Justiça manda soltar ex-diretor da Companhia de Trânsito de Tucuruí, no PA, suspeito de atropelar adolescentes

Caminhonete que provocou o acidente havia sido apreendida pela PRF e estava sendo usada para campanha do Conselho Tutelar em Tucuruí. — Foto: Reprodução / Polícia Civil
O crime ocorreu no dia 29 de outubro, quando Cristiano Arraes atropelou e deixou gravemente feridas duas jovens que transitavam de motocicleta, sem prestar socorro.
A prisão preventiva do ex-diretor da Superintendência da Companhia de Trânsito de Tucuruí (CTTUC), Cristiano Arraes, foi revogada, na tarde nesta segunda-feira (18), pela Justiça do Pará.

Arraes foi exonerado do cargo no dia 6 de novembro, após ser preso. Por não ter sido processado ainda, Cristiano vai responder à investigação criminal em liberdade. Em nota, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) confirmou o alvará de soltura concedido ao ex-diretor.

A operação ‘Óleo de Peroba’, da Polícia Civil, cumpriu mandados de busca e apreensão de crimes envolvendo a companhia de trânsito do município. Durante as investigações, foi constatado que Cristiano era o condutor de um veículo que atropelou e deixou gravemente feridas duas jovens em outubro, além de não prestar socorro. À época, outro funcionário assumiu a culpa do crime, segundo a Polícia.

As investigações apontaram que as vítimas foram atropeladas por uma caminhonete branca, que foi apreendida pela Polícia no dia seguinte ao acidente na residência de um agente CTTUC. A caminhonete não possuía registro e estava recolhida no pátio da CTTUC, até o dia 28 de setembro, quando começou a ser usada ilegalmente por Cristiano para promover a campanha eleitoral do filho, que concorria ao Conselho Tutelar do município.
Por G1 PA — Belém
18/11/2019 18h13
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/escolas-de-ensino-medio-integral-receberao-r-118-milhoes-do-mec/

 




Operação apreende seis caminhões carregados de madeira ilegal em Tucuruí, no PA

A carga pode ter sido retirada do Mosaico Lago de Tucuruí, área de proteção gerenciada pelo Ideflor-Bio, segundo o governo.
Operação de fiscalização apreense seis caminhões de madeira ilegal em Tucuruí, no PA — Foto: Reprodução / Agência Pará

Uma operação de fiscalização ambiental apreendeu seis caminhões carregados de madeira ilegal na sexta-feira (27) em Tucuruí, sudeste do estado. O resultado foi divulgado pelo Governo do Pará neste sábado.

A carga pode ter sido retirada do Mosaico Lago de Tucuruí, área de proteção gerenciada pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio), segundo o governo. As madeiras são das espécies castanheira, maçaranduba, amapá, guajará e angelim vermelho.

A ação integrou Polícia Militar, Exército Brasileiro e Secretaria Municipal de Meio Ambiente do município. Os autos de infração são lavrados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas).

Segundo o Governo do Estado, a extração ilegal de madeira na região já vinha sido monitorada. “A extração de madeira da castanheira, por exemplo, é expressamente proibida em qualquer situação, já que a espécie está na lista de ameaçadas de extinção”, diz em nota.

Ainda segundo o Governo, a madeira está sob a guarda do município, até que o processo de autuação seja finalizado. Em seguida, a carga deve ser cedida, doada ou leiloada.

Decreto presidencial

A operação, com apoio do Exército, ocorre após decreto do governo federal, prorrogado até dia 24 de outubro, no combate às queimadas na Amazônia. O envio de tropas completou um mês na terça (24).

O decreto de prorrogação foi publicado em edição extra do “Diário Oficial da União”, e mantém todas as regras da chamada Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ambiental. As tropas podem atuar, inclusive, em áreas de fronteira, em terras indígenas e em unidades federais de conservação ambiental.

