Operação desarticula falsa universidade no PA que causou prejuízos de R$ 12 milhões a mais de mil pessoas

Policiais apreenderam diversos itens durante a operação. Suspeito de ser mandante do esquema também foi preso. — Foto: Polícia Civil (PC)

Suspeito de ser mandante do esquema criminoso foi preso no Marajó momentos antes de um baile de formatura dos alunos de uma das falsas unidades de ensino.

Uma operação da Polícia Civil (PC) desarticulou uma associação criminosa investigada por criar polos universitários falsos no Pará, causando um prejuízo avaliado em R$ 12 milhões a mais de mil vítimas.

De acordo com os policiais, os suspeitos usavam de forma fraudulenta a logomarca da Universidade Paulista (Unip) nas falsas unidades de ensino superior com educação à distância e vinham “formando” alunos, que não sabiam do esquema, desde 2017.

Durante a operação, deflagrada nesta sexta-feira (21), o homem apontado pela PC como chefe da associação criminosa foi preso em flagrante com documentos falsos e por estelionato.

Segundo os agentes, ele fundou o primeiro polo na localidade Monte das Oliveiras – Rio Itaucu, em Oeiras do Pará, cidade no arquipélago do Marajó.

As investigações revelaram que o suspeito se apresentava como coordenador regional da UNIP em diversas comunidades do Marajó, especialmente em Oeiras do Pará e em Curralinho.

Além destes municípios, Belém também está na rota da operação. Na capital, foram apreendidos mais computadores e outros documentos com a logomarca da UNIP.

Em nota, a UNIP informou que nenhum dos polos que estão sendo investigados pertence a instituição e que as verdadeiras unidades são todas cadastradas no sistema E-MEC e no site da instituição para consulta pública.

Sobre o caso, a UNIP detalhou que está averiguando a situação e tomará as devidas providências legais e que segue à disposição da autoridade policial para contribuir no que for necessário.

Esquema criminoso

A PC informou que grupo angariou centenas de alunos ao longo dos anos e, ao final, entregava certificados falsos da faculdade.

Os polos promoviam cursos de graduação e pós-graduação em diversas áreas, incluindo pedagogia e história. No total, eram ofertados cerca de 60 cursos de pós-graduação em diversas áreas.

“Há várias vítimas que estão exercendo as profissões de forma ilegal pela região do Marajó”, pontuou a corporação.

Foram descobertos cinco polos ilegais: polo Itaucu (Oeiras do Pará), polo Santino (Oeiras do Pará), polo Piriá (Curralinho), polo Canaticu (Curralinho) e polo Nova Jerusalém (Curralinho).

Porém, devido a atuação criminosa ser em regiões isoladas e de difícil acesso, a polícia não descarta a hipótese de haver outras unidades fraudulentas.

Denúncia e flagrante

A PC afirmou que a equipe de Oeiras tomou conhecimento de que o coordenador participaria de um baile de formatura de uma das turmas do polo Itaucu nesta sexta (21).

Foi descoberto também que o barco em que o suspeito estava se deslocando pelo Marajó atracaria na cidade de Curralinho, onde ele foi abordado pelos agentes, que comunicaram terem encontrado com o coordenador certificados de conclusão de curso falsos, boletos em nome da UNIP, becas, canudos de formatura, computadores, entre outros itens.

Vale ressaltar que, ao tomar conhecimento de que estavam sendo vítimas de estelionato, diversos alunos que “se formariam” na sexta (21) se apresentaram para prestar depoimento na delegacia de Oeiras do Pará.

“As investigações apontam para um número de vítimas superior a mil, o qual boa parte está com diplomas falsos trabalhando e exercendo a profissão”, completou a PC.

Segundo as investigações, os custos do curso, do baile da formatura, da formatura e da confecção dos diplomas falsos custavam às vítimas cerca de 12 mil reais em média, causando um prejuízo total de 12 milhões de reais.

Assim, o suspeito, preso em flagrante por estelionato como possível mandante do esquema, será encaminhado ao presídio para ficar à disposição da Justiça, conforme comunicou a polícia.

Fonte: g1 Pará e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 23/06/2024/08:49:40

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com




PC prende suspeito de matar ex-companheira a facadas em Oeiras do Pará

Cilomax Dias dos Santos, suspeito de matar a facadas a ex-companheira Ocikelma Freitas da Cunha, de 25 anos, foi preso preventivamente pela Polícia Civil, na noite de quinta-feira (2). (Divulgação / PC)

De acordo com a polícia, o relacionamento do casal foi marcado por um histórico de agressões. A vítima, inclusive, tinha medidas protetivas de urgência contra o ex-companheiro.

Cilomax Dias dos Santos, suspeito de matar a facadas a ex-companheira Ocikelma Freitas da Cunha, de 25 anos, foi preso preventivamente pela Polícia Civil, na noite de quinta-feira (2), em um sítio localizado na zona rural de Oeiras do Pará. Desde quarta (1º), data do crime, ele vinha sendo procurado pela polícia pelo feminicídio.

A captura de Cilomax ocorreu na Rua Jhonatan Athias, bairro Liberdade, próximo à Ponte do Macaco, cerca de 30 quilômetros de onde Ocikelma tinha sido morta. Segundo a PC, ela havia viajado para Oeiras com intuito de visitar amigos e familiares na cidade. O relacionamento do suspeito com a Ocikelma era marcado por um histórico de agressões, de acordo com o relato policial da captura do homem. Inclusive, a vítima tinha medidas protetivas de urgência da Lei Maria da Penha contra Santos.

Ele teria entrado em contato com Ocikelma para tratar de assuntos pessoais. A mulher foi até a casa do ex-companheiro, local onde foi morta com facadas. Cilomax desferiu vários golpes na região do pescoço de Ocikelma. Vizinhos que ouviram os gritos correram até a residência e encontraram a vítima gravemente ferida. A mulher morreu antes da chegada do socorro. Depois da coleta de provas que mostravam o envolvimento de Cilomax com o crime, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva dele. Com a determinação do Poder Judiciário, os policiais civis e militares cumpriram a ordem judicial. O preso foi transferido para o presídio de Mocajuba. Ele segue à disposição da Justiça.

Fonte: O Liberal e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 03/05/2024/09:25:24

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com




PC prende suspeito de matar ex-companheira a facadas em Oeiras do Pará

Cilomax Dias dos Santos, suspeito de matar a facadas a ex-companheira Ocikelma Freitas da Cunha, de 25 anos, foi preso preventivamente pela Polícia Civil, na noite de quinta-feira (2) – (Foto:Divulgação / PC).

De acordo com a polícia, o relacionamento do casal foi marcado por um histórico de agressões. A vítima, inclusive, tinha medidas protetivas de urgência contra o ex-companheiro

Cilomax Dias dos Santos, suspeito de matar a facadas a ex-companheira Ocikelma Freitas da Cunha, de 25 anos, foi preso preventivamente pela Polícia Civil, na noite de quinta-feira (2), em um sítio localizado na zona rural de Oeiras do Pará. Desde quarta (1º), data do crime, ele vinha sendo procurado pela polícia pelo feminicídio.

A captura de Cilomax ocorreu na Rua Jhonatan Athias, bairro Liberdade, próximo à Ponte do Macaco, cerca de 30 quilômetros de onde Ocikelma tinha sido morta. Segundo a PC, ela havia viajado para Oeiras com intuito de visitar amigos e familiares na cidade.

O relacionamento do suspeito com a Ocikelma era marcado por um histórico de agressões, de acordo com o relato policial da captura do homem. Inclusive, a vítima tinha medidas protetivas de urgência da Lei Maria da Penha contra Santos.

Francisca Placita do Amaral, de 33 anos, foi assassinada a facadas pelo ex-companheiro, Márcio Mendes da Silva, na madrugada desta quinta-feira (2).

Ele teria entrado em contato com Ocikelma para tratar de assuntos pessoais. A mulher foi até a casa do ex-companheiro, local onde foi morta com facadas. Cilomax desferiu vários golpes na região do pescoço de Ocikelma. Vizinhos que ouviram os gritos correram até a residência e encontraram a vítima gravemente ferida. A mulher morreu antes da chegada do socorro.

Depois da coleta de provas que mostravam o envolvimento de Cilomax com o crime, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva dele. Com a determinação do Poder Judiciário, os policiais civis e militares cumpriram a ordem judicial.  O preso foi transferido para o presídio de Mocajuba. Ele segue à disposição da Justiça.

 

Fonte:  O Liberal e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 03/05/2024/06:31:56

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/entendendo-os-codigos-gtin-importancia-e-aplicacoes-no-comercio-global/




Para se defender, mulher mata marido com facada na coxa

A mulher, supostamente com uma faca, acabou desferindo um golpe na coxa de seu parceiro. | ( Foto: Reprodução )

A mulher foi detida pelas autoridades locais e encaminhada para a delegacia do município de Oeiras do Pará, onde aguarda disposição da justiça.

Um crime chocante abalou a tranquilidade da comunidade de Oeiras do Pará, na região do Marajó, quando um caso de violência doméstica, na terça-feira (19), resultou na morte de um homem, identificado como Wadimilson da Conceição.

Segundo relato das autoridades, tudo começou quando Wadimilson teria chegado em casa alcoolizado e agressivo. Após uma discussão, ele teria agredido a esposa e dado um empurrão, que teria feito a mulher se desequilibrar e bater com a cabeça no chão.

Mesmo caída, ainda de acordo com a Polícia Militar, Wadimilson teria continuado com as agressões, desferindo tapas no rosto da mulher.

Foi quando, a mulher teria desferido um golpe de faca na coxa de seu parceiro. O ferimento, atingindo a veia femoral, provocou um sangramento grave que infelizmente culminou na morte do marido.

Segundo relatos das autoridades locais, esta não seria a primeira vez que o casal se envolve em situações de conflito, incluindo casos de agressão física. Tanto o homem, quanto sua companheira têm registros de passagens pela polícia pelo mesmo crime de agressão.

A mulher foi detida pelas autoridades locais e encaminhada para a delegacia do município de Oeiras do Pará, onde aguarda disposição da justiça. Enquanto isso, uma investigação detalhada está em andamento para esclarecer os fatos que levaram à tragédia e determinar as responsabilidades legais decorrentes do incidente.

Fonte: Dol Carajás e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 20/03/2024/15:10:08

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com




Novo Processo Seletivo de níveis médio e superior é anunciado pelo EMATER – PA

Seleção oferece 17 vagas em diferentes funções, confira as áreas disponíveis para participar

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do estado do Pará (Emater – PA) anuncia a todos a realização de um novo Processo Seletivo Simplificado destinado à contratação de 17 profissionais de níveis médio e superior, por tempo determinado.

Esta seleção oferece oportunidades nas seguintes funções: Extensionista Rural I como Engenheiro Agrônomo (9), Engenheiro de Pesca (3), Engenheiro de Alimentos e/ou Tecnólogo em Alimentos (1), Engenheiro Florestal (1); Técnico em Recursos Humanos – Psicólogo (1); Técnico em Planejamento – Engenheiro Civil (1) e Assistente de Administração (1).

As oportunidades são destinadas às cidades de Bragança, Faro, Jacundá, Marituba, Monte Alegre, Óbidos, Oeiras do Pará, Rurópolis, Santarém, Terra Alta e Terra Santa, onde sendo admitidos, os profissionais devem atuar em jornadas de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias, fazendo jus a remunerações que partem de R$ 2.030,38 e podem alcançar o valor de R$ 4.309,58.

Vale lembrar que a contratação será pelo prazo de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período à critério ou necessidade da Administração.

Os interessados podem se inscrever a partir desta segunda-feira (5) ao dia 6 de fevereiro de 2024, de forma online, pelo site do Sistema Integrado de Processo Seletivo do Governo do Pará (SIPROS).

Composto por duas fases, o Processo Seletivo dispõe de análise documental e curricular, de caráter eliminatório e classificatório, e de entrevista com apresentação dos documentos originais anexados no momento da inscrição, de caráter eliminatório e classificatório, previstas para serem realizadas no período de 7 a 26 de fevereiro de 2024.

Este Processo Seletivo Simplificado tem a validade de três meses a contar da publicação da homologação, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério da administração.

Fonte:   e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 06/02/2024/07:16:46

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/domine-o-bc-game-entenda-os-principios-basicos-dos-jogos-de-casino/




‘Idosa do tráfico’ é presa pela PM com 32 petecas de óxi no Marajó, no Pará

Prisão foi em um bar de Oeiras do Pará na madrugada deste sábado, 20.

Uma idosa de 60 anos foi presa pela Polícia na madrugada deste sábado (20) em Oeiras do Pará, no arquipélago do Marajó, no Pará.

Ela foi alvo de denúncias de tráfico de drogas e estava com 32 petecas de óxi no momento da abordagem, segundo a polícia.

A prisão foi em um bar na rua Tiradentes, no bairro Marituba. A idosa foi levada para a delegacia, onde o caso foi registrado pela Polícia Civil (PC).

Em nota, a PC disse que a suspeita foi autuada por tráfico de drogas e está à disposição da Justiça. Segundo a PC, os entorpecentes apreendidos devem ser periciados pela Polícia Científica.

Denúncias de tráfico de drogas podem ser feitas, anonimamente, pelo Disque Denúncia, no número 181.

PM apreende petecas de óxi em bar de Oeiras do Pará, no Marajó. — Foto: Reprodução / PM-PA
PM apreende petecas de óxi em bar de Oeiras do Pará, no Marajó. — Foto: Reprodução / PM-PA

Fonte: O Liberal  e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 21/01/2024/10:50:44

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com




Oeiras do Pará (PA) recebe solução inovadora do Banco24Horas para garantir o acesso da população local aos serviços financeiros

(Foto>Reprodução) – Moradores que esperavam 60 dias para realizar saques em agência barco agora contam com dispositivo que permite saque e extrato direto no caixa de estabelecimento comercial

Pará, 26 de outubro de 2023 – Existem cidades que possuem pouco ou nenhum acesso aos serviços financeiros, como é o caso de Oeiras do Pará, município localizado no nordeste do estado do Pará. Com o objetivo de levar autonomia e inclusão financeira para todos, o Banco24Horas, que está presente na vida de 153 milhões de brasileiros, possui um ecossistema diferentes formatos para atender as necessidades específicas de cada região do Brasil. Em agosto deste ano, o Atmo do Banco24Horas chegou em Oeiras e tem expandido o acesso aos serviços financeiros por lá.

Oeiras do Pará (PA) é um município com uma população de cerca de 30 mil habitantes. Para utilizar serviços financeiros, toda a população conta com uma pequena agência bancária, além da visita, a cada 60 dias, de uma agência barco que fica por 2 dias na cidade.

Cledson Pereira é comerciante em Oeiras do Pará e explicou que utilizar serviços bancários na cidade sempre foi um desafio. “Nós temos muita dificuldade com serviços da rede bancária aqui, pois depois que fechou a casa lotérica, só restou uma pequena agência para atender toda a população. Essa é uma situação que impacta e atrapalha as pessoas e o comércio local”, explicou.

Buscando uma solução que trouxesse mais facilidade para a gestão financeira, o comerciante instalou em seu estabelecimento o dispositivo portátil do Banco24Horas com POS multibiométrico, que possibilita o saque e a realização de consultas de saldo diretamente nos caixas dos comércios, com segurança e eficiência. “Está sendo uma grande novidade na cidade. As pessoas ficam felizes por terem acesso aos saques e outras movimentações, pois antes a gente tinha dificuldade para conseguir acessar o básico,” contou. Na farmácia do Cledson, 15 dias depois da instalação já tinham sido realizadas 65 transações.

A solução do Banco24Horas, além de facilitar o acesso das pessoas aos serviços disponíveis aos clientes de mais de 150 instituições e movimentar o dinheiro regionalmente, também impulsiona as vendas do varejo. “A gente está agregando os serviços para a população, o que beneficia até a própria loja. Tem pessoas de fora que chegam aqui na cidade e vêm até o meu comércio para usar o Banco24Horas. Por ser um lugar pequeno, a gente conhece cada um e pessoas que antes não frequentavam a loja passaram a frequentar por conta do serviço.”

Rodrigo Maranini, coordenador de distribuição e trade marketing do Banco24Horas, explica os desafios para a implantação da inovação na cidade. “Um dos grandes desafios que tínhamos para a instalação era a conectividade. Para superar essa barreira, utilizamos a experiência e eficiência do grupo TecBan, que por meio da sua operadora de telecomunicações gerou conexão do Atmo à internet e assim conseguimos fazer com que o dispositivo tenha 99% de disponibilidade”.

Hoje, o Banco24Horas está presente em mais de 1,1 municípios brasileiros, com mais de 24 mil dispositivos, dentre eles, 485 Atmos, distribuídos em todas as regiões do País.

“Eu fico feliz e orgulhoso porque estou fazendo uma prestação de serviço para a minha comunidade. Com esse equipamento eu consigo facilitar para o cliente que vem até a loja comprar um produto e agora sabe que também pode utilizar o serviço financeiro. E ainda aumento a movimentação da clientela por aqui”, conclui Cledson.

Em Oeiras do Pará o Banco24Horas pode ser encontrado no seguinte endereço:

Farmácia Popular – Av. 15 de novembro, N° 525 – Centro.

Sobre o Banco24Horas

O Banco24Horas é um ecossistema de inclusão financeira presente na vida de mais de 153 milhões de brasileiros. Possui diferentes formatos, como o caixa eletrônico, totem e o Atmo, um dispositivo compacto e multibiométrico que que possibilita o saque diretamente no caixa dos estabelecimentos comerciais, além da facilidade de outros serviços, como consulta de saldo. Há também a solução móvel (caminhão e container), o Espaço Banco24Horas (salas próprias de autoatendimento multibanco com funcionamento 24 horas), o Banco24Horas em agências e soluções business to business, focadas em gerar valor para os mercados varejista e publicitário com os respectivos produtos +Varejo Banco24Horas e Mídia Banco24Horas.

É um hub de serviços com a oferta de múltiplas soluções em um único ponto de conveniência inserido na jornada do brasileiro e que há mais de 40 anos movimenta a economia local, garantindo acesso a serviços financeiros e não financeiros, maximizando a experiência do cliente com a disponibilização de mais de 90 serviços com a possibilidade de acesso através de diferentes modalidades. É um ponto de relacionamento entre instituições e a população, sendo referência como modelo de eficiência e segurança no mundo inteiro. Com 1,7 bilhão de transações realizadas anualmente, agrega praticidade e autonomia para a rotina das pessoas, é a maior rede independente de autoatendimento do mundo em volume de saques e conta com mais de 24 mil dispositivos em mais de 17 mil estabelecimentos distribuídos em mais de 1,1 mil municípios.

É um dos principais produtos da TecBan, empresa que integra o físico e o digital com soluções que tornam o ecossistema econômico do País mais eficiente. A companhia possui um portfólio com 22 soluções, divididas em quatro unidades de negócio que expandem o seu modelo de eficiência e economia compartilhada para além do setor financeiro.

Fonte: Ascom TecBan/ Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 27/10/2023/07:28:46

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/nomad-games-melhor-site-de-apostas-para-iniciantes/




Menino de dois anos morre após atendimento em Oeiras do Pará e família aponta erro médico

Família quer justiça por morte de criança de dois anos em Oeiras do Pará (Foto:Reprodução Redes Sociais).

Os familiares registram boletim de ocorrência e o caso vai ser investigado pela delegacia de Oeiras do Pará

O menino Arthur Marthin, 2 anos, morador de Oeiras do Pará, morreu de parada cardíaca, no último dia 22 de setembro e a família pede justiça, pois acredita que o filho foi vítima de erro médico. Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Oeiras do Pará.

A mãe da criança, Jéssica Barreto Vieira, informou à polícia que seu filho caçula estava com quadro de vômito e diarreia e no dia 18 de setembro deu entrada no hospital, em Oeiras do Pará. Na quarta-feira (20), pela manhã, a criança recebeu alta médica, mas ao chegar em casa apresentou novamente o quadro e no mesmo dia, à noite, voltou para a unidade de saúde.

Na volta ao hospital, a criança recebeu uma aplicação injetável de potássio e teve reação ao medicamento. Conforme está no boletim de ocorrência, Jéssica descreve o momento em que dois estagiários fazem a aplicação do medicamento. A estagiária estaria nervosa e seu colega teria se oferecido para aplicar a injeção.

Em meio a medicação, Jéssica disse que presenciou o momento em que o filho começou a ficar roxo e mandou que interrompesse a medicação. Ela disse que a criança desmaiou e ficou sem respirar. A criança foi levada para outra sala para ser reanimada, mas em decorrência do desespero da mãe os médicos permitiram que ela ficasse por perto da criança.

Durante a madrugada, a mãe disse que a criança começou uma hemorragia pela boca. Na quinta-feira (21), os médicos de plantão informaram à família da criança que o quadro era grave. Nesse mesmo dia, a criança foi transferida para o município de Breves e, na sequência, se deslocou de avião até Belém, onde foi internado na Santa Casa de Misericórdia.

A criança chegou em Belém às 19h e na madrugada do dia 22 a criança teve uma nova parada cardíaca e foi diagnosticada com pneumonia e com estado grave. A equipe médica tentou reanimar a criança, mas ela não resistiu e morreu. O caso está sendo investigado pela delegacia de Oeiras do Pará.

Fonte:O Liberal e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 02/10/2023/10:18:44

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/explorando-o-universo-empolgante-da-1win-desvendando-possibilidades-unicas/




PF combate ocupação irregular em unidades de conservação no PA

  (Foto>PF)  – Os ocupantes foram autuados pelo ICMBio e houve a destruição de barracos construídos nas áreas que já tinham sido embargadas

A Polícia Federal, em ação conjunta com ICMBio, deflagrou a Operação Agros Indicum II, entre os dias 5 e 7 de setembro. O objetivo da ação consiste em fiscalizar e combater ocupações irregulares em unidades de conservação.

A operação foi realizada nas reservas extrativistas de Ipaú-Anilzinho e Arióca Pruanã, localizadas nos municípios de Baião/PA e Oeiras do Pará/PA.

Na ocasião, ocupantes irregulares foram autuados pelo órgão ambiental. Esses indivíduos, que não fazem parte da comunidade, invadem o local e derrubam florestas para fazer plantação e criação de animais.

Além disso, houve a destruição de barracos construídos em áreas que já tinham sido embargadas.

Para simular legalidade, os infratores preenchem o Cadastro Ambiental Rural (CAR), como forma de mostrar um histórico de ocupação, caracterizando uma prática moderna de grilagem de terras. O documento é apenas declaratório, portanto, não atesta a posse da área.

Fonte:Ascom PF e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 09/09/2023/6:49:08

Notícias gratuitas no celular

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/revisao-da-sapphirebet/




Ministério Público pede afastamento de secretária de Educação de Oeiras do Pará, suspeito de falsificar o próprio certificado do ensino médio

(Foto:Reprodução) – Segundo MPPA, a denunciada responderá pelo crime de uso de documento falso combinado com falsificação de documento. Acusada diz que completou o ensino médio de forma on-line.

O promotor de Justiça de Oeiras do Pará – nordeste do estado – Carlos Fernando Cruz da Silva, ofereceu denúncia contra a secretária de Educação do município, além de ter pedido o afastamento dela do cargo. Ela é suspeito de falsificar o próprio certificado de conclusão de ensino médio.

A secretária possui um certificado datado do ano de 2017, documento que teria sido falsificado por dois homens, que também foram denunciados.

Um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso. Durante as investigações, o diretor da escola, que supostamente teria emitido o certificado de conclusão de 2º grau, informou que após buscas nos sistemas não foi encontrado nenhum certificado com o nome da denunciada, além de que não foi encontrada ficha de matrícula, recibo de pagamento ou qualquer documento que demonstre algum vínculo com a escola.

As investigações apontam ainda que o número do registro indicado no verso do certificado utilizado pela denunciada não existia e que o certificado não foi validado pela CODOE/SEDUC, nem pelo Ministério da Educação.

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, algumas das informações contidas no certificado eram falsas como: o número da resolução, as assinaturas não condizentes com as verdadeiras, falta dos carimbos e das marcas d ‘água.

Segundo o MPPA, a denunciada responderá pelo crime de uso de documento falso (art. 304, do CPB), combinado com falsificação de documento (art. 297, do CPB).

Defesa diz que ensino médio foi feito on-line

A secretária disse que completou o curso do ensino médio, que tinha duração de 6 meses, sendo realizado de forma on-line.

Quando perguntada sobre comprovante de pagamento, de matrícula, login de acesso no site do curso ou algumas das provas e todas as respostas foram negativas. Ela informou que está cursando o ensino superior com o certificado falsificado.

 

Fonte:Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo) e Publicado Por: Jornal Folha do Progresso em 14/07/10:15:55

O formato de distribuição de notícias do Jornal Folha do Progresso pelo celular mudou. A partir de agora, as notícias chegarão diretamente pelo formato Comunidades, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp. Não é preciso ser assinante para receber o serviço. Assim, o internauta pode ter, na palma da mão, matérias verificadas e com credibilidade. Para passar a receber as notícias do Jornal Folha do Progresso, clique no link abaixo e entre na comunidade:

*     Clique aqui e acesse a comunidade do JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Apenas os administradores do grupo poderão mandar mensagens e saber quem são os integrantes da comunidade. Dessa forma, evitamos qualquer tipo de interação indevida. Sugestão de pauta enviar no e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835– (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/baixe-o-chill-bet-no-seu-telefone/