‘Tirei a pele do rosto com a faca’, confessa homem que matou mulher

image_pdfimage_print

Criminosos confessaram que a ideia inicial seria esquartejar a vítima e esconder pedaços do corpo em diferentes buracos. |Foto: Reprodução

Ele confessou ter retalhado o rosto de Rúbia para dificultar a identificação.

Os detalhes do assassinato de Rúbia Alves Ferreira, 35 anos, chocaram os policiais civis da 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), no Distrito Federal, que investigam o caso. As informações são do portal Metrópoles.

A dupla, presa preventivamente, confessou ter retalhado o rosto de Rúbia e removido a pele para dificultar a identificação da vítima.

Segundo os criminosos, de 31 e 21 anos, o furto do aparelho celular de um deles, supostamente cometido por Rúbia, teria provocado o crime bárbaro. Ela teria vendido o telefone para comprar pedras de crack.

Segundo o delegado-chefe da 27ª DP, Pablo Aguiar, a dupla decidiu que mataria a vítima, cuja ideia inicial “seria esquartejá-la, enterrando cada pedaço do corpo em diferentes buracos”.

Ainda de acordo com o delegado, a dupla confirmou que usou uma faca e que “o objetivo era dificultar uma possível identificação, caso o corpo fosse descoberto”.

O delegado explicou ainda que os criminosos não conseguiram completar o plano macabro em razão do consumo de drogas. “Eles falaram que haviam consumido muito crack e Rouphynol e não tiveram condição de desmembrar o corpo”, revelou o chefe da 27ª DP.

Esfaqueamento

Segundo os suspeitos, ambos atraíram a vítima para o terreno baldio com o pretexto de consumirem drogas. No local, um deles segurou Rúbia pelas costas, enquanto o outro desferiu as facadas. Em seguida, removeram a pele do rosto da vítima e fugiram do local levando a faca usada no crime e o casaco da vítima.

Quando o cadáver de Rúbia foi localizado, o crânio estava completamente sem pele ou traços de sangue, como se os tecidos e o couro cabeludo tivessem sido removidos.

Com informações do portal Metrópoles

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: