Temer recebe representantes da indústria mato-grossense e promete conclusão da BR-163

image_pdfimage_print

Industriais mato-grossense foram recebidos, hoje, pelo presidente Michel Temer e entregaram um documento indicando as ações prioritárias para o fortalecimento da indústria, visando o desenvolvimento econômico e social de Mato Grosso. Uma das principais é a conclusão da pavimentação da BR-163 (de trechos de aproximadamente 200 km no Pará e elimar trechos criticos de acesso aos portos) com uma solução definitiva para a concessão da rodovia. O pedido obteve a garantia, por parte do presidente, para conclusão. Não foi mencionado quando.

“Ele afirmou que essa rodovia é prioridade absoluta e que a conclusão é apenas questão de tempo, em função dos procedimentos operacionais”, disse o presidente em exercício da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), Helmute Hollatz. O término da pavimentação da BR-158, no Araguaia, e também da BR-174 e MT-208 (entre Juina e Aripuanã) também integraram a pauta da reunião. “A industrialização é a próxima grande onda do crescimento mato-grossense”, comenta Helmute Hollatz. “O Estado precisa de um olhar especial do Governo Federal, pois já temos uma contribuição expressiva para o PIB nacional em decorrência do agronegócio e agora é o momento de intensificar a industrialização da nossa produção. Com as condições certas, nós podemos garantir a elevação do PIB”, afirma.

As prioridades da indústria mato-grossense foram enumeradas a partir da contribuição de diversos sindicatos ligados à Fiemt, bem como dos conselhos temáticos da entidade cobrando solução para o transporte ferroviário em Mato Grosso, viabilizando a saída da produção pelo Pacífico. Isso inclui a extensão da ferrovia Vicente Vuolo de Rondonópolis a Cuiabá, a conclusão da Ferrovia de Integração do Centro Oeste (Fico), que cortará Mato Grosso no sentido Leste-Oeste, e incentivo à implantação da Ferrovia do Grão (Ferrogrão), que levará a produção do Estado diretamente ao porto de Miritituba, no Pará. Sobre essa questão, Temer afirmou que vai buscar investidores estrangeiros para viabilizar as obras.

O documento cita ainda a necessidade de gestão junto à Bolívia para garantir a renovação do contrato de fornecimento de gás natural, além da conclusão da pavimentação da estrada que liga Cuiabá a Santa Cruz de La Sierra – que ainda possui em trecho sem asfalto do lado boliviano. A promoção de apoio para a implantação da Zona de Processamento de Exportações (ZPE) de Cáceres também foi incluída na pauta.

Do ponto de vista tributário, Hollatz explica que Temer acolheu bem a solicitação da criação de um sistema de tributação progressiva para empresas egressas do Simples Nacional. “Hoje, se uma empresa deixa o Simples, existe uma diferença que é um verdadeiro abismo na incidência de tributos. O presidente foi muito receptivo quanto a essa questão e sinalizou que existe a possibilidade de viabilizar esse escalonamento em breve. Ele reafirmou ainda seu comprometimento com as reformas, que são fundamentais para a retomada do crescimento do país”, informa. Ampliação do acesso ao crédito e redução de juros também foram discutidas na reunião.

Para o presidente da Fiemt, a audiência permitiu o acesso direto de representantes do setor ao presidente. “Eram somente empresários, todos com um interesse comum: o desenvolvimento do país. Foi muito produtivo”, conclui, Hollatz, que estava acompanhado do diretores da Fiemt, Edgar Teodoro Borges, Elias Correia Pedrozo e Alexandre Furlan e o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, informa a assessoria. O encontro com Temer foi articulado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em conjunto com o Departamento Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi) e incluiu também representantes das federações de Rondônia, Roraima e do Tocantins.

Fonte: Só Notícia.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: