Anitta revela que sofreu estupro aos 14 anos: ‘Faz pouco tempo que parei de achar que é culpa minha’

Cantora chorou ao fazer relato para documentário ‘Anitta Made in Honório’ e explicou que criou personagem após o episódio. ‘Minha vontade e necessidade de ser uma mulher corajosa que nunca ninguém pudesse machucar.’

Anitta não segurou as lágrimas ao revelar que foi vítima de estupro aos 14 anos de idade. O relato da cantora está no primeiro episódio do documentário “Anitta Made in Honório”, que é dividido em seis partes e foi lançado na madrugada desta quarta-feira (16).

“Eu nunca expus isso em público. Eu sempre me coloquei numas relações meio abusivas e, quando eu tinha 14 pra 15 anos, eu conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele. Ele era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu não sei, eu era diferente quando eu era adolescente, eu não era do jeito que eu sou hoje em dia. Ele estava muito nervoso, muito estressado, e eu estava com bastante medo das reações dele quando ele estava estressado, e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois”, conta Anitta, sem segurar o choro.

 

 

Foto: Reprodução
Por: G1

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/encceja-estudante-que-nao-justificar-ausencia-em-prova-pagara-taxa/




Homem é preso após estuprar e assassinar idosa na frente do marido

O acusado disse ter percebido que o homem estava acamado e debilitado, e mesmo assim, cometeu o crime.

Um homem de 41 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (1), acusado de ter estuprado e assassinado uma idosa de 65 anos, na frente do próprio marido, no último sábado (28), em Pontes e Lacerda, a 487 km de Cuiabá.]

De acordo com o G1, a vítima foi atacada pelo criminoso que invadiu a casa. O marido dela, de 72 anos, estava totalmente debilitado por ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e presenciou o crime.

O suspeito foi localizado após uma denúncia de tráfico de drogas e acabou sendo reconhecido por fotografias e imagens de segurança. À Polícia Militar ele confessou ter praticado o crime ao perceber a vulnerabilidade da idosa e fechou a porta da casa.

Homem também disse ter percebido que o idoso estava acamado e totalmente debilitado, e, mesmo assim, cometeu o crime.

O marido da vítima está internado e reconheceu o suspeito por fotografias. O acusado era monitorado por tornozeleira eletrônica, que estava desligada há mais de dois dias.

 
Foto: Divulgação/ Policia Militar do Mato Grosso
Por: O Liberal/ Redação Integrada com informações do G1

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-finlandes-para-alfabetizacao-chega-ao-brasil-com-aval-do-mec/




Mototaxista credenciado é preso em Santarém por suspeita de estupro de adolescente

Caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (25) em um motel na grande área do Santarenzinho. Suspeito foi preso no bairro Nova Vitória.

Um mototaxista credenciado foi preso pela Polícia Militar na tarde desta quarta-feira (25), no bairro Nova Vitória, após ser denunciado por estupro de uma adolescente. O suposto estupro teria acontecido momentos antes em um motel na grande área do Santarenzinho. A vítima tem 15 anos.

Flávio Umbelino da Silva, 48 anos, atua como permissionário do serviço de mototáxi em Santarém com a moto número 201. Na tarde de hoje, quando trafegava pela avenida Fernando Guilhon foi parado pela adolescente e a mãe dela que solicitaram corrida até a residência delas no bairro Santarenzinho.

De acordo com relatos da mãe da adolescente, ela pediu para que o mototaxista chamasse outra moto para que as duas seguissem juntas, mas ele teria se oferecido para fazer as duas corridas por um preço mais baixo e elas concordaram. Primeiro, Flávio levou a mãe da adolescente até a casa delas. Depois retornou para buscar a menina e no caminho começou a dizer que ela era muito bonita e que poderia trabalhar com eventos, que ele conhecia uma mulher que estava selecionando jovens para trabalhar em eventos. Depois desviou o caminho e ao invés de levar a adolescente pra casa dela, foi para um motel, onde teria cometido o estupro.

Foto:Elton Pereira/Tv Tapajós
Foto: Elton Pereira/Tv Tapajós

De acordo com informações repassadas pela adolescente à polícia, após o mototaxista consumar o estupro, ela conseguiu se desvencilhar dele e correr para a rua, onde pediu ajuda a funcionários de um provedor de internet que passavam pela rua. Foram eles que acionaram a polícia, e o mototaxista fugiu ao ver a adolescente pedindo socorro.


O suspeito só foi alcançado momentos depois já no bairro Nova Vitória. E segundo a polícia, durante a perseguição policial, ele bateu com a moto em um buraco e caiu no chão se machucando superficialmente.

Ainda segundo a polícia, Flávio Umbelino já teria sido preso em 2017, por estupro. Ele foi conduzido à Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca) para os procedimentos cabíveis.

A profissionais da imprensa que acompanharam o momento da prisão do mototaxista, ele disse que tinha ido para um motel com uma mulher com a qual teria tido relação sexual consentida, e não sabia porque estava sendo preso.

 

Foto: Reprodução/Redes sociais
Foto: Reprodução/Redes sociais

Foto: Reprodução
Por: Sílvia Vieira, G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/procon-alerta-consumidor-sobre-compras-online-na-black-friday/




Casal preso acusado de estupra amiga após festa em residência em Novo Progresso

Uma mulher foi estuprada pelo marido da amiga com a supervisão dela. Ela teria ‘ajudado’ o marido a cometer o crime, em permitir o ato em sua residência.

O crime, foi filmado pela esposa que permitiu o marido de ter ato sexual com a ‘amiga’, a vítima procurou a polícia no dia seguinte acusado o casal de ter sido induzida a ingerir bebida alcoólica, ainda ficou a dúvida de o marido ter usado preservativo ou não.

O caso, que aconteceu no início desta semana em uma residência do bairro Otavio Onetta em Novo Progresso.

De acordo com a denúncia, o casal suspeito teria convidado amiga via whatsApp para um jantar, e neste momento eles passaram a consumir cervejas e vodka, insistindo para que a vítima bebesse.

Em determinada hora o homem convidou a vítima ir para o quarto e teve ato com moça.

A Mulher alegou que foi enganada teve ato carnal a força com o marido da amiga.

A mulher passou por um exame de corpo de delito que comprovou as agressões e foi colhido material genético, que espera o resultado do exame.

O casal participou de audiência de custódia e está respondendo ao processo em liberdade. Eles são acusados de estupro de vulnerável com o agravante da participação de outra pessoa. Se condenados eles podem pegar de 8 a 12 anos de prisão.

 

Foto: Reprodução/Internet

Fonte: JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/procon-alerta-consumidor-sobre-compras-online-na-black-friday/




Justiça nega liberdade para progressense acusado de estupro

Magistrados negam Habeas Corpus para acusado de estupro de uma criança de quatro anos em Novo Progresso.(foto>Ilustrativa internet)

Os desembargadores da Seção de Direito Penal negaram, nesta segunda-feira (2), liberdade provisória para Sérgio Labegalini, acusado de estupro de vulnerável (Art. 217 A do CPB), em outubro de 2019, na Comarca de Novo Progresso.

A  relatora do HC, desembargadora Vânia Silveira, ressaltou que o juiz do primeiro grau havia fundamentado de forma correta o decreto de prisão. Além disso, afirmou ainda que há indícios de autoria e materialidade nos autos e manteve a prisão preventiva de Sérgio Labegalini, acusado de estupro de vulnerável (Art. 217 A do CPB), em outubro de 2019, na Comarca de Novo Progresso. A vítima tinha 4 anos de idade. A defesa sustentou, entre outros argumentos, a falta de fundamentação para a manutenção da prisão preventiva a medida que os argumentos do juiz de primeiro grau eram genéricos.

No entanto, ao apreciar o pedido, a relatora do habeas corpus liberatório, ressaltou que o decreto de prisão havia sido bem fundamentado, destacando ainda que há indícios de autoria e materialidade do crime, incluindo o laudo sexológico. A desembargadora negou a liberdade provisória, sendo acompanhada à unanimidade pela turma.

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/fies-2020-entenda-as-mudancas-contratuais-e-as-novas-regras-de-renegociacao/

 




Homem é preso por ter estuprado criança de 10 anos, em Belém

O acusado foi transferido para a casa penal onde está à disposição da Justiça.(Foto:Reprdoução)
A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (29) Paulo Klayton Rodrigues Queiroz, acusado de ter cometido crime de estupro de vulnerável, em Belém. A vítima foi uma criança de 10 anos, de acordo com a polícia. O acusado foi transferido para a casa penal onde está à disposição da Justiça.

A ação foi realizada pela equipe de policiais civis da Divisão Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEACA) e da Santa Casa.
Por G1 PA — Belém
29/01/2020 17h37
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/enem-2019-erros-e-polemicas-geram-inseguranca-e-frustracao-nos-estudantes/

 




Pastor evangélico é preso por estuprar enteada de 11 anos em Parauapebas

Homem foi localizado após dar entrada no Hospital de Clinicas Gaspar Vianna, em Belém(Foto:Ilustrativa)
A Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca) de Parauapebas prendeu nesta quinta-feira (21), um pastor evangélico acusado de estuprar e torturar uma criança de apenas 11 anos de idade, sua enteada. Os abusos chegaram ao conhecimento das autoridades há cerca de dois meses, e desde então, começaram as investigações, que culminaram com o pedido do mandado de prisão preventiva de Odair Santos de Souza.

Segundo a Polícia Civil, por meio da Superintendência Regional do Sudeste do Pará, o mandado prisão em nome de Odair pelo crime de estupro de vulnerável contra sua enteada foi cumprido em Belém. O indiciado estava foragido e, através de denúncia, foi localizado no Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, bairro da Pedreira. De acordo com a Polícia Civil do município, os abusos contra a menina tinham requintes de crueldade, com o pastor amarando a criança para estuprá-la.

Após confirmar que o homem estava no hospital, os agentes da Deaca entraram em contato com a Polícia Militar local, e guarnições imediatamente se deslocaram até o local para dar apoio à Polícia Civil. O estuprador foi detido por volta de 17h e encaminhado para uma delegacia em Belém, e deve ser recambiado para Parauapebas.
Por:ORM/22.11.19 18h35
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/mais-instituicoes-de-portugal-passam-a-aceitar-a-nota-do-enem-veja-lista-completa/

 




Pedófilo preso por estupro de garoto

Diálogo entre vítima de 13 anos e acusado foi parar nas redes sociais

Marcus Vinicius Rabelo de Souza, 28, foi preso preventivamente anteontem, acusado de estupro de vulnerável, quando a Justiça acatou pedido encaminhado pela Seccional do Guamá, que investiga o crime. Os policiais dizem que ele teve relação sexual com um garoto de 13 anos. Na semana passada, os pais do adolescente descobriram o crime divulgado em redes sociais da internet e fizeram a denúncia à polícia. Anteontem, uma equipe policial foi à casa de Marcus e efetuou a prisão.

O preso diz que se arrepende do ato criminoso, mas alega que só se relacionou com o garoto porque não sabia a idade da vítima. “Nós começamos a conversar pelas redes sociais, depois marcamos encontro e ficamos”, declarou Marcus, que confessou à polícia que teve relação sexual com o garoto duas vezes em sua própria residência.

ormnews POLICIA

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br




“Acordei e tinham 33 caras em cima de mim”, diz menor que sofreu estupro

“Só quero ir para casa”, disse a menina de 16 anos que foi vítima de estupro coletivo no Morro São João, uma comunidade do Rio de Janeiro e tentou várias vezes fugir do hospital. “Quando acordei tinham 33 caras em cima de mim”.

A menor foi levada nesta quinta-feira (26) para o setor ginecológico do Hospital Maternidade Maria Amélia, anexo ao Souza Aguiar, para fazer exames.

Ao sair do hospital, a jovem, ainda muito abalada, contou que foi dormir na casa do namorado, na última sexta-feira (20), e só acordou no domingo. A vítima passou a madrugada no Instituto Médico Legal e foi ouvida na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), que investiga o caso.

De acordo com o Globo, a polícia já identificou dois dos criminosos, que terão as prisões preventivas pedidas. O Ministério Público informou que está acompanhando o caso e que já recebeu 800 denúncias, pela ouvidoria. A avó da menina, em entrevista à rádio CBN, afirmou que ela teria sofrido um apagão durante os abusos.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Marcelo Freixo (PSOL), acompanha o caso. “A comissão vai acompanhar o caso para garantir todo o atendimento à menina. Ontem (quarta-feira), a acompanhamos para fazer o exame de corpo de delito. Tentamos falar com ela, mas está muito abalada e sem condições de falar. Vamos garantir que ela tenha acompanhamento psicológico”, disse Freixo.

POR Notícias Ao Minuto
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981151332 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)  (093) 35281839  E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br




Preso-Ex-BBB teve ‘relacionamento’ com menina de 13 anos, diz polícia

A delegada Daniela Andrade afirmou nesta segunda-feria (16) que as investigações apontaram que o ex-BBB Laércio de Moura, preso por suspeita de estupro de vulnerável e de fornecer bebida alcoólica para menores, manteve uma espécie de “relacionamento” com uma adolescente de 13 anos. A garota, de acordo com a delegada, agora tem 17 anos e confirmou.

“A lei presume a violência, quando um maior de idade se relaciona com uma criança ou adolescente menor de 14 anos”, explicou a delegada.

A jovem foi localizada pelas investigações e depois compareceu à delegacia. “Essa vítima veio até a delegacia e confirmou o relato e as denúncias. Ela confirmou que se relacionou com ele quando ainda tinha 13 anos de idade, que ele forneceu bebida alcoólica para ela, que caracteriza outro crime”, afirmou Andrade. O “relacionamento” teria durado três anos, e a investigação contou com diligências no interior do estado.

O G1 tenta contato com o advogado de Laércio, Ronaldo Manoel Santiago. Laércio de Moura não havia prestado depoimento até as 12h.

A adolescente e o ex-BBB se conheceram em um evento público em Curitiba e, conforme as investigação, ele começou a mandar mensagens para a garota. A família dela não tinha conhecimento do que ocorria até o momento em que a polícia chegou até a vítima.

Segundo a delegada, que pertence ao Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), a partir do momento em que Laércio apareceu no reality show, surgiram diversas denúncias contra ele. A investigação foi solicitada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Durante o programa, o ex-BBB afirmou que gostava de se relacionar com meninas mais novas. “Só aparecem novinhas mesmo, tipo 17, 18, 20”, disse Moura em 21 de janeiro durante conversa com a ex-BBB Ana Paula. A fala, de acordo com a polícia, deu início à investigação.

“Tudo nasceu na própria conduta dele dentro do programa. Ainda que as pessoas não acompanhassem muito, isso foi muito explorado midiaticamente e todos sabiam que existia uma declaração pública dele dizendo que gostava de meninas. Isso despertou uma suspeita em todo mundo” disse a promotora Tarsila dos Santos Teixeira.

A prisão é preventiva, portanto, não há prazo para que o tatuador deixe a prisão. A polícia também cumpriu mandado de busca e apreensão na casa dele, em Curitiba. Quando foi dada voz de prisão, ele agiu como se não soubesse o que ocorria, segundo relato da promotora.

Conforme a delegada, foram apreendidos objetos eletrônicos, como computador, pen drive, HD externo e celulares, que passarão por perícia para que se apure eventual crime de pedofilia.

“Junto à denúncia já vinham vários prints de postagem de redes sociais que ele fazia que, pela natureza das fotos, em um primeiro momento, sugerem uma exploração da sexualidade infantil e adolescente, que também é crime também”, declarou a promotora.

A Polícia Civil dará seguimento à investigação na tentativa de indentificar outras possíveis vítimas ou ocorrências de outros crimes. A delegada ressalta a importância dos pais acompanharem os relacionamentos dos filhos em redes sociais, em especial, dos adolescentes.

“O Nucria está a disposição para eventual denuncias deste caso ou de qualquer outro”, disse a delegada Daniela Andrade.

Adriana Justi e Bibiana DionísioDo G1 PR

Serviço
Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes
Endereço: Av. Vicente Machado, 2560 – Centro, Curitiba – PR
Telefone:(41) 3270-3370
Por G1PR

Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-981151332 / (093) WhatsApp (93) 984046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br