Amado Batista coloca fazenda de porteira fechada à venda por R$ 350 milhões em Mato Grosso

O cantor e fazendeiro Amado Batista, que curte seu paraíso com Cocalinho, na divisa de MT com GO(Foto:Reprodução)

DE “PORTEIRA FECHADA” – Cantor coloca fazenda à venda por R$ 350 milhões em Mato Grosso
Temendo o zoneamento ambiental em elaboração, Amado Batista quer se desfazer do imóvel, no Araguaia

Assustado com o projeto em elaboração do Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZSSE), em curso na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), para posterior apreciação da Assembleia Legislativa, o pecuarista Amado Rodrigues Batista botou à venda sua fazenda em Cocalinho (923 km a Leste de Cuiabá), no Vale do Araguaia, na divisa com o Estado de Goiás.

Acontece que o proprietário não é simplesmente um fazendeiro, mas o cantor e compositor Amado Batista, o “Rei do Brega”.

E o que ele oferece é uma área com 34.848 hectares, com infraestrutura, por R$ 350 milhões, “de porteira fechada”.

Porteira fechada significa que, além do terreno e da construção, também faz parte do negócio jurídico tudo o que a propriedade contém, como mobiliário, estoques, maquinário, veículos, entre outros.

O cantor, que personifica a dor de cotovelo brega e em suas músicas fala em ex-amor, solidão e na lua, é o mesmo que, há anos, é pecuarista em Cocalinho, onde se tornou figura integrada à sociedade.

A fazenda é dividida em invernadas, tem três pistas de pouso, oito tratores, sede digna para os bairros mais nobres do Brasil e 10 mil vacas.

Seu município é Cocalinho, mas Água Boa (730 km a Nordeste da Capital) é sua referência urbana.

O imóvel está em conformidade com a legislação ambiental, mas sofrerá drástico corte em sua capacidade de produção, caso o ZSSE seja aprovado como apresentado.

Amado Batista não dá o braço a torcer quanto a essa possibilidade, nem a associa ao interesse pela venda.

Mas, em Cocalinho, tanto ele quanto outros grandes fazendeiros botaram placa de “vende-se” nas porteiras de suas propriedades rurais, temendo a mudança que poderá acontecer com a guinada ambiental contida no ZSSE.

Essa mudança impedirá toda e qualquer utilização das áreas úmidas por atividade, que não seja a pecuária rudimentar com pastagem nativa, sem preparo do solo, semeadura de sementes e outras práticas.

Não se sabe se o intérprete da música “Separação” – que, no começo dos anos 1990, tocava dia e noite nos garimpos mato-grossenses e paraenses, onde seu cantor era cultuado por garimpeiros, prostitutas e compradores de ouro – continuará apaixonado pela fazenda, caso a venda.

Mas, independentemente do negócio que faça, Amado Batista terá um bom tema para, novamente, voltar às paradas de sucesso, que, ao lado de Cocalinho, é um de seus endereços nos últimos 25 anos.

DESMATAMENTO – Segundo o site Compre Rural, o Ibama e a Justiça de Mato Grosso não conseguiriam citar o cantor-fazendeiro em nos processos judiciais e administrativos que responde por desmatamento ilegal.

Amado Batista está entre as pouco mais de 4.600 pessoas físicas e jurídicas que receberam multas milionárias por desmatamento do Ibama, nos últimos 25 anos, diz o site.

Conforme o site Araguaia Notícia, Amado recebeu uma multa de R$ 1,24 milhão por desmatamento em sua fazenda, em Cocalinho, em 2014.

O município, na região do Rio Araguaia, tem um dos maiores índices de desmatamento no estado, diretamente relacionado à pecuária.
Fonte:Diário de Cuiabá Por:EDUARDO GOMES
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/enem-universidade-de-coimbra-facilita-ingresso-de-brasileiros-em-seu-processo-seletivo/

 




Ladrões de gado são mortos pela PM após manter idosos como reféns

(Foto:Policia Militar) – CRIME FRUSTRADO
Os criminosos pediram ajuda ao casal para consertar um carro, mas, na verdade, queriam roubar 100 cabeças de gado da propriedade rural

Um casal de idosos foi feito de refém por criminosos durante tentativa de roubo em uma propriedade em rural Arenópolis (GO), nesta semana. Na noite da terça-feira, 24 de Novembro de 2020, os bandidos pediram ajuda para consertar um carro e depois anunciaram o assalto. O objetivo era levar 100 cabeças de gado da fazenda.

O Batalhão de Polícia Rural da Polícia Militar de Goiás recebeu informações de movimentação suspeita na propriedade por meio do disque-denúncia, e se deslocou para o local. “Produtores rurais notaram que o gado estava sendo conduzido no período noturno com lanternas. Quem é do meio rural sabe que isso é extremamente atípico”, afirma o tenente-coronel André Luiz de Carvalho, que comanda o batalhão.

A PM não tinha uma localização precisa da propriedade, por isso foram enviadas quatro equipes para encontrar o local da fazenda.

Já pela manhã do dia seguinte, durante tentativa de abordagem a um veículo suspeito próximo à propriedade, o motorista se recusou a parar e se chocou contra uma das viaturas da polícia. Após a colisão, os criminosos atiraram contra os policiais e houve confronto. Os três suspeitos morreram no local.

Medo no campo

Os policiais seguiram o caminho contrário feito pelos criminosos e encontraram a propriedade rural, onde o casal de idosos, Maria Auxiliadora Costa Magalhães e Lásaro Alves de Magalhães, foi mantido aprisionado em um quarto por 15 horas.
idosos foram feitos de refém enquanto criminosos roubavam gado

Foto: Polícia Militar

“Eles perguntaram se eu tinha uma chave de roda. Falei que não. Depois disso eles me colocaram para dentro e falaram: ‘Não olha não, senão a bala come’”, disse Magalhães.

Diabética, dona Maria precisou ser internada por dois dias após ter ficado mais de 15 horas sem tomar sua medicação e se alimentar. Apesar do susto, ela já se encontra bem e em casa.
Outros envolvidos

Na fazenda, os policiais encontraram cinco caminhões, que seriam utilizados para transporte do gado. Os motoristas não sabiam que se tratava de um roubo. “Os motoristas dos caminhões estavam de boa-fé. Foram chamados apenas para fazer o transporte”, diz o tenente-coronel Carvalho.

Fonte:Canal Rural
Por Pasquale Augusto*, de São Paulo/29 de novembro de 2020 às 12h02
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/prazo-para-o-aditamento-do-fies-e-prorrogado/

 




LINHA DA VIAÇÃO OURO E PRATA APROXIMA MARANHÃO E PARÁ COM ÔNIBUS DE SÃO LUÍS PARA SANTARÉM

Itinerário segue por Santa Inês, Buriticupu e Açailândia, no Maranhão, passando por Marabá, Altamira e outras cidades no Pará e abre ligação para outros estados brasileiros

Viajando com uma só empresa, os passageiros da Viação Ouro e Prata poderão embarcar em São Luís (MA) e chegar em Santarém, no Pará. A nova linha também vai permitir a ligação com outros Estados, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A operação da linha tem início na próxima segunda-feira (21/09), às 18h, saindo de Santarém. Inicialmente, as viagens serão nas segundas, quartas e sábados, com o ônibus passando por Uruará, Altamira, Novo Repartimento e Marabá. Os passageiros das cidades de Castelo dos Sonhos, Novo Progresso, Moraes de Almeida e Itaituba também serão atendidos com esta nova linha.

No Maranhão, o início da operação será no dia 23 de setembro, às 15h30, saindo da capital São Luís e passando pelas cidades de Santa Inês, Buriticupu e Açailândia com destino ao Pará. A frequência neste sentido será inicialmente nas segundas, quartas e sextas.

As passagens poderão ser compradas em todas as cidades por onde o ônibus da linha passa. Assim, a grade de horários e valores podem ser consultados nos mais de 700 guichês de venda autorizados e distribuídos em todos os estados de atuação da empresa ou no site ouroeprata.com , onde pode ser emitido um bilhete eletrônico para embarque de forma direta, rápida, sem filas e burocracia.

Segundo o Gerente Comercial da Ouro e Prata, Luciano Lunardi, “a empresa atenderá por completo o passageiro que deseja viajar com qualidade e de maneira segura entre importantes cidades da região”.

A definição da linha e seus horários é resultado dos conhecimentos que a empresa obteve operando inicialmente no Pará. A ligação com o Maranhão reafirma o compromisso da Ouro e Prata com a integração do Brasil. Com a operação direta do novo trajeto, a empresa irá incluir na sua operação mais de 50 mil km/mês dentro do Maranhão, atuando assim com mais de 200 colaboradores na região.

Os padrões de segurança e qualidade da Ouro e Prata, uma empresa com 81 anos, presente em dez estados brasileiros, foram reforçados no enfrentamento da pandemia do Coronavírus. O itinerário seguirá os protocolos de saúde do Programa de Prevenção e Sanitização. Os ônibus, além da limpeza externa e interna, terão aplicação de produtos de higiene hospitalar para eliminação de bactérias e vírus.

Ainda na prevenção da Covid-19, conforme comprovação de estudo realizado pela empresa fabricante dos veículos, Marcopolo, em parceria com a Universidade de Caxias do Sul/RS, todos os sistemas de ar-condicionado renovam o ar interno, atuando diretamente na purificação do ambiente, eliminando vírus e garantindo a segurança e o bem-estar de todos a bordo.

Seguindo as normas do Ministério da Saúde, os motoristas e as equipes da Ouro e Prata são treinados e recebem orientações para garantir a segurança e saúde de todos. Ao chegar na empresa e antes de realizar uma viagem, todos passam por checagem de temperatura e são orientados a utilizar máscara de proteção durante todo o percurso.

Nos ônibus da nova linha, os passageiros contarão ainda com bom espaçamento entre as poltronas, descanso para os pés, entradas USB, tomadas e banheiro. A Ouro e Prata disponibiliza em sua frota a rede Wi-fi, água e álcool em gel para os clientes em viagem.

A segurança na operação passa pelo trabalho do CCO (Central de Controle de Operações Ouro e Prata), que monitora constantemente itens como: a velocidade dos veículos em trânsito, a distância em que estão de outros automóveis e até os sinais de fadiga do motorista ou qualquer anormalidade dentro do ônibus. A estrutura do CCO emite alertas, toma providências em caso de situações incomuns durante a viagem e indica necessidades de futuras providências para a equipe de operação local.

Para atender aos padrões Ouro e Prata, a manutenção dos ônibus segue a rígidos padrões, não somente com medidas corretivas, mas também preventivas, realizando revisões periódicas e sistêmicas em cada parte do veículo. Os profissionais da empresa são treinados e passam por cursos de reciclagem para manter as equipes preparadas para agir em caso de emergência. Os motoristas, em especial, fazem cursos de direção segura e defensiva, são testados em simuladores e se tornam especialistas no volante.

Sobre a segurança nos novos trajetos, o Diretor de Operações da Ouro e Prata, Carlos Bernaud, afirma:  “A ampliação das linhas é organizada com atenção total à segurança e à qualidade, pilares de nossa atuação nos dez Estados brasileiros em que operamos. Nossos clientes podem viajar do Norte ao Sul do país com qualidade, conforto e segurança”.

O novo itinerário atenderá todos os públicos, a trabalho ou a passeio, cobrindo importantes cidades brasileiras no Maranhão e no Pará, além de oferecer ligação com todos os roteiros que a empresa opera, incluindo uma das maiores linhas rodoviárias do Brasil, que liga Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a Santarém, no Pará, com 4.002 km. “A ligação Norte e Sul do país fica ainda mais forte com essa nova linha da Ouro Prata ligando o Pará e o Maranhão”, completa o Diretor.

A Ouro e Prata conta, hoje, com 220 ônibus em sua frota nacional, atuando no setor de transporte de passageiros em âmbito intermunicipal no Rio Grande do Sul, e interestadual, abrangendo os estados do RS, SC, PR, SP, MS, MT, TO, GO, PA e agora MA, além da linha internacional com operação na Argentina.

Por:Cíntia Miguel/Com Foto

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/gratuito-e-on-line-inscricoes-para-curso-de-estatistica-terminam-domingo-20/

 

 

 




Motociclista arrasta policial rodoviário ao fugir de blitz da PRF

Caso ocorreu no Novo Gama (GO). Agente sofreu lesões leves e passa bem. Condutor foi identificado e se apresentou à Polícia Federal
(Foto:PRF/Reprodução)
Motociclista arrasta policial rodoviário ao fugir de blitz da PRF
Um motociclista que tentava fugir da fiscalização arrastou um policial rodoviário federal, nesse domingo (12/01/2020), no Novo Gama (GO), município do Entorno do Distrito Federal.
Durante a fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Engenho das Lajes, na BR-060, o condutor da motocicleta Suzuki GSR 750 desobedeceu a ordem de parada do profissional e fugiu pela a DF-290.
Foi então que policiais do Corpo de Motociclista da PRF iniciaram a perseguição, em acompanhamento tático. A abordagem, no entanto, só ocorreu na altura do Novo Gama (GO), em um estacionamento.
Ao perceber a ação policial, o motociclista tentou fugir, jogando o veículo sobre o servidor da PRF. Ele arrastou o policial sobre a motocicleta e o derrubou no chão. Logo em seguida, uma equipe da PRF foi atrás do infrator e conseguiu identificá-lo.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Federal de Brasília, onde o fugitivo se apresentou e foi enquadrado por dirigir veículo pondo em perigo a segurança alheia e causando lesão corporal. O policial sofreu lesões leves e passa bem.

Por:METROPOLES
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/redacao-do-enem-tera-mais-peso-na-prova/

 




‘Vovô do tráfico’ tropeça em sacola com drogas, cai e é preso

O idoso tentou esconder a droga dos policiais, mas acabou tropeçando e caindo – (Foto:Divulgação / Polícia Militar de Goiás)

Um homem de 85 anos, conhecido como “vovô do tráfico”, foi preso após tentar esconder as drogas que vendia. Mas, enquanto os policiais passavam por ele, ele tropeçou na sacola com a droga e caiu no chão. O caso aconteceu em Goiânia (GO).

Segundo a polícia, o homem apresentou uma atitude estranha quando uma viatura policial passava pela rua onde ele estava. Ele jogou uma sacola com maconha no chão e tentou pisar nela, mas chamou a atenção dos policiais quando caiu.

O idoso, que não teve a identidade revelada, foi encaminhado até a Central Geral de Flagrantes da cidade e autuado por tráfico de drogas. A quantidade de droga apreendida com ele também não foi divulgada pela PM. O homem segue preso, porque não apresentou advogado.

Redação Integrada com informações de O Dia
02.12.19 18h20

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/o-amor-de-mae-fez-a-costureira-maria-de-fatima-criar-vakinha-na-internet-para-realizar-sonho-do-filho/