Eleitoral.

E mais uma vez na prefeitura de Boa Vista, Teresa Surita e o vice Arthur Henrique tomaram posse logo de manhã, em uma faculdade, na zona leste da cidade. Surita foi a única mulher eleita no primeiro turno das eleições de 2016 e candidata mais votada entre as capitais brasileiras, com quase 80% dos votos.

Por EBC
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br




Macarrão toma posse e anuncia secretariado

Prefeito eleito Ubiraci Soares , vice, Gelson Dil e 9 vereadores também foram empossados neste domingo 1º de janeiro de 2017.

O prefeito eleito de Novo Progresso Ubiraci Soares o Macarrão (PSC), e o vice Gelson Dil tomaram posse do cargo neste domingo (01) , nas dependências do salão de eventos Scremim.

Leia Também:Novo Progresso- Novos vereadores tomam posse e elegem Presidente

Após  a posse, o prefeito anunciou seu novo secretariado;

Assistência Social: Michelly Patrícia Meuchi

Administração: Tatiane Sousa

Educação: Juliana Rosa Bertol da Silva

Finança: Cristiane Almeida

Industria e Comércio: Gisela Bringmann

Agricultura: João Batista Borges

Saúde: Eloído José Bertollo

Obras: José Lopes

Meio Ambiente: Juliano Cesar Simionatto

Governo: Braitner Vidovix

Da Redação Jornal Folha do Progresso

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br




Novo Progresso- Novos vereadores tomam posse e elegem Presidente

Neste domingo dia primeiro de Janeiro de 2017,  tomaram posse os vereadores eleitos em 02 de outubro compondo a 7ª Legislatura da Câmara Municipal de Novo Progresso.

Assumiram uma cadeira no Legislativo os vereadores Nego do Bento  (PROS), Edemar Onetta (PMDB), Juarez Civiero (PSC), Chico Souza (PSC), Marconi da Única (PSDB),Gilberto dos Santos  (PSB), Antônio Albuquerque (Cabral-PDT), Samuel (PSDB), Jovem (PPS).

Nego do Bento (PROS)
Nego do Bento (PROS)

 

Após a cerimônia de posse do Legislativo foi realizado a posse  do Prefeito Macarrão (PSC), e seu vice Gelson Dill (PMDB) que aconteceu no Salão de Eventos Scremim no bairro Scremim em Novo Progresso.

Após a posse dos eleitos ,  os Vereadores realizaram a sessão especial para a eleição da Mesa Diretora, realizada no mesmo local.

 A eleição feita por votação individual para chapa única, elegeu para Presidente o vereador Nego do Bento (PROS) , Vice-Presidente Edemar Onetta (PMDB), Chico Souza (PSC) 1º Secretario e Juarez Civieiro(PSC) 2º Secretario, para o biênio 2017/2018. O placar foi de 7 votos a favor da chapa e dois votos em branco.

O Presidente Nego do Bento está em seu terceiro  mandato como vereador,nunca participou da direção da câmara municipal. Na última eleição teve 1034 votos,  sendo  o segundo  mais votado de Novo Progresso.

Por Redação Jornal Folha do Progresso

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br