Corinthians é goleado e cai na Copa Sul-Americana com duas rodadas de antecedência

O Corinthians chegou em Montevidéu ciente de que sua situação no Grupo E da Copa Sul-Americana era difícil. Muito por isso, Vagner Mancini optou por preservar alguns de seus titulares.

O que o técnico não imaginava, certamente, é que a equipe passasse vergonha no Uruguai. Mas, foi o que aconteceu na noite desta quinta-feira. O Peñarol, que já havia vencido o Timão em Itaquera, goleou por 4 a 0 e confirmou a eliminação do Corinthians do torneio continental com duas rodadas de antecedência, ainda na fase de grupos.

Álvarez Martínez foi o nome do jogo, com três gols. Canobbio também deixou o seu. Os donos da casa, no Estádio Campeón del Siglo, ainda mandaram uma bola na trave e viram Cássio fazer uma grande defesa.

Por outro lado, o Corinthians, autor de um primeiro tempo assustador, também chegou a mandar uma bola na trave, aliás, duas. Uma com Roni e outra com Otero. Mosquito também teve uma boa oportunidade, mas esses lances significaram pouco diante da atuação passiva e defeituosa da equipe alvinegra.

O resultado deixou o Corinthians na terceira colocação do Grupo E, com quatro pontos, já sem chance de classificação. O Peñarol ficou muito perto de se garantir nas oitavas de final, com 12 pontos, ou seja, 100% de aproveitamento. O River Plate-PAR, também nesta quinta, fez 2 a 1 sobre o Huancayo, manteve os peruanos zerados e chegou aos sete pontos, na segunda posição.

O Corinthians ainda terá dois jogos para fazer, ambos em casa, contra Huancayo e River Plate, antes de se despedir melancolicamente da Sul-Americana.

Se serve de alento, no próximo domingo, na Neo Química Arena, o Corinthians disputará a semifinal do Campeonato Paulista, ainda sem horário e adversário definidos.

Por:Gazeta Esportiva (foto: Rodrigo Coca/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/prouni-encerra-hoje-13-o-prazo-para-apresentacao-de-documentos/

 




Atlético-MG bate o América de Cali e se classifica na Libertadores

Na noite desta quinta-feira, pela quarta rodada da Copa Libertadores da América de 2021, o Atlético-MG derrotou o América de Cali, da Colômbia, por 3 a 1, fora de casa, e garantiu uma vaga nas oitavas de final do torneio.

Apesar do ótimo resultado para os brasileiros, a partida foi marcada por um grande clima de tensão. Isso porque, do lado de fora do estádio Romelio Martínez, diversos manifestantes entraram em conflito com a polícia. Os protestos são contra a reforma tributária do governo colombiano. Apenas no primeiro tempo, o duelo foi interrompido quatro vezes em função do gás lacrimogênio que vinha das ruas ao redor da arena.

A princípio, o embate seria em Bucaramanga, mas a Conmebol transferiu o jogo para Barranquilla justamente por conta das intensas manifestações na capital do departamento de Santander. A mudança, no entanto, não surtiu efeito.

Com o triunfo obtido nesta noite, portanto, o Galo se classificou para as oitavas de final da Libertadores. Faltando duas rodadas para o fim da fase de grupos, o Atlético lidera a chave H, com dez pontos, três a mais que o vice-líder Cerro Porteño e sete a mais que o La Guaira, terceiro colocado. O América, por sua vez, está na lanterna, com apenas um.

O Jogo – Com a bola rolando, os brasileiros saíram na frente logo aos 20 minutos da primeira etapa. Após bom cruzamento de Nacho Fernández, Hulk se antecipou a marcação e testou firme para marcar o seu quinto gol na Libertadores de 2021.

A resposta dos anfitriões, no entanto, foi rápida. Aos 23, Carrascal recebeu em velocidade e tocou para Santiago Moreno, que driblou a marcação e bateu no cantinho de Everson para deixar tudo igual.

Aos 51, o Galo quase voltou a liderar o placar. Keno recebeu ótimo passe de Nacho na entrada da pequena área e finalizou, mas Graterol realizou ótima defesa para evitar que a bola entrasse. Na sequência, o arqueiro voltou a aparecer, dessa vez em arremate de Nacho.

Já no segundo tempo, o Atlético enfim conseguiu vazar o goleiro venezuelano. Aos oito, Guilherme Arana recebeu cruzamento de Savarino e chutou de primeira para marcar um belo gol. Vinte minutos depois, Tchê Tchê enfiou boa bola para Keno, que cortou o zagueiro e bateu firme para mais uma intervenção do arqueiro.

Do outro lado, o América assustou aos 31, quando Luis Paz carimbou a trave após aproveitar a sobra de bola na entrada da área. Minutos depois, Everson executou difícil defesa em perigosa cabeçada de Ortiz.

Já aos 51, Vargas recebeu bom passe de Tardelli, chapelou o goleiro e mandou para as redes com estilo para decretar a vitória e a classificação atleticana.

Por:Gazeta Esportiva (foto: Pedro Souza/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/prouni-encerra-hoje-13-o-prazo-para-apresentacao-de-documentos/




Grêmio vence o Lanús e fica muito perto da classificação na Copa Sul-Americana

Mesmo sem poder contar com alguns jogadores importantes, o Grêmio jogou melhor e derrotou o Lanús por 3 a 1, na Arena do Grêmio.

Com a vitória nesta noite de quinta-feira, o tricolor gaúcho só precisa de um empate em dois jogos restantes para garantir sua vaga para a próxima fase da Copa Sul-Americana.

Agora, o Grêmio é líder disparado do grupo H, com 12 pontos em quatro jogos. O Lanús está em terceiro, com apenas seis pontos.

As duas equipes voltam a campo pela Copa Sul-Americana na próxima quinta-feira, às 21h30 (de Brasília). O Grêmio viaja e enfrenta o Aragua no Estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela. Enquanto isso, o Lanús recebe o La Equidad no La Fortaleza, na Argentina.

O jogo – O primeiro tempo da partida começou elétrico, com dois gols nos primeiros cinco minutos. Primeiro, Ferreira fez boa jogada e cruzou para Matheus Henrique completar para as redes de Morales, aos 2 minutos. Três minutos depois, o Lanús deu o troco também em jogada aérea. De la Vega cobrou escanteio e encontrou a cabeça de Burdisso.

Os gaúchos seguiram jogando melhor, com mais posse de bola e trabalhando bem as jogadas. Aos 26 minutos, foi a vez de Ferreira tabelar com Rafinha e encontrar o gol para colocar seu time de novo na frente do placar. A notícia preocupante da noite foi a saída de Thiago Santos, que sentiu lesão e foi substituído por Maicon ainda no final dos primeiros 45 minutos.

Os argentinos voltaram melhores para o segundo tempo e passaram a ameaçar o gol defendido por Brenno com mais frequência. Uma das melhores chances dos visitantes poderia ter sido aos 15 minutos com Sand, mas Geromel se adiantou, impediu o chute e salvou o Grêmio.

Para mudar o panorama da partida, Tiago Nunes promoveu três substituições e renovou o sangue no ataque gremista. Diego Souza entrou bem e fez ótima jogada como pivô, servindo Ferreira aos 33 minutos. O camisa 11 fez seu segundo da partida e garantiu o bom resultado para os donos da casa.

Por:Gazeta Esportiva (foto: Lucas Uebel/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/prouni-encerra-hoje-13-o-prazo-para-apresentacao-de-documentos/

 




São Paulo perde pênalti, empata com Rentistas e desperdiça chance de classificação

O São Paulo perdeu uma grande chance de se classificar antecipadamente às oitavas de final da Copa Libertadores.

O time comandado por Hernán Crespo entrou em campo nesta quarta-feira, contra o Rentistas, no estádio Centenário, precisando de uma simples vitória para confirmar a vaga na próxima fase do torneio continental, mas desperdiçou pênalti, não aproveitou as oportunidades criadas e acabou tendo de se conformar com o empate em 1 a 1. Orejuela balançou as redes para o Tricolor. Lamas igualou para os donos da casa.

Estreante da noite, Orejuela não atuava desde dezembro do ano passado, mas não sentiu tanto a falta de ritmo de jogo e teve uma boa atuação pela lateral direita. Apesar do empate, o São Paulo segue como líder do Grupo E e garantirá a classificação às oitavas de final se vencer seu próximo compromisso na Libertadores, na próxima terça-feira, contra o Racing, no Morumbi.

O Rentistas, por sua vez, segue vivo na competição, mas cada vez com menos chances de figurar no mata-mata da Libertadores. Com três pontos, os uruguaios precisam vencer os dois jogos restantes da chave e torcer para que o São Paulo ou Racing não somem pontos nessas últimas rodadas.

O jogo – O São Paulo mostrou que não estava para brincadeira logo no início de jogo. Aos quatro minutos, Igor Gomes cobrou escanteio, e Orejuela, estreante da noite, apareceu no primeiro pau para completar de cabeça, encobrindo o goleiro do Rentistas para abrir o placar no estádio Centenário.

O Rentistas respondeu dois minutos depois. Rodríguez arrematou de cabeça após cobrança de falta e exigiu boa defesa de Lucas Perri. Aos 12 minutos, porém, o goleiro são-paulino não conseguiu evitar o empate. A defesa tricolor não conseguiu afastar o cruzamento na área em cobrança de escanteio, e a bola sobrou para Lamas pegar de primeira e estufar as redes.

Daí em diante o time comandado por Hernán Crespo até controlou o jogo, longe do risco da virada, mas faltava algo a mais no ataque. O São Paulo teve chances com Rojas, Welington e Vitor Bueno, mas nenhum deles conseguiu concluir com maestria, e acabaram tendo de ir para o intervalo com o empate parcial em Montevidéu.

Na etapa complementar o São Paulo precisou de poucos segundos para se colocar em posição de retomar a frente no placar. Logo no primeiro minuto o Tricolor ganhou um pênalti após Rojas tentar o cruzamento e ver a bola carimbar a mão de Sosa. Vitor Bueno foi para a cobrança, mas o goleiro do Rentistas fez a defesa, frustrando os planos de Crespo e seus comandados. O Rentistas respondeu no minuto seguinte. Salomón Rodríguez apareceu livre no meio da área para completar o cruzamento de primeira e tirar tinta da trave de Lucas Perri.

Querendo a vitória a qualquer custo, o São Paulo continuou em cima dos donos da casa. Aos nove minutos, Orejuela fez boa jogada pela linha de fundo e cruzou na área, mas pegou mal na bola e quase encobriu o goleiro rival. Depois, foi a vez de Vitor Bueno aproveitar o vacilo da zaga do Rentistas, roubar a bola e bater forte, mas foi travado.

Na reta final do jogo, o São Paulo ainda teve três últimas chances de voltar para o Brasil com a classificação para as oitavas de final da Libertadores, mas faltou sorte. Primeiro, Rodrigo Nestor saiu fazendo fila na defesa do Rentistas, invadiu a área e bateu forte, mas Rossi fez a defesa. Seria um gol de placa. Depois, Welington decidiu experimentar de longe, mas o goleiro do Rentistas novamente fez grande defesa. Já aos 45 minutos, os uruguaios recuaram para o goleiro dentro da área, e o árbitro assinalou recuo, marcando tiro livre indireto. Hernanes foi para a cobrança, mas o zagueiro tirou praticamente debaixo da trave, evitando a classificação tricolor no estádio Centenário

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: Rubens Chiri/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/enfermeiros-se-dedicam-a-profissao-pelo-amor-ao-proximo/

 




Fluminense vira sobre o Santa Fe e lidera grupo na Libertadores

O Fluminense sofreu, mas venceu por 2 a 1 o Independiente Santa Fé-COL, nesta quarta-feira, no Maracanã.

Com o resultado, os tricolores chegaram aos oito pontos e assumiram a liderança isolada do grupo D da Libertadores. Já os colombianos, com dois, ficaram longe da classificação.

O Fluminense foi dominado no primeiro tempo, mas conseguiu segurar o empate. Na etapa final, o Santa Fé abriu o placar com Gonzalez. No entanto, os tricolores viraram com gols de Fred e Caio Paulista.

Na próxima rodada, o Fluminense recebe o Júnior-BRA, no Maracanã, na terça-feira. No dia seguinte, o Santa Fé encara o River Plate-ARG, em Buenos Aires.

O jogo – O confronto começou aberto, com as duas equipes em busca do ataque. O Independiente Santa Fé teve a primeira boa chance, aos 12 minutos. Osorio foi lançado na área, mas Marcos Felipe saiu em cima do meia para abafar a finalização. Depois, Ramos cruzou, só que Giraldo e Gonzalez subiram junto e se atrapalharam.

O Fluminense errava muitos passes e não conseguia criar boas chances de gol. Com isso, o Santa Fé seguia tendo o controle da partida, mas só voltou a assustar aos 38 minutos. Após novo cruzamento, González cabeceou na rede pelo lado de fora. Em seguida, foi a vez de Porras chutar para boa defesa de Marcos Felipe. Assim, o duelo permaneceu igual até o intervalo.

No segundo tempo, o Santa Fé voltou com tudo e quase marcou no primeiro tempo. Ramos chutou no ângulo, mas Marcos Felipe fez grande defesa. Só que o Fluminense respondeu em seguida. Gabriel Teixeira aproveitou cruzamento e finalizou para boa defesa de Castellanos.

De tanto insistir, os visitantes abriram o placar aos 12 minutos. Gonzalez foi lançado e chutou sem chance para Marcos Felipe.

Só que o Fluminense chegou ao empate aos 14 minutos. Kayky tocou para Fred na área e o atacante mandou para a rede.

O gol animou os tricolores, que equilibraram a partida. Tanto que aos 31 minutos, os donos da casa viraram o jogo no Maracanã. Caio Paulista foi lançado na área e tocou na saída de Castellanos.

Na parte final, o Fluminense ainda teve chance de ampliar com Bobadilla. Só que o atacante viu Ramos salvar o Santa Fé em cima da linha. Mesmo assim, os tricolores conseguiram segurar a vitória no Maracanã.

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: Lucas Merçon/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/enfermeiros-se-dedicam-a-profissao-pelo-amor-ao-proximo/

 




Corinthians goleia a Inter de Limeira e avança à semifinal do Paulista

O Corinthians está classificado para a semifinal do Campeonato Paulista pela sétima vez consecutiva.

Nesta terça-feira, pelas quartas de final do torneio, o Timão derrotou a Inter de Limeira por 4 a 1, em casa, e avançou de fase.

A equipe do técnico Vagner Mancini foi amplamente superior na Neo Química Arena. Completando 400 partidas com a camisa alvinegra, Fagner abriu o placar logo aos nove minutos do primeiro tempo. Na etapa complementar, o zagueiro Jemerson marcou duas vezes, uma aos 13 e outra aos 32, e Raul Gustavo, aos 47, decretou o triunfo. Do outro lado, Thalisson descontou.

O Corinthians volta a campo agora nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), quando visita o Peñarol, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. No domingo, o desafio será pela semifinal do Estadual. O adversário, no entanto, só será conhecido na sexta-feira, quando todos os jogos das quartas de final se encerram.

O jogo – Os anfitriões iniciaram a primeira etapa apertando os adversários. Com isso, não demorou para sair o primeiro gol. Com o relógio marcando apenas nove minutos, Lucas Piton tabelou com Luan e cruzou na medida para Fagner, que chegou batendo de primeira para abrir o placar. O tento, aliás, foi bastante comemorado pelo time, já que o lateral completou 400 jogos com a camisa alvinegra justamente nesta tarde.

Em vantagem, o Timão seguiu melhor em campo, pressionando a saída de bola e inibindo a construção ofensiva dos rivais. A melhor chance do Leão saiu aos 25. Após cobrança de falta, Roger desviou e exigiu defesa tranquila de Cássio.

Do outro lado, o Corinthians quase ampliou aos 37. Piton foi acionado por Gabriel pela esquerda e levantou na área. Luan subiu sem marcação, mas acabou testando por cima da meta. O camisa 7, inclusive, até chegou a balançar as redes em outro lance, mas o gol foi anulado após a bandeirinha flagrar a saída de bola.

Na volta do intervalo, os visitantes até esboçaram uma pressão em busca da igualdade. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Deivid na entrada da pequena área, porém o volante chutou mal e desperdiçou a chance.

E o tento perdido custou caro. Isso porque, com 13 minutos, Jemerson ampliou o marcador. Luan recebeu na entrada da área e, de cabeça, encontrou um grande passe para o zagueiro, que tocou na saída do goleiro para balançar as redes.

A vantagem, no entanto, logo voltou a ser de apenas um gol. Aos 18, Rondinelly cruzou rasteiro da esquerda e Thalisson se atirou na bola para descontar. Entretanto, a reação foi interrompida por mais um tento corintiano. Aos 32, Fagner cobrou escanteio, João Victor desviou e Jemerson recebeu livre. O zagueiro, então, dominou e tocou no cantinho de Jefferson para marcar o seu segundo gol.

No último minuto, ainda deu tempo de Raul Gustavo deixar a sua marca e decretar a goleada.

Por:Gazeta Esportiva (foto: Rodrigo Coca/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/primeira-competicao-infantil-internacional-da-happy-code-e-sobre-educacao-financeira/

 




Santos vence o Boca em estreia com expulsão de Diniz e segue vivo na Libertadores

O Santos venceu o Boca Juniors (ARG) por 1 a 0 na noite desta terça-feira, na Vila Belmiro, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

Na estreia do técnico Fernando Diniz com expulsão, o Peixe chegou à vitória com um golaço de Felipe Jonatan no primeiro tempo.O Alvinegro passou o Boca e agora é o segundo e na zona de classificação às oitavas de final, atrás apenas do Barcelona (EQU). O The Strongest é o lanterna.

Vale lembrar que o Santos jogou contra o São Bento no último domingo para se salvar do rebaixamento. Dois dias depois, o time teve dificuldade, mas correu muito e conseguiu vencer o Boca Juniors.

O Santos voltará a campo para enfrentar o The Strongest na próxima terça-feira, na altitude da Bolívia. O Boca Juniors receberá o Barcelona (EQU) na Argentina no dia 20. O Santos foi pior que o Boca Juniors na maior parte do tempo. Os visitantes tiveram a posse de bola e ganharam todas as divididas. Mas o Peixe surpreendeu.

Depois de 40 minutos truncados e de poucas chances, o gol saiu. E foi de quem menos estava jogando… Com dedo de Fernando Diniz, Gabriel Pirani dobrou com Ângelo pela direita e abriu espaço para Pará pelo meio. Kaio Jorge foi acionado e cruzou: a bola passou por toda a área e sobrou para Felipe Jonatan, que teve frieza para driblar e deslocar Rossi. 1 a 0 no placar.

Logo no primeiro lance da etapa final, o Santos teve um pênalti não marcado. Felipe Jonatan cruzou, Kaio Jorge dominou mal e Izquierdoz tocou com a mão na bola. Sem VAR, árbitro nada assinalou.

Aos 5, Tévez recebeu uma bola longa e João Paulo ficou no meio do caminho. O atacante tentou encobrir o goleiro e quase fez um golaço.

No minuto 22, os técnicos Fernando Diniz e Miguel Ángel Russo discutiram. O clima continuou tenso, com discussões entre os jogadores, até ambos os treinadores serem expulsos.

A partida continuou muito tensa até o fim, mas poucas chances foram criadas. No fim das contas, vitória na raça do Santos, que segue vivo na Libertadores da América.

Por:Gazeta Esportiva (foto: assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/primeira-competicao-infantil-internacional-da-happy-code-e-sobre-educacao-financeira/

 




Internacional vacila e toma a virada para o Deportivo Táchira

Mesmo jogando melhor na maior parte do tempo, o Internacional deixou o Deportivo Táchira virar o jogo na Venezuela e complicou sua vida na Libertadores.

Com a derrota por 2 a 1, os gaúchos viram sua liderança ficar ameaçada e terão que levar com muita seriedade os últimos dois jogos da primeira fase.

O Internacional segue provisoriamente na primeira colocação do grupo B, com seis pontos. Agora, o Táchira também está com seis pontos, mas em terceiro, atrás também do Always Ready.

Pela próxima rodada, o Táchira segue jogando no Pueblo Novo e recebe o Always Ready. A partida acontece na próxima quarta-feira, às 23 horas (de Brasília). O Internacional segue jogando fora de casa e visita o Olimpia. As equipes se enfrentam no Defensores del Chaco, às 21 horas da quinta-feira.

O jogo – Mesmo sem conseguir efetivamente marcar contra os donos da casa, quem jogou melhor o primeiro tempo foi o Internacional. A equipe comandada por Ramírez teve mais posse de bola e jogou por mais tempo no campo de ataque dos adversários. As melhores oportunidades para os gaúchos vieram dos pés de seus atacantes Thiago Galhardo e Taison.

O Táchira se contentou em jogar pelo contra-ataque e aproveitar as linhas de marcação adiantadas. A melhor oportunidade para os donos da casa veio aos 22 minutos, com ótimo passe em profundidade que Góndola não conseguiu transformar em gol.

O Internacional voltou para o segundo tempo decidido a vencer a partida e conseguiu um pênalti logo aos 6 minutos. Cuesta teve sua camisa puxada e quase arrancada por Granados e a penalidade máxima foi convertida por Thiago Galhardo.

O golpe acordou o Táchira, que partiu para cima do Internacional e levou muito perigo aos 20 minutos, exigindo ótimas defesas de Lomba e Dourado. Tanta pressão resultou no empate dos venezuelanos. Aos 31 minutos, Nelson Hernández aproveitou bola rebatida de Zé Gabriel e marcou.

E em uma bobeada veio a virada dos venezuelanos. Aos 40 minutos, Edenilson e Lomba não se entenderam na proteção de um recuo de bola e o goleiro do Inter acabou fazendo pênalti em cima de Angarita. Na cobrança, Cova garantiu os três pontos.

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: Ricardo Duarte/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/primeira-competicao-infantil-internacional-da-happy-code-e-sobre-educacao-financeira/

 




Palmeiras vence o Del Valle no Equador e garante vaga nas oitavas da Libertadores

Nesta terça-feira, o Palmeiras visitou o Independiente del Valle e venceu por 1 a 0, no Estádio Casa Blanca, em jogo válido pela quarta rodada do grupo A da Libertadores.

Com um gol de pênalti marcado por Raphael Veiga, o Verdão garantiu a sua vaga nas oitavas de final da competição.

O primeiro tempo foi de muita disputa, mas pouco futebol. Na única chegada, o Palmeiras marcou, com Raphael Veiga batendo pênalti. O panorama não mudou na etapa final, com o Del Valle dominando a posse, mas parando no sólido sistema defensivo do Verdão.

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 12 pontos, na liderança isolada do grupo. Na sexta-feira, o time enfrenta o Red Bull Bragantino, fora de casa, às 19h30, pelas oitavas do Paulistão. O próximo compromisso do Alviverde pela Libertadores é contra o Defensa y Justicia, no Allianz Parque, na terça da semana que vem, às 19h15. Enquanto isso, o Del Valle estacionou nos quatro pontos, na terceira colocação.

O jogo – O primeiro tempo foi muito travado no Estádio Casa Blanca, com as duas equipes apresentando muitas dificuldades para criar. Na primeira chegada com maior perigo, apenas aos 42 minutos, o Palmeiras conseguiu abrir o placar. Luiz Adriano recebeu passe de Patrick de Paula, foi derrubado pelo goleiro, e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Raphael Veiga mandou no meio do gol para marcar.

O segundo tempo teve o mesmo cenário: Del Valle tinha a bola, enquanto o Palmeiras se defendia em um bloco baixo. O time equatoriano teve muita posse de bola, mas o paredão montado por Abel Ferreira conseguiu neutralizar a grande maioria das chegadas dos mandantes.

Em uma escapada do Verdão, Rony arrancou com a bola desde a intermediária, invadiu a área e finalizou para a defesa de Ramírez. Na sequência, o Del Valle teve uma falta na entrada da área. Pedro Vite bateu, e a bola passou muito perto do ângulo direito. De fora da área, Favarelli arrematou e exigiu boa defesa de Weverton. Tranquilo, o Alviverde segurou o resultado e carimbou a vaga na próxima fase da Libertadores.

Por:Gazeta Esportiva (foto: César Greco/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/primeira-competicao-infantil-internacional-da-happy-code-e-sobre-educacao-financeira/

 




Flamengo empata com o La Calera no Chile pela Libertadores

Mesmo após sair perdendo por 2 a 0 o Flamengo reagiu e empatou por 2 a 2 com o La Calera na noite desta terça-feira.

O jogo, no Estádio Nicolás Chahuán Nazar, em Valparaíso, foi disputado em grama sintética e abriu a quarta rodada do Grupo G.

Gabigol e Arão fizeram os gols do Flamengo, mas antes o volante, improvisado de zagueiro, tinha anotado contra. Tudo isso após Martínez abrir o placar.

Com o resultado o Flamengo chegou aos dez pontos, tranquilo na liderança. O La Calera é o lanterna com dois pontos.

O La Calera iniciou a partida em um ritmo muito forte. Gabriel Batista já tinha defendido uma cabeçada perigosa de Cavalieri quando os chilenos abriram o marcador aos oito minutos. O arqueiro flamenguista e o zagueiro Bruno Viana protagonizaram uma série de erros e Vargas chutou livre na área. Gabriel deu rebote e Ariel Martínez mandou para o fundo da rede.

O Flamengo demorou muito para acordar no jogo. Tanto que o primeiro trabalho do goleiro Arias foi uma defesa em chute de Gabigol somente aos 17 minutos. Dois minutos depois o arqueiro voltou a fazer boa interferência após chute de Arrascaeta.

Mas a insegurança da defesa flamenguista era visível e ela se refletiu no segundo gol dos chilenos aos 28 minutos. Após cobrança de escanteio Willian Arão se atrapalhou e acabou marcando um gol contra.

Apesar do impacto negativo, o Flamengo respondeu rapidamente, descontando dois minutos depois. Em um lance infantil de Ariel Martínez, que empurrou Éverton Ribeiro na área, o Rubro-Negro conseguiu um pênalti. Converteu com Gabigol.

Animado, o Flamengo esboçou uma pressão. Aos 33 minutos o goleiro argentino do La Calera salvou cabeçada de Arrascaeta. Já aos 41 Bruno Henrique chutou sobre o gol. Antes do intervalo Arão quase se redimiu. Dominou no peito dentro da área, mas chutou sobre o gol.

Na volta para o segundo tempo o Flamengo seguiu pressionando e quase marcou aos 11 minutos. Após cobrança de escanteio, Arias salvou o que seria um gol contra de Labas. Aos 15 e aos 17 Arrascaeta e Pedro, respectivamente, chutaram para fora.

A pressão do Flamengo surtiu efeito aos 32 minutos, quando o Flamengo empatou. Após cobrança de escanteio, Willian Arão cabeceou sem chances para o goleiro. O volante assim se redimia do erro que cometeu ao anotar contra. O Flamengo ainda esboçou uma pressão, mas o placar ficou no 2 a 2.

Agora o Flamengo volta as suas atenções para a final do Campeonato Carioca contra o Fluminense. O primeiro duelo será no sábado à noite no Maracanã. Já pela Copa Libertadores o time volta a atuar na próxima quarta-feira, quando recebe a LDU. No mesmo dia o La Calera vai à Argentina encarar o Vélez Sarsfield.

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: Alexandre Vidal/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/primeira-competicao-infantil-internacional-da-happy-code-e-sobre-educacao-financeira/