A ajuda está disponível para a chamada Amazônia Legal, que inclui os sete estados da Região Norte, o norte do Mato Grosso e o oeste do Maranhão.
Por G1 PA — Belém
28/09/2019 18h49
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/inscricoes-para-bolsas-remanescentes-do-prouni-terminam-na-proxima-segunda-feira-30/

 




Oito pessoas ficam feridas e uma morre em acidente na PA-150, sudeste do PA

De acordo com a Polícia, Cremilson da Paz Nunes, de 22 anos, morreu na hora. Outras vítimas foram encaminhadas para hospitais especializados nas cidades de Tucuruí e Marabá.
Uma pessoa morreu e oito ficaram feridas em acidente na PA-150 — Foto: Reprodução/TV Liberal

Uma pessoa morreu e outras oito ficaram feridas na última sexta-feira (16) em um acidente na PA-150, entre as cidades de Jacundá e Ipixuna do Pará, sudeste do estado. De acordo com a Polícia, Cremilson da Paz Nunes, de 22 anos, morreu na hora. As outras vítimas receberam atendimento e foram encaminhadas para hospitais especializados nas cidades de Tucuruí e Marabá.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o motorista de uma caminhonete levava um grupo de trabalhadores rurais quando perdeu o controle do veículo depois que um pneu estourou. O veículo capotou e os trabalhadores que estavam na carroceria foram arremessados.

Em nota, a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) informou que tem executado obras de conservação na PA-150, mas a situação da rodovia é tão precária que operações tapa-buraco não são o suficiente para resolver o problema. Por isso, a Setran disse que elabora um projeto para a concessão da rodovia para a iniciativa privada.

Por G1 PA — Belém
17/08/2019 12h36

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/prazo-para-alterar-informacoes-do-enade-segue-ate-30-de-agosto/

 




Linhão que levará do PA ao Sudeste energia de Belo Monte tem torres derrubadas

(Foto:Reprodução)- Um linhão de transmissão que levará do Norte ao Sudeste a energia da hidrelétrica de Belo Monte foi alvo de atos de vandalismo, que derrubaram torres da estrutura.

Mas o incidente não impactará o cronograma do empreendimento, que está em fase de testes, disse à Reuters a chinesa State Grid, responsável pelo projeto.

Com mais de 2,5 mil quilômetros de extensão, a linha teve um total de cinco torres derrubadas entre quinta e sexta-feira na região de Paracatu, em Minas Gerais, mas equipes de manutenção já foram acionadas, assim como as autoridades locais, chamadas para investigar o ocorrido, segundo a State Grid.

O incidente acontece em momento crucial para o empreendimento, orçado em 8,77 bilhões de reais, que já recebeu licença ambiental de operação e está finalizando testes para entrada em operação comercial.

Belo Monte, no Pará, uma das maiores hidrelétricas do mundo, já conta com um linhão em operação, que vai até Minas Gerais e foi construído pela State Grid em parceria com Furnas e Eletronorte, subsidiárias da estatal Eletrobras. Mas o segundo linhão é fundamental para evitar restrições à produção da usina, cujas obras devem ser concluídas ainda em 2019.

A State Grid, inclusive, comprometeu-se a antecipar a entrega do empreendimento, que originalmente estava previsto para dezembro.

“Não impacta absolutamente nada, continuam os testes”, afirmou um porta-voz da State Grid à Reuters, acrescentando que foram feitas adaptações para possibilitar o andamento dos trabalhos enquanto as torres não são reerguidas.

Imagens vistas pela Reuters, que circulam pelo WhatsApp, mostram torres caídas ao chão e as bases das estruturas, onde aparentemente cabos de sustentação foram cortados.

A State Grid atribuiu a queda das torres a “atos de vandalismo” e disse esperar que as autoridades possam identificar os responsáveis.

Mais cedo neste ano, em janeiro, houve registro da queda de três torres em Catalão, Goiás, que pertenciam ao primeiro linhão de transmissão de Belo Monte, já operacional, após relatos de “vendaval” na região.

Na ocasião, a State Grid atribuiu o incidente ao “forte vento” e ao “mau tempo” e realizou reparos para retomar a operação do empreendimento.

O primeiro linhão, com mais de 2 mil quilômetros em extensão, recebeu investimentos de cerca de 5 bilhões de reais e foi inaugurado em dezembro de 2017.

Tanto a primeira quanto a segunda linha utilizam tecnologia de corrente contínua em ultra-alta tensão (800 kilovolts), o que reduz perdas de energia no longo trajeto entre a hidrelétrica e a região Sudeste, onde se concentra o consumo no país.

Fonte: Jornal Extra

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/veja-os-aplicativos-gratuitos-para-organizacao-nos-estudos/