Médico paraense é denunciado por assediar jovem de 15 anos

image_pdfimage_print

Após tomarem conhecimento sobre o caso no Blog Zé Dudu, outras pacientes disseram que também foram supostamente molestadas pelo médico. Essas pessoas deverão prestar queixa contra Vinícius de Melo Rodrigues Ávila nos próximos dias. | Foto:Freepik

Adolescente ficou em choque com a ação do médico de Parauapebas, que já havia respondido processo por agressão e tortura psicológica contra a companheira.

Ao procurar por um médico, o paciente quer ser bem tratado e encontrar empatia vinda do profissional. Mas algumas condutas são diferentes da ética exigida. Muitos profissionais utilizam a posição profissional para cometer assédios, com intenção sexual,  conduta é tipificada no artigo 215 do Código Penal.

Um caso chamou atenção em Parauapebas, sudeste paraense, envolvendo um médico e uma paciente de apenas 15 anos, que denunciou o médico Vinícius de Melo Rodrigues Ávila. Para a Polícia Civil, ela disse que o profissional de saúde, ao examiná-la, durante uma consulta, colocou a mão dela sobre o órgão sexual dele e depois lhe apalpou os seios.

O médico chegou a pedir desculpas após o ato, e apelou para a jovem não denunciá-lo, para que não prejudicasse sua família, já que tem mulher e filhos.

Quando a vítima contou ao namorado o que ocorreu, na tarde desta quinta-feira (13), ele chamou a Polícia Militar para denunciar o médico. Os agentes de segurança foram até a clínica, localizada no Bairro União, mas Vinícius Ávila não estava no local. Muitos pacientes esperaram por ele.

De acordo com a adolescente, o diretor da Casa de Saúde, consultório que o médico atendia, foi comunicado imediatamente, mas limitou-se a dizer que teria de ouvir também o médico “para ver quem estava com a razão”.

Uma mulher que estava no local disse não ter sido a primeira vez que isso acontece, mas Vinícius nunca havia sido denunciado à polícia. Inclusive, de acordo com o Blog Zé Dudu, outras pessoas foram até a Deam/Deaca (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher/ Especializada o Atendimento à Criança e ao Adolescente), denunciar o médico após tomarem conhecimento do que ocorreu no portal.

Essas pessoas deverão prestar queixa contra Vinícius de Melo Rodrigues Ávila nos próximos dias.

Vale lembrar que Vinícius Ávila foi preso no último dia 29 de março, acusado de violência doméstica contra a própria companheira, que o denunciou por espancamento e violência psicológica dentro de um carro.

Ele foi liberado na Audiência de Custódia, um dia depois, após pagar R$ 22 mil de fiança, valor arbitrado pela juíza Adriana Karla Diniz Gomes da Costa.

Com informações do blog do Zé Dudu

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

%d blogueiros gostam disto: