Volpi pega 2 pênaltis, e São Paulo goleia o Flamengo no Maracanã

image_pdfimage_print

O São Paulo conquistou uma vitória histórica neste domingo, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Visitando o Flamengo no estádio do Maracanã, em um confronto direto pelas primeiras colocações da competição, o time comandado por Fernando Diniz até saiu atrás, logo aos cinco minutos, mas mostrou poder de reação para virar o jogo e contou com Tiago Volpi em um dia iluminado, defendendo dois pênaltis, para garantir a goleada por 4 a 1. Tchê Tchê, Brenner, Reinaldo, de pênalti, e Luciano balançaram as redes para os visitantes. Pedro foi quem marcou o gol do Mengão.

Com o resultado, o São Paulo foi a 30 pontos e se manteve na quinta colocação do Campeonato Brasileiro, porém, com três jogos a menos que os demais concorrentes. Caso o vença as partidas adiadas contra Goiás, Ceará e Botafogo, o Tricolor será líder do torneio.

O Flamengo, por sua vez, perdeu a oportunidade de assumir a liderança do Brasileirão e ter a chance de garantir o título simbólico de campeão do primeiro turno. Com 35 pontos, o time comandado por Domenec Torrent terá de torcer por um tropeço do Atlético-MG, nesta segunda-feira, contra o Palmeiras, para não perder a segunda colocação na tabela.

O jogo – O Flamengo precisou de cinco minutos para abrir o placar no Maracanã. Vitinho subiu mais alto que a marcação e tocou para Pedro, que ganhou de Bruno Alves, levou para a perna esquerda e bateu de chapa, da entrada da área, no cantinho, sem chances para Tiago Volpi, que até se esticou todo para fazer a defesa, mas não conseguiu evitar que a bola parasse no fundo das redes.

Atrás no placar, o São Paulo não demorou muito para reagir. Aos 17 minutos, Gabriel Sara recebeu de Reinaldo pela esquerda e fez o cruzamento, encontrando Tchê Tchê, que dominou, ajeitou e bateu colocado, no ângulo, tirando do goleiro Hugo Souza para empatar a partida.

Só que o Flamengo era superior e chegava ao ataque com certa facilidade. Aos 25, Everton Ribeiro passou por Bruno Alves e, ao invadir a área, foi impedido por Diego Costa, que derrubou o jogador. Após o auxílio do VAR, o árbitro marcou pênalti. Bruno Henrique foi para a cobrança, mas Tiago Volpi fez a defesa, fazendo jus à fama de pegador de pênaltis.

Enquanto o Flamengo dominava as ações ofensivas, o São Paulo tentava aproveitar os contra-ataques, com bolas em profundidade. Aos 43, Gabriel Sara recebeu uma dessas pela direita, conduziu, levou para o meio e bateu buscando o ângulo, cruzado, mas faltou capricho. Pouco depois, no entanto, Brenner foi mais feliz. Reinaldo levantou na área, Gustavo Henrique cortou mal, e a bola sobrou para o atacante pegar de primeira e estufar as redes, virando o jogo para o Tricolor no finalzinho do primeiro tempo e chegando ao seu 14º gol na temporada, confirmando sua ótima fase.

Segundo tempo

Na etapa complementar foi o São Paulo quem começou com tudo. Logo aos dois minutos, Gabriel Sara recebeu passe em profundidade de Tchê Tchê, invadiu a área e bateu cruzado, mas Hugo Souza fez a defesa. Depois, aos sete, foi a vez de Reinaldo soltar a bomba de fora da área e forçar outra grande defesa do goleiro do Flamengo.

De tanto insistir, o Tricolor acabou premiado aos dez minutos. Após cobrança de escanteio, Bruno Alves tocou na bola primeiro que Gustavo Henrique e foi atingido pelo zagueiro rubro-negro. O juiz, com auxílio do VAR, marcou pênalti. Na cobrança, Reinaldo não desperdiçopu batendo forte para fazer 3 a 1.

Só que a confortável vantagem do São Paulo não ficou ameaçada por pouco tempo. Aos 16 minutos, Gerson fez linda jogada individual dentro da área e foi derrubado por Daniel Alves. O árbitro não titubeou e marcou o terceiro pênalti da partida. Pedro foi para a cobrança, mas Tiago Volpi defendeu mais uma.

Daí em diante o Flamengo se jogou com tudo para o ataque na intenção de, ao menos, empatar o jogo. Aos 26 minutos, Vitinho teve excelente oportunidade para descontar, batendo de dentro da área, mas a defesa são-paulina travou na hora “h”. Depois, aos 31, João Gomes recebeu de Bruno Henrique após vacilo de Diego Costa e carimbou o travessão de Tiago Volpi.

Mas, como quem não faz, toma, o Flamengo acabou castigado já na reta final do jogo, aos 37 minutos, quando Luciano recebeu lançamento de Tiago Volpi, levou a melhor sobre a marcação e, já de dentro da área, bateu rasteiro, sem chances para Hugo Souza, sacramentando a inusitada goleada tricolor em pleno Maracanã.

Por:Gazeta Esportiva (foto:Rubens Chiri/assessoria)
01/11/2020 17:13

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: