TCM manda Vereadores julgar contas da Ex-Prefeita Madalena Hoffmann (PSDB)

image_pdfimage_print

(Foto:Ilustrativa)- Vereadores vão julgar as contas da ex-prefeita Madalena Hoffmann (PSDB), do exercício de 2010, com parecer do TCM e MPPA contrário à aprovação
Madalena Hoffmann(PSDB) teve multas aplicadas pelo TCM e pode ficar inelegível em 2020.
O TCM [Tribunal de Contas dos Municípios) através do Conselheiro Sebastião César Leão Colares oficializou  em 17 de Dezembro de 2019, a  Câmara de Vereadores de Novo Progresso-PA, para realizar sessão de julgamento das contas “Tramitadas e Julgadas da Prefeitura Municipal de Novo Progresso  referente a ano de 2010,  de responsabilidade da ex-prefeita Madalena Hoffmann (PSDB). Os 9 (nove) Vereadores vão votar as contas tendo em suas mãos relatórios do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e do Ministério Público Estadual do Pará (MPPA) apontando irregularidades, e parecer pela não aprovação das referidas contas.

Leia mais:Ex-prefeita é condenada a devolver mais de R$ 2 milhões por obras pagas e não feitas

Madalena Hofmann(PSDB)  foi prefeita de Novo Progresso no período de 2008 a 2012 e foi convidada pelo Governador de Estado Helder Barbalho com articulação do MDB de Novo Progresso  para disputar a eleição do ano que vem, mas em uma possível reprovação de suas contas, ela poderá ficar fora do páreo.

Helder Barbalho , ex-prefeita Madalena HoffmaNn(PSDB) e vice prefieto Gelson Dill (MDB)
Helder Barbalho, ex-prefeita Madalena Hoffman(PSDB) e vice prefeito Gelson Dill (MDB)

A Câmara terá um prazo de noventa (90) dias a contar do recebimento das contas, o  presidente da Comissão de Finanças e Orçamento vai instalar o processo e abrir ampla defesa para a ex-prefeita.

Professor Gilberto (Foto:Reprodução)
Professor Gilberto (Foto:Reprodução)

O Vereador Professor Gilberto Também teve as contas reprovadas de quando assumiu a pasta da educação no governo da ex-prefeita Madalena e pode ficar inelegível. Leia mais:Professor Gilberto tem contas reprovadas pelo TCM de R$ 1,6 milhões da educação de Novo Progresso

Leia mais:Ex-prefeita é condenada a devolver mais de R$ 2 milhões por obras pagas e não feitas

Na desaprovação pelo TCM/PA , consta nos autos que no mandato da  então prefeita Madalena, autorizou quase R$ 2,5 milhões em obras sem ser executadas, além de gastar com o funcionalismo acima do valor permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal e repasse maior ao Legislativo.

Atualizada dia 28/12/2019 ás 09:43:26

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: