Veja três formas inteligentes de gastar seu 13º salário

image_pdfimage_print

A recomendação é aproveitar o momento para trabalhar com o dinheiro de forma eficiente. | Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Pagar dívidas, comprar presentes ou investir? Saiba como fazer cada uma delas de forma segura!

A pandemia da Covid-19 impactou profundamente a economia mundial, especialmente a de milhões de brasileiros. Não a toa a chegada do 13º salário em novembro seja tão aguardada, sendo considerada por muitos a responsável que vai garantir um pouco mais de “respiro” em meio a tanto aperto.

Confira abaixo três dicas de especialistas e saiba como gastar corretamente esse dinheirinho extra:

1 – Pagar dívidas

Apesar de ser o primeiro da lista, os especialistas recomendam que nenhum dinheiro extra deveria ser utilizado para quitar dívidas.

“O correto é planejar e ter compromissos financeiros que caibam no orçamento mensal”, avalia Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). “Nesse ano se abre uma exceção, mas não se deve sair correndo para ajustar as contas, é preciso entender o que se deve, qual o real fôlego para negociação e buscar credores”, sugere.

2 – Fazer compras de fim de ano

O ano se encerra e, com ele, chegam datas comemorativas como natal e ano novo, momento oportuno para muitos trocarem presentes ou garantir uma ceia farta entre amigos e família. Segundo o especialista, usar o 13º salário para esses fins não é errado, uma vez que ajuda a aliviar a tensão causada pela pandemia.

“Mas é importante que isso já tenha sido programado. Se puder inserir as despesas com a ceia de natal e os presentes já no orçamento financeiro mensal e poupá-lo,

melhor ainda”, aconselha.

3 – Investir

Se você é o tipo que está no azul, mas que também não poupa nada do que ganha, a hora para fazer diferente é agora! Que tal experimentar investir o dinheiro e criar uma reserva financeira? Domingos defende que pessoas que estão nessa “zona de conforto” devem ficar em alerta para que ajam com consciência.

“Um passo em falso pode levá-los ao endividamento e até à inadimplência, uma vez que não possuem nada com o qual se apoiar”, aconselha.

Por:Com informações de divulgação

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